• davicdm

TARDEZINHA DO SAMBA 2021

Em sua quarta edição, sendo a segunda online, o Festival reúne artistas e pesquisadores da cultura afrobrasileira. Roda de prosa, música, dança e poesia integram os três dias dessa grande festa

Foto: Raquel Catão

“Samba é verbo, assim sendo é ação”, nos diz Marcelo Café! E é abrindo caminhos que o ritmo toma conta do derradeiro mês de 2021, nos convocando a celebrar o Dia Nacional do Samba, comemorado em 2 de dezembro. As celebrações vão movimentar a cena cultural de Brasília nos dias 2, 4 e 5, com a quarta edição do Festival Tardezinha do Samba. Ainda superando os desafios da pandemia, o evento retorna para o seu segundo ano online com a participação de sambistas, poetas, dançarinos e intelectuais do Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo.


A programação inicia na quinta-feira, dia 2, com o Butiquim do Tardezinha. Em uma roda de conversa musicada e descontraída, importantes personalidades da cultura afrobrasileira do DF irão celebrar o Dia Nacional do Samba, debatendo “A Influência da Matriz Africana na Música Brasileira”. O tema é inspirado na redação de mestrado do músico e professor de Sociologia João Peçanha (SP), com roteiro da jornalista Juliana Silva e mediação da cantora e sambista brasiliense Teresa Lopes.


A roda do Butiquim do Tardezinha inicia às 19h30, com a participação de João Peçanha; da yalorixá e compositora Mãe Dora (DF); da cantora Cris Pereira (DF); do músico, professor e radialista Daniel Mioju (DF); e dos músicos Khalil Santarém (DF) e Breno Alves (DF). A noite de quinta fecha com a arte encantada do cantor, compositor, dançarino e pesquisador maranhense Tião Carvalho, em seu show “Tião Carvalho Sambando”. Toda a programação será transmitida ao vivo e online, no canal Tardezinha do Samba no Youtube, com interpretação simultânea em Libras. Depois, as gravações ficam disponíveis no mesmo canal.


Tardezinha no fim de semana Após o Dia do Samba, o Tardezinha retorna nos dias 4 e 5 de dezembro, movimentando o fim de semana com uma extensa programação cadenciada em música, dança e poesia. A programação do sábado (4) começa às 12h, trazendo apresentações do Samba na Comunidade, Toque de Salto, Ana Reis, Marcelo Café, César Mello (SP) e Cacá Pereira. Nos intervalos, intervenção poética com Marina Mara e dança afro com a Cia Furious D’. Para fechar a tarde, sobe ao palco o cantor e sambista Moyseis Marques (RJ), às 17h20.


No domingo (5), o 4º Festival Tardezinha do Samba realiza o seu último dia de programação. O anfitrião Marcelo Café é quem abre os trabalhos às 11h, seguido de Elas que Toquem, Samba da Guariba, Deu Vibe e Benzadeus. Nos intervalos, show com Márcio Marinho e Victor Angeleas, Samba de Dandara (SP), intervenção poética com Paulo Dagomé e dança afro contemporânea com a Cia Corpus Entre Mundos. Para fechar os trabalhos na tarde de domingo, o músico, compositor e jornalista João Cavalcanti (RJ) sobe ao palco do Tardezinha às 16h30, acompanhado do grupo brasiliense 7naRoda.

Tardezinha do Samba Idealizado pelo músico Marcelo Café e realizado pela Artecei Produções, o Festival Tardezinha do Samba tem a proposta de reunir os principais fazedores do samba e da cultura afrbrasileira do Distrito Federal, sendo o primeiro festival do gênero realizado na cidade de Ceilândia. Com a pandemia, iniciou edições online no ano de 2020, criando intercâmbio entre sambistas e pesquisadores do Rio de Janeiro e de São Paulo. Um encontro para reunir nomes consagrados e novos talentos, oportunizando o lançamento de trabalhos e a consolidação das rodas de samba que sempre marcaram os finais de semana em Ceilândia e em outras regiões do DF.


A realização da 4ª edição do Festival Tardezinha do Samba conta com apoio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal.

PROGRAME-SE

4º Festival Tardezinha do Samba – Online

QUANDO: 2, 4 e 5 de dezembro de 2021 (quinta, sábado e domingo)

Assista ao vivo: Canal Tardezinha - www.bit.ly/tardezinhadosamba

CLASSIFICAÇÃO: Livre

QUANTO: Gratuito

PROGRAMAÇÃO


02.12 (quinta)

Butiquim do Tardezinha

- 19h30: Roda de conversa com Mãe Dora, João Peçanha (SP), Cris Pereira, Daniel Mioju, Khalil Santarém e Breno Alves. Apresentação e mediação: Teresa Lopes.

- 21h30: Show com Tião Carvalho (MA/SP)


04/12 (sábado)

- 12h: Samba na Comunidade

- 13h: Toque de Salto

- 14h: Ana Reis

- 14h40: Intervalo com o Grupo de Dança Furious D’

- 15h: Marcelo Café

- 15h40: Intervalo poético com Marina Mara

- 16h: César Mello (SP)

- 16h40: Cacá Pereira

- 17h20: Moyseis Marques (RJ)


05/12 (domingo)

- 11h: Marcelo Café

- 11h40: Intervalo com Márcio Marinho e Victor Angeleas

- 12h: Elas que Toquem

- 12h40: Intervalo com Samba de Dandara (SP)

- 13h20: Samba da Guariba

- 14h: Intervalo com a Cia de Dança Afrocontemporânea Corpus Entre Mundos

- 14h20: Deu Vibe

- 15h: Intervalo poético com Paulo Dagomé

- 15h20: Benzadeus

- 16h30: João Cavalcanti (RJ) - com participação do 7naRoda

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...