top of page

"UM CORAÇÃO DE VAN GOGH" ESTREIA NA CASA DE CULTURA LAURA ALVIM, EM IPANEMA

Com direção de Ticiana Studart, o drama expõe os conflitos na relação entre um pintor angustiado e seu mecenas na França da belle époque. No elenco, estão Daniel Ericsson, Xando Graça, Vitória Furtado e Renata Gasparim

Foto de Andrea Rocha

A figura do gênio incompreendido acompanhou grandes nomes da arte mundial. Os conflitos emocionais, a vida desregrada, os atos passionais, os distúrbios psiquiátricos e as dificuldades financeiras estão na biografia de personalidades que entraram para a posteridade. A possibilidade de estabelecer conexões entre essas vidas turbulentas e a sociedade contemporânea motivou o dramaturgo Rômulo Pacheco a criar uma trilogia dos artistas. Com direção de Ticiana Studart, o espetáculo “Um coração de Van Gogh”, com estreia dia 29 de julho na Casa de Cultura Laura Alvim, inspirado em trechos da vida do pintor holandês, é a segunda parte desta trilogia, iniciada com a peça “Saliva de Rimbaud” (2015).


Como um dos precursores do expressionismo, Van Gogh criou telas de tons vibrantes e imagens distorcidas. Certo desconforto provocado por essas obras inspiram o clima do espetáculo, que aborda as relações entre arte, sonho e distúrbios psiquiátricos.


A peça acompanha a vida de Thuja (Daniel Ericsson), pintor francês da belle époque, miserável, maníaco-depressivo e que ama demais. Um gênio que vive à margem da sociedade. Faz uso abusivo de álcool e drogas. Está em crise, às voltas com o tratamento psiquiátrico da época. Falta-lhe tudo: inspiração, amor, equilíbrio emocional e dinheiro. Só não lhe falta sexo, que consegue pagando prostitutas com o dinheiro de Otto (Xando Graça), um célebre homem das artes que, encantado com a sua obra, decide ser seu mecenas. Vive em um apartamento alugado por Otto, de quem depende financeiramente e em quem deposita a esperança de alcançar visibilidade e, principalmente, o dinheiro necessário para abandonar a vida miserável. Mas Thuja põe tudo a perder quando cisma com Sylvie (Renata Gasparim), uma moça leviana e ambiciosa, e se envolve com Lua (Vitória Furtado), uma prostituta.


Tudo gira em torno de um artista profundamente tocado pela arte e pelos distúrbios psiquiátricos. Um artista que se relaciona com o mundo através da alteridade de seu olhar excêntrico, incomum e, tragicamente, incompreendido.


QUEM FAZ

Texto: Rômulo Pacheco

Direção: Ticiana Studart

Elenco: Daniel Ericsson, Xando Graça, Vitória Furtado e Renata Gasparim

Cenografia e Figurinos: Marcelo Marques

Trilha Sonora: Marcelo Alonso Neves

Iluminação: Ana Luzia de Simoni

Visagismo: Ulysses Rabelo e Regina Guimarães

Direção de Movimento: Bianca Andreoli

Assessoria de Imprensa: Rachel Almeida (Racca Comunicação)

Gestão de Mídias Sociais: Lucas Studart

Fotos: Andrea Rocha

Projeto Gráfico: Deko Mello.

RP: Jaci Oliveira

Diretor Assistente: Francisco Paz

Coordenação Geral: Maria Vitória Furtado

Direção de Produção: Juliana Cabral

Produção Executiva: Luiza Toré

Assistência de Produção: PV Israel

Realização: Vitória Produções


PROGRAME-SE

Um coração de Van Gogh

Temporada: de 29 de julho a 20 de agosto

Teatro Laura Alvim: Av. Vieira Souto, 176 – Ipanema.

Telefone: (21) 2332-2016

Dias e horários: sexta e sábado, às 20h e domingo, às 19h.

Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)

Lotação: 190 lugares

Duração: 1h30

Classificação: 16 anos

Venda de ingressos: bilheteria do teatro ou no site https://funarj.eleventickets.com

コメント


bottom of page