top of page
  • davicdm

BATUQUE BRINCANTE REÚNE BATUQUEIRAS E MAMULENGO FUZUÊ

De agosto a outubro, a iniciativa realizará espetáculos em escolas e espaços públicos de Ceilândia, Samambaia, Sol Nascente e Pôr do Sol

As diversas formas de expressão da cultura popular brasileira são fortemente constituídas por origens afro-indígenas, que convergem aspectos em comum mesmo em meio às suas singularidades. Integrando a tradição do mamulengo junto a manifestações percussivas afro-indígenas, nasce em 2022 o Batuque Brincante. O projeto é uma realização dos grupos Batuqueiras e Mamulengo Fuzuê. Entre os dias 23 e 26 de agosto, a iniciativa irá circular em escolas de Ceilândia, Samambaia, Sol Nascente e Pôr do Sol. A partir de setembro, as ações irão para as ruas, com espetáculos abertos a todos os públicos.


Formado somente por mulheres artistas e percussionistas do DF, o grupo Batuqueiras nasceu em 2014, na cidade de Taguatinga. Após uma breve pausa de shows, retorna à cena cutural com o projeto Batuque Brincante. Para fortalecer a iniciativa, as Batuqueiras convida o Mamulengo Fuzuê, companhia expoente da nova geração do Teatro de Bonecos Popular do Nordeste. Dois grupos que há anos vivenciam o universo das culturas populares e tradicionais, em conexão a mestres(as) de tradição oral do DF e de outros estados do Brasil.


Esta primeira edição do Batuque Brincante conta com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal. Serão realizadas 16 apresentações musicais e teatrais, voltadas a estudantes da rede pública de ensino e à população em geral das RAs atendidas. Construído por artistas de origens periféricas, o principal objetivo do projeto é promover a aproximação das comunidades com nossas matrizes culturais afro-brasileiras, fortalecendo identidades e o sentimento de pertencimento comunitário.


GRUPOS REALIZADORES


Batuqueiras

Grupo percussivo formado por mulheres artistas, percussionistas, mães, pesquisadoras e brincantes da cultura popular afro-brasileira. A trajetória de cada uma das artistas é irmanada pela vontade de fazer música e espalhar arte pelo DF, o Brasil e o mundo. A musicalidade do grupo é firmada na vivência e nos aprendizados junto a mestras e mestres de Maracatu, Coco de Roda, Ciranda e outras formas de expressão culturais percussivas. Batuqueiras foi parido em 2014, na cidade de Taguatinga (DF). É formado por Layza Almeida, Mirella Dias, Lirys Catharina, Fernanda Rosa e Taynã de Menezes.


Mamulengo Fuzuê Brincadeira aprendida com as tradições. É palhaço na rua, boneco na tolda e teatro popular que celebra a arte para despertar a transformação. O grupo foi fundado em 2007, no Ponto de Cultura Invenção Brasileira (Taguatinga-DF), a partir da convivência do brincante Thiago Francisco com os grupos Mamulengo Presepada e Mamulengo Sem Fronteiras. Desde sua origem, segue Brasil adentro e mundo afora, firmado na memória, na identidade, na celebração da vida e no aprendizado com os mestres. É formado pelo bonequeiro Thiago Francisco e pelos músicos e brincantes Rene Bonfim, Maísa Arantes, Gilson Alencar, Layza Almeida e Inácio Francisco. PROGRAMAÇÃO Escolas

  • 23 de agosto: CEF 32 - Pôr do Sol

  • 24 de agosto: CEF 504 - Samambaia

  • 25 de agosto: EC 62 - Sol Nascente

  • 26 de agosto: CEE 01 - Ceilândia

Espaços públicos: a partir de setembro

PROGRAME-SE Batuque Brincante

QUANDO: de agosto a outubro

ONDE: escolas e espaços públicos de Ceilândia, Samambaia, Sol Nascente e Pôr do Sol

Entrada: franca com classificação livre

Comments


bottom of page