POETA CRIA JOGO EM QUE PÚBLICO PASSEIA PELAS PALAVRAS

Jogo estabelece em um espaço digital uma espécie de instalação em que o leitor-gamer pode descobrir textos ao clique de um mouse.

Sem princípio ou fim, SAÍDA game é um experimento poético de Arthur Moura Campos, um dos mais ambiciosos de sua carreira — e isso não é pouco. Embora jovem, de 1993, o arquiteto, poeta e designer goiano sempre teve um olhar diferente para a palavra: um de seus poemas, por exemplo, é um círculo em que se intercalam “infinito” e “enfim”, um jogo interessante sobre a temporalidade. O projeto imersivo Saída, porém, vai além. Ele joga com o leitor e é, literalmente, um jogo.


SAÍDA game é um edifício inteiramente projetado em realidade virtual cuja porta são buracos na forma das letras que compõem a palavra. Com poesias inscritas em vermelho nas paredes, como se o próprio concreto sangrasse, o jogo convida o público a passear livremente pelos arredores do prédio e descobrir poemas escondidos em cada degrau. Essa viagem é também sonora: as palavras revelam áudios e animações ativados pelo clique do visitante.


Link para navegar em SAÍDA game: diverealities.com/saida-game.


Para o autor, o bloco de concreto digital e de aparência modernista dialoga diretamente com a poesia concreta, movimento que revelou poetas chave da poesia brasileira. “A multidisciplinaridade dessa obra traz uma reinterpretação da poesia concreta para os meios digitais contemporâneos”, diz ele.


Junto do SAÍDA game também foi lançada a campanha de arrecadação do projeto, que oferece recompensas impressas como livros, cartazes, maquetes e adesivos criados pelo poeta. Essa arrecadação busca financiar a manutenção do site interativo em que o jogo está hospedado e imprimir 200 cópias de cada um dos três livros do projeto, que serão lançados pelo “selo do burro”. A expectativa é que nos próximos dois meses a campanha alcance os R$ 8 mil necessários. Só nos primeiros 10 dias a campanha já levantou aproximadamente R$ 3 mil.


Para acessar a campanha de financiamento coletivo clique no link https://benfeitoria.com/saida?ref=benfeitoria-home


A versão interativa recém-lançada de SAÍDA game começou a ser desenvolvida no final de 2019 em parceria com Anders Rinaldi e Rodolfo Brant da DIVE Realities, uma startup de tecnologia paulistana.


Outro financiamento coletivo

Outra saída que tem buscado financiamento coletivo on-line e outro projeto que expande as fronteiras da literatura é Saída de Emergência. A podsérie divulgada no Spotify apresenta roteiro dos escritores Bruno Bucis e Ítalo Damasceno. O programa ficcional de áudio apresenta uma linguagem que é neta das “radionovelas”, mas com um formato ágil e moderno que se encaixa na rotina dos ouvintes. Para acessar a campanha de financiamento coletivo de Saída de Emergência: https://benfeitoria.com/podcast-saida-de-emergencia-obp


Sobre Arthur Moura Campos

Arthur Moura Campos é poeta. Goianiense formado em arquitetura pela Universidade de São Paulo (2019). Fez intercâmbio estudando mandarim e paisagismo na cidade de Nanquim - China (Programa Ciência sem Fronteiras, 2013-2015). Suas principais atividades envolvem a literatura, design e arquitetura. Explora as interações entre as diversas mídias e linguagens. Tem três livros publicados: “Meia Ponte” (ed. do autor, 2017), “5INTO” (selo do burro, 2019), “SAÍDA” (selo do burro, 2021). Foi finalista do "Programa Nascente - USP" (2012, 2013, 2017- Texto: Poesia, e 2019 - Design: livro 5INTO); e do "VI Concurso Desvairada de Vídeopoesia" (2020). Foi premiado pelo “Quarentena Projetada” (2020 - Mídia Ninja, IMS) e pelo “Festival UP!” (2020).


Caderno de pesquisa do trabalho:

issuu.com/arthurmouracampos/docs/tfg_arthur_moura_campos

Projeto gráfico dos livros: behance.net/gallery/101331421/SAIDA-editorial

AS MAIS LIDAS DA SEMANA... 

1/3