"RAIOW RAINHAS" SE INSPIRA EM MULHERES E FIGURAS CIRCENSES QUE FIZERAM HISTÓRIA

Inspirado em grandes lutadoras da modalidade que ficou famosa nos anos oitenta, o espetáculo “Raiow Rainhas” é uma ode à mulheres que fizeram história no circo brasileiro e tantas outras figuras excêntricas e potentes que tiveram suas trajetórias pouco valorizadas ou historicamente apagadas.

Foto: Ricardo Avellar

O espetáculo “Raiow Rainhas” dá a vez para que figuras excêntricas do circo, consideradas fora dos padrões “normais”, brilhem e sejam protagonistas de um grande show espetacular. É o caso da Mulher Centopéia, uma cantora de ópera com muitos braços, e das trigêmeas SimSalaBim, que realizam truques de arrepiar os cabelos como o da mulher cortada ao meio.


Além do anunciado e tão esperado número da Luta Livre, onde o palco se transforma em ringue para que as lutadoras “Diamante Negro, a Jóia Rara do Nilo”, “Princesinha Dourda” e “Miranda Caminhoneira, o terror das estradas”, disputem o Cinturão de Ouro Raiow Rainhas.


Repleto de personagens extravagantes e inusitados, que executam números de habilidades exaltando a força e a potência presente em todo ser humano, o espetáculo “Raiow Rainhas” subverte o que seria motivo de submissão, vergonha, exclusão, para que se tornem a potência máxima de um show criativo e muito divertido.


Unindo palhaçaria, música, mágica e técnicas circenses acrobáticas, como as acrobacias de solo, portagem em dupla ou trios e luta livre, as Rainhas do Radiador trazem para o palco uma brincadeira com os antigos “Circos de Parque” repletos de figuras pouco convencionais, atualizando o contexto para re-identificar os atuais “excluídos” e “rejeitados” da nossa sociedade.


Com direção de Geisa Helena, da Trupe Koscowisck, o espetáculo é inspirado em figuras que fizeram história no circo brasileiro, porém nunca tiveram este lugar de importância devidamente reconhecido, como é o caso das mulheres da Luta Livre, modalidade que ficou mundialmente conhecida nos anos oitenta por misturar técnicas encenação teatral, combate e circo, porém com pouca visibilidade para a versão feminina.


O coletivo Rainhas do Radiador, que é formado por três palhaças (duas LGBTs e uma negra) realiza uma pesquisa focada em comicidade física feita por mulheres, através de um mergulho nas esquetes, acrobacias e cenas clássicas, usando de suas excentricidades e irreverência, não apenas para colocar mulheres dissidentes da norma em foco, mas também questionar a ausência e até o apagamento histórico de tantas outras figuras.


Com a temática de trazer para a cena o protagonismo de figuras apagadas da sociedade e da história das artes (como as mulheres que lutavam em circo, figuras femininas excêntricas, pessoas que divergem da norma por alguma característica, entre outras) a peça “Raiow Rainhas” questiona, de forma bastante cômica, o status quo das mulheres dentro do circo (principalmente negras e LGBT).


Fundado em 2017, Rainhas do Radiador é um coletivo formado por Loi Lima, Aline Hernandes e Ana Pessoa, que tem a palhaçaria e comicidade física feminina como fio condutor de sua pesquisa tanto no circo presencial, como nas produções audiovisuais, tendo lançado recentemente três web-séries em parceria com o SESC-SP: “Heroínas: Trajetórias Mitológicas de uma Quarentena”, “Conhecendo o Circo” e “Hoje tem circo, tem sim senhor(a)!”

Tem em seu repertório os espetáculos A Andarilha, Quizumba e se prepara para estrear o espetáculo Raiow Rainhas, baseado na Luta Livre, modalidade que ficou popularmente conhecida no Brasil na década de 80 graças ao programa Gigantes do Ringue, apresentado pelo lutador profissional Michel Serdan, com quem o coletivo realizou treinamento específico sobre a técnica.


A ação faz parte do projeto Rainhas do Radiador contemplado na 5ª edição da Lei de Fomento ao Circo, da Secretaria de Cultura de São Paulo.


Mais informações: www.facebook.com/Rainhas-do-Radiador-767856200092239

www.instagram.com/rainhasdoradiador/


PROGRAME-SE

Sinopse: Raiow Rainhas! O circo chegou trazendo as atrações mais espetaculares do momento. Você não pode perder as finais do campeonato de Luta Livre, as canções da Mulher Centopéia, as mágicas e ilusionismos das trigêmeas SimSalaBim, e muito mais! Quem ficava de fora, agora ocupa o centro do picadeiro e promete abalar as estruturas com toda sua potência e irradiação!


Quando: 16 de agosto de 2021 - Horário: 18:00 - Onde: CEU São Rafael

Quando: 17 de agosto de 2021 - Horário: 10:00 - Onde: CEU Curuçá

Quando: 17 de agosto de 2021 - Horário: 14:00 - Onde: CEU Três Pontes

Quando: 17 de agosto de 2021 - Horário: 19:00 - Onde: CEU Inácio Monteiro

Quando: 18 de agosto de 2021 - Horário: 10:00 - Onde: CEU Parque São Carlos


Onde assistir: Canal do Youtube das Rainhas do Radiador

Link para assistir: www.youtube.com/channel/UC9FKrCvM_eowIpgpOjZXy6w/featured

1/3