top of page

PEÇA "O UNIVERSO ESTÁ VIVO COMO UM ANIMAL" CHEGA AO CCBB RJ

Montagem teatral investiga questões sobre arte e ciência e democratização de energia a partir do inventor Nikola Tesla

FOTO: ELENIZE DEZGENISKI

Após temporadas de sucesso em Curitiba e São Paulo, O UNIVERSO ESTÁ VIVO COMO UM ANIMAL, dos curitibanos da Rumo de Cultura, chega ao Rio de Janeiro no Teatro I do Centro Cultural Banco do Brasil, a partir de 1º de junho de 2023.

A montagem, criada a partir de uma longa pesquisa sobre o inventor Nikola Tesla, aborda questões da biografia e inventos do cientista. No palco, os atores montam a cena, manipulam lâmpadas fluorescentes e criam atmosferas para proliferar as palavras e ideias de Tesla.. Com idealização de Isabel Teixeira, Diego Marchioro e Fernando de Proença, a peça estruturada por quadros imagéticos é fruto de quatro anos de pesquisa sobre a vida e obra de Nikola Tesla, um dos maiores inventores de todos os tempos, com contribuições nos campos da engenharia mecânica e eletrotécnica. As patentes de Tesla e o seu trabalho teórico formam as bases dos atuais sistemas de potência elétrica em corrente alternada. O inventor é um dos maiores gênios da humanidade e um dos mais importantes visionários do século XX.

A montagem dirigida por Nadja Naira utiliza a luz como elemento central para explorar – entre passado, presente e futuro – as ideias revolucionárias de Tesla sobre energia, magnetismo, futuridade, eletricidade e democratização da luz. Os atores manipulam as lâmpadas fluorescentes, uma das invenções de Tesla, como agentes de cena. O desenho de luz da peça é assinado por Beto Bruel, um dos grandes iluminadores cênicos do Brasil. Outro ponto de destaque desta criação é a música tema original, de mesmo título da peça, que traz Ná Ozzetti e Ney Matogrosso pela primeira vez cantando juntos.

“Durante as nossas pesquisas, percebemos o quanto Nikola Tesla é um visionário. No século XX ele já era responsável por ideias que nós experimentamos só agora como, por exemplo, a comunicação à distância e o acesso irrestrito à energia. Ele já vislumbrava a internet, o wi-fi, o telefone sem fio, questões que na época dele eram impraticáveis. A imaginação de um futuro mais democrático é um dos pilares da peça. Estamos em sintonia com Tesla na vontade de pensar nesse futuro, na esperança e na democratização de acesso às informações, articulando, na cena, arte e ciência”, afirma Fernando de Proença, que junto de Diego Marchioro e Nadja Naira, assina a dramaturgia da peça.

O UNIVERSO ESTÁ VIVO COMO UM ANIMAL é a terceira peça do Te(a)tralogia, projeto composto por 4 peças de teatro que investigam modos e meios de construir a cena a partir de figuras emblemáticas da cultura mundial. A primeira peça, LOVLOVLOV, foi criada em 2016 a partir de cartas de amor de Carmen Miranda. A segunda peça, PEOPLE vs. PEOPLE, explora a manipulação de discursos fora de contexto e foi apresentada em 2019. A última peça, O COVEIRO, será apresentada ainda este ano.


Além das apresentações da peça, o projeto oferece algumas atividades gratuitas: Masterclass de Iluminação Cênica por Beto Bruel, que acontecerá no dia 02 de junho, às 17h, no Teatro I. Exibição do documentário Te(a)tralogia, nos dias 04 e 18 de junho, às 16h, no Cinema II. E Sala de Escuta, dia 11 de junho às 16h, da áudio série PEOPLE vs. TESLA - peça elétrica para ondas de rádio.

O UNIVERSO ESTÁ VIVO COMO UM ANIMAL foi viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura e conta com patrocínio de Eletrobras, Peróxidos do Brasil, BRDE e Neovia Engenharia.

QUEM FAZ

O UNIVERSO ESTÁ VIVO COMO UM ANIMAL

dramaturgia - Diego Marchioro, Fernando de Proença e Nadja Naira | direção - Nadja Naira | elenco - Diego Marchioro, Fernando de Proença, Edith de Camargo e Augusto Ribeiro | iluminação - Beto Bruel | preparação corporal - Carmen Jorge | trilha sonora - Edith de Camargo| cenário - Érica Storer e Angelo Osinski | figurino - Luan Valloto | coordenação de projeto - Diego Marchioro | direção de produção - Cindy Napoli | assistência de produção - Rebeca Forbeck | comunicação - Fernando de Proença | produção local (Rio de Janeiro) - Nely Coelho - Ginja Filmes | assessoria de imprensa (Rio de Janeiro) - Lyvia Rodrigues - Aquela que Divulga | idealização - Rumo de Cultura, Diego Marchioro, Fernando de Proença e Isabel Teixeira | realização - Rumo de Cultura

Canção original O UNIVERSO ESTÁ VIVO COMO UM ANIMAL - letra Fernando de Proença - melodia Ná Ozzetti - arranjo e músico - Mário Manga - intérpretes - Ney Matogrosso e Ná Ozzetti

PROGRAME-SE

[TEATRO] O UNIVERSO ESTÁ VIVO COMO UM ANIMAL

Onde: Centro Cultural Banco do Brasil – Teatro I

Endereço: Rua Primeiro de Março, 66 – Térreo - Centro - Rio de Janeiro

Contato: (21) 3808-2020 | ccbbrio@bb.com.br

Quando: 01/06/2023 a 25/06/23

Dia/hora: quintas e sextas às 19h30;

sábados às 16h e 19h30

domingo - 18h

*Sessão com libras: sábado 24/06 às 19h30

Duração: 50 minutos

Capacidade: 172 lugares

Classificação: 12 anos

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia), emitidos na bilheteria física ou site do CCBB - bb.com.br/cultura

*Meia-entrada para estudantes e professores, crianças com até 12 anos, maiores de 60 anos, pessoas com deficiência e seus acompanhantes e casos previstos em Lei. Clientes BB pagam meia entrada pagando com Ourocard.

Siga a Rumo de Cultura nas redes sociais: instagram.com/rumodecultura | facebook.com/rumodecultura

[MASTERCLASS] ILUMINAÇÃO CÊNICA POR BETO BRUEL Onde: Centro Cultural Banco do Brasil – Teatro I Quando: 02/06/23 Dia/hora: sexta-feira, às 17h Duração: 90 minutos

Capacidade: 172 lugares Entrada: gratuita (retire seu ingresso 1h antes na bilheteria ou no site bb.com.br)

Classificação: 12 anos

*A masterclass aborda a experiência de mais de 50 anos de carreira do iluminador Beto Bruel, um dos mais premiados e prestigiados do território brasileiro.

[DOCUMENTÁRIO] TE(A)TRALOGIA

Onde: Centro Cultural Banco do Brasil – Cinema II

Quando: 04 e 18/06/23

Dia/hora: domingos, às 16h

Entrada: gratuita (retire seu ingresso 1h antes na bilheteria ou no site bb.com.br)

Duração: 71 minutos

Classificação: 12 anos

Capacidades: 52 lugares

*Desde 2016, 12 pessoas trabalham na criação de 4 peças. Em 2021, este grupo se reúne em um filme documentário a fim de elaborar questões sobre a construção de cena e suas ligações com a vida.

[SALA DE ESCUTA - ÁUDIO SÉRIE] PEOPLE vs. TESLA - Peça elétrica para ondas de rádio

Onde: Centro Cultural Banco do Brasil – Cinema II

Quando: 11/06/23

Dia/ Hora: domingo, às 16h

Duração: 40 minutos

Classificação: livre

Capacidade: 52 lugares

Entrada: gratuita (retire seu ingresso 1h antes na bilheteria ou no site bb.com.br)

*A peça sonora de ficção centrada na relação entre Nikola Tesla e Mensageiro, acontece em um quarto de hotel no final da vida do cientista. A ação "sala de escuta" oferece uma experiência coletiva que amplia o repertório do público em relação ao inventor.

Comments


bottom of page