top of page

PROJETO CAPACITA 300 PESSOAS PARA ATUAÇÃO EM ATIVIDADES CULTURAIS

Associação Artística Mapati promoveu o Profissão Arte nas áreas de teatro, circo, música e artesanato.


Promovido pela Associação Artística Mapati, o Projeto Profissão Arte impactou, de forma gratuita, um total de 300 artistas e profissionais do setor cultural do DF. Para apresentar e debater sobre estes resultados, a entidade realiza uma live nesta sexta-feira (23 de setembro), às 14 horas, apresentada pela coordenadora do projeto, a gestora cultural Dayse Hansa.


Realizado com o apoio da Fundação Nacional de Artes (Funarte), por meio de recursos provenientes de emenda parlamentar, o Profissão Arte realizou oficinas de teatro, circo, cerâmica, produção musical, logística de projetos artísticos, moda e cenografia. O projeto foi executado com o objetivo de dar suporte para diversas habilidades e modalidades da produção artística no Distrito Federal.


Doze especialistas com currículos reconhecidos em suas áreas foram selecionados para ministrar as oficinas: Tereza Padilha (teatro), Daiane Rocha (circo), com Nadia Bacin (cerâmica), Lucas Freitas (moda), Dayse Hansa (produção cultural), Aryane Sanches (produção musical), Lia Maria (moda), Eli Moura (logística de projetos artísticos) e Zé Regino, Nando Villardo, Andrey Hermuche e Daniel Banda (cenografia).


Foram 980 horas de aulas ministradas durante a pandemia de Covid-19, em sete turmas contempladas pelo projeto, com formações de turmas mensais, sendo que o maior percentual de vagas foi distribuído a pessoas que moram em cidades com índices reduzidos de acesso à cultura, numa perspectiva de descentralizar a produção de arte no DF.


PROGRAME-SE Live do Projeto Profissão Arte 23 de setembro, às 14 horas

Comments


bottom of page