"THE FACE OF BALL" E A FORÇA LGBTQIA+

Projeto "Entrando na Dança" exibe no dia 24 de abril obra performática criada por 11 artistas LGBTQIA+ da periferia carioca.

Foto: Charles Pereira

No dia 24 de abril, sábado, será exibido pela internet o filme The Face of Ball, criado por 11 artistas LGBTQIA+ da periferia carioca. O grupo foi selecionado pelo festival Entrando na Dança, através de uma convocatória no início de 2021, para criar uma obra performática com foco nas questões de gênero e sexualidade através da cultura ballroom e no voguing*. Os dez performers foram dirigidos por Blackyva, carioca, negra, trans, cantora e atriz. Criada na Rocinha, ela é conhecida por suas performances urbanas, sempre em tom de protesto. A edição queer do Entrando na Dança foi idealizada para dar visibilidade à cena ballroom carioca e dar voz para a população LGBTQIA+. Locais icônicos da cidade serviram como locações para as gravações da obra, como o MAM (Museu de Arte Moderna), a Arena Carioca Dicró, na Penha, o Campus da UFRJ, na Ilha do Fundão, e a centenária Escola de Teatro Martins Penna. O Entrando na Dança deste ano promete trazer à tona para o público assuntos como a invisibilidade de parcela da população por questões de gênero/sexualidade e as dificuldades e ferramentas de superação encontradas por jovens artistas da periferia. Blackyva conta que no primeiro encontro com o grupo, ao observar o olhar, o rosto e a expressividade corporal de cada um, identificou três perguntas que habitavam seus pensamentos: “qual é o rosto do futuro, o corpo do futuro e a cor do futuro?”. E explica que, apesar de já estar com um plano de condução pronto, foi necessário recuar para compreender o lugar de conforto de cada um e suas subjetividades, de modo que o diálogo ocorresse de forma horizontal. “Foi necessário ter um olhar voltado para a necessidade de cada artista durante os ensaios. Trabalhamos exercícios que dinamizaram questões que envolvem a percepção de movimentos ancestrais, autodefesa, sensualidade e sexualidade”, diz a diretora. Os ensaios aconteceram entre fevereiro e março de 2021, em diferentes espaços nos bairros da Tijuca, Gamboa e Lapa, num total de 17 encontros e 66 horas de trabalho.

Foto: Charles Pereira

Além da obra que será exibida no dia 24, o perfil oficial no Instagram do Entrando na Dança traz para o público desde fevereiro diversos conteúdos sobre a cultura ballroom e o voguing, com posts sobre vivências dos performers e cobertura das atividades do projeto. Como parte desta movimentação online, desde março está sendo exibida uma série de entrevistas com os performers chamada “Ballroom responde” e em abril foi lançada uma série de 11 vídeos chamada “Ballroom na ponta da língua” em que os jovens do projeto explicam de maneira rápida e simples temas ligados a este universo, que tem ganhado cada vez mais espaço na cultura brasileira e nas grandes cidades, como Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo. Para saber mais detalhes sobre a programação, basta acessar o perfil @entrandonadanca. Todo o conteúdo está salvo para consultas futuras. O Entrando na Dança Queer foi financiado com recursos da Lei Aldir Blanc através da Chamada Emergencial nº 4/2020 – Fomenta Festival RJ da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro. “The Face of Ball” tem como filmmaker Aron Moraes, figurino de Tauane Luzes, produção musical de DJ Werson e narração de Julia Lemmertz. A ficha técnica completa está disponível no site do projeto. PROGRAME-SE Obra The Face of Ball - Entrando na Dança Queer Data: 24/04/2021 Link com fotos: https://drive.google.com/drive/u/1/folders/1Pmnt39qM_EFlVbziPVjqij2tpY2um7K Site oficial: https://www.entrandonadanca.com/ Instagram: @entrandonadanca