SÉRIE ARTE | FATO EXALTA A PRODUÇÃO CULTURAL DO DF

Série promovida pelo Sindicato dos Bancários em valorização da produção cultural do DF realiza, a cada quinze dias, edições virtuais com transmissão gratuita.

É inegável que a arte atenua os níveis de estresse emocional e estimula o pensamento crítico. Sensíveis a isso, a organização sindical de bancários e bancárias de Brasília abriu as cortinas de seu teatro - o Teatro dos Bancários, para a gravação do projeto Arte|Fato. Todos os protocolos de segurança vêm sendo seguidos.

A iniciativa consiste, inclusive, em uma ação de solidariedade ao setor cultural em toda a sua amplitude, que envolve artistas, técnicos, comunicadores e assistentes, impedidos de atuar em razão das necessárias restrições impostas pela Pandemia de Covid-19. Como forma de mitigar a precariedade em que esses trabalhadores se encontram, todas e todos os profissionais são remunerados.

Para a próxima edição, de número seis, foram convidados grandes nomes da música regional. Vencedor do 28º Prêmio da Música Brasileira na categoria Música Regional com o álbum “Cabaça D’Água”, de 2017, Alberto Salgado abre a programação. Reconhecido pela crítica, sua identidade musical está num amálgama de influências percussivas adquiridas na vivência da capoeira somadas à pesquisa em violão clássico e música erudita.

O VI ArteFato conta ainda com a presença de Martinha do Coco. Laureada com o título de Mestra da Cultura Popular em 2013, pelo então Ministério da Cultura, Martinha traz à programação a vitalidade e a alegria de seu maracatu, ciranda e coco.

Também compõem a programação, a atriz, performer, arte-educadora, poeta e mulher negra Athena Aires. A artista faz de seu corpo um instrumento político de luta nas ruas pelo direito da mulher livre. A poeta Carla Andrade e Jad William, escritor, fotógrafo, arte-educador e produtor cultural. Jad foi ganhador de concursos e slams, é autor de dois livros lançados e desenvolveu o projeto Poesia nas Quebradas.

Pelo palco do Arte|Fato já passaram importantes nomes da arte local como Chinelo de Couro, Cangaceiros do Cerrado, Quarteto Zimbatera, Rene Bonfim, Miqueias Paz, Noélia Ribeiro, Som de Papel, Thabata Lorena, Vanderley Costa e Virgílio Mota. Todas as edições podem ser conferidas aqui.

O projeto também convida a comunidade a participar na campanha “Quem tem Fome, Tem Pressa!”, do Comitê de Solidariedade Bancária de Combate ao Coronavírus, com doações. Criada em maio do ano passado, a iniciativa presta assistência a entidades de auxílio a catadores de materiais recicláveis, pessoas em situação de rua, mulheres vítimas de violência, quilombolas, pessoas LGBTQIAP+, bem como abrigos para a terceira idade, creches e categorias profissionais impactadas pela Covid 19.

PROGRAME-SE

Projeto: Arte|Fato, 6ª Edição

Estreia: Dia 18 de maio, terça-feira, às 19h

Transmissão gratuita: www.youtube.com/user/bancariosbsb

Classificação indicativa: Livre para todos os públicos

1/3