“ALEGRIA DE NÁUFRAGOS” – DRAMA DE TCHEKOV TEMPERADO COM HUMOR ÁCIDO DA PARAÍBA

Comemorando 15 anos de estrada, o grupo Ser Tão Teatro ocupa o Teatro Ipanema em abril.

Foto: Eunilo Rocha

O grupo paraibano Ser Tão Teatro traz, para o Rio de Janeiro, o espetáculo “Alegria de náufragos”, que vem encantando plateias em teatros e festivais pelo país desde 2016. A companhia aproveita a temporada carioca para comemorar seus 15 anos de trajetória. Serão três fins de semana no Teatro Ipanema, a partir do dia 15 de abril, sempre sexta, sábado e domingo, até 1º de maio.


A montagem é fruto de um livre diálogo do grupo com o conto “Uma história enfadonha”, do russo Anton Tchekhov (1860 – 1904), com dramaturgia da própria companhia teatral e dos diretores Cesár Ferrario e Giordano Castro. “Alegria de náufragos” estabelece pontes entre o discurso literário de mais de 150 anos e contundentes questões de nossos tempos. Pontes erguidas com o talento dos atores Cely Farias, Rafael Guedes e Thardelly Lima, que incidem, sem concessões, sobre o presente e a geografia, com doses generosas de acidez e humor, provocando uma inevitável análise sobre si mesmos.

SOBRE A PEÇA

Com um currículo impecável, o professor Nicolai Stiepánovitch – pai de família e profissional reconhecido no exercício além das fronteiras do seu próprio país – poderia ser facilmente tomado como um exemplo de vida, um "homem feliz". Mas, gradativamente, no desenrolar do espetáculo, esse “homem de bem” é submetido a um doloroso processo de falência interior.

Refém das próprias escolhas e dos modelos exemplares que perseguiu ao longo de sua caminhada, somente agora em que pouco ou nada há de ser feito, o professor começa a adquirir clareza sobre o lado patético da sociedade e de suas instituições, incluindo seu trabalho e a própria família.

Graças ao talento do elenco afinado – trunfo do espetáculo –, essas reflexões extrapolam os personagens e tomam conta dos teatros onde o espetáculo vem sendo encenado e até da própria vida. Já o peso trágico da obra de Tchekhov é diluído em momentos de refinado e ácido humor.

SOBRE O GRUPO SER TÃO TEATRO

O SER TÃO TEATRO surgiu em 2007, na cidade de João Pessoa, formado por alunos, professores e funcionários da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e outros artistas locais.

O grupo vem se destacando no cenário artístico com uma trajetória de sucesso e pesquisa especialmente voltada para o trabalho do ator, para a musicalidade e para o treinamento físico/energético, fortalecendo os princípios da criação coletiva e colaborativa.

PROGRAME-SE

“ALEGRIA DE NÁUFRAGOS” com o grupo SER TÃO TEATRO

Dias: 15, 16, 17, 22, 23, 24, 29, 30 de abril e 1º de maio

Horário: sextas e sábados, às 19h; domingos, às 19h

Local: Teatro Ipanema

Endereço: Rua Prudente de Morais 824 – Ipanema

Ingressos: R$ 20 / R$ 40

www.sympla.com/sertaoteatro

Duração do espetáculo: 58 minutos

Classificação etária indicativa: 12 anos


QUEM FAZ DIREÇÃO: César Ferrario e Giordano Castro DRAMATURGIA: César Ferrario, Giordano Castro e Ser Tão Teatro

ATUAÇÃO: Cely Farias, Rafa Guedes e Thardelly Lima

DIREÇÃO MUSICAL E MÚSICA ORIGINAL: Marco França

DESENHO DE LUZ: Ser Tão Teatro

PRODUÇÃO: Ser Tão Teatro e Maria Alice

OPERAÇÃO DE SOM: Natália Sá

FIGURINO: Vilmara Georgina

CENOGRAFIA E ADEREÇOS: Maria Botelho

FOTOGRAFIA: Eunilo Rocha e Marina Cavalcante

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...