PEÇA-INSTALAÇÃO "BÚ!" PROPORCIONA EXPERIÊNCIA MULTIMÍDIA

Com criação e atuação de Vanessa Garcia e direção de Cesar Augusto, a personagem-título se inspira nas bonecas sexuais com inteligência artificial para abordar temas como abuso sexual, prazer, objetificação do corpo feminino e hiper sexualização.

Até o dia 16 de junho o Oi Futuro apresenta o espetáculo teatral BU!, que acontece às quartas e quintas às 21h, dentro de uma instalação cênica digital e interativa. Todos os telões do prédio serão utilizados proporcionando uma experiência multimídia e sensorial que mistura teatro, dança, artes visuais, música, performance e tecnologia. A instalação permanecerá aberta para visitação de quarta a domingo, das 11h às 20h, até o dia 19 de junho, disponibilizando televisões com fones, telões, projeções, realidade aumentada e QR code. Para assistir à peça é necessário a retirada de ingresso gratuito via plataforma sympla.


O espetáculo começa no térreo do espaço cultural, onde o espectador será impactado por painéis luminosos (semelhantes aos da Times Square) transmitindo o comercial que marca o lançamento mundial da versão BU! 2022O Relacionamento Perfeito para o Século 21. Haverá também televisores com vídeo-manifesto sobre a ditadura da beleza e projeções que trazem uma atmosfera futurista para o ambiente. Em seguida o público será conduzido para o último andar, ainda cercado por telões e projeções da boneca BU! por toda a parte até que, finalmente, ela surge no elevador. No entanto, uma falha no sistema a leva para a galeria do quinto andar: a fábrica de bonecas sexuais com inteligência artificial. BU! será apresentada por um de seus criadores, mostrando as suas novas funcionalidades e todos os tipos de boneca que ela pode ser: apaixonada, empresária, bailarina, dona de casa, tímida, acrobata, lutadora, contadora de histórias, brincante, esposa, ou seja, a acompanhante perfeita.


É nesse contexto que a personagem-título, dentre outros pontos, propõe uma reflexão sobre os arquétipos femininos da “beleza perfeição”. Esses estigmas reduzem as possibilidades de existência da diversidade feminina e aprisionam a sexualidade da mulher. BU! também divide com o público algumas histórias de abusos que mesclam ficção e realidade: a mulher conservadora que culpa a vítima por ter sido estuprada; a menina de 8 anos molestada na padaria; Adão e Eva e sua ideia de que a mulher veio da costela de um homem, entre outras.


A figurinista Luiza Fardin se inspirou no estilo fetichista das Bond Girls, com roupas em sua maioria de vinil e sempre com cores rosas vibrantes. Já o visagismo de Anderson Milfont foi inspirado nos olhos grandes e expressivos dos mangás e no universo do POP ART, movimento artístico que se caracteriza pela reprodução de temas relacionados ao consumo e a publicidade. Azullllllll é quem assina a criação sonora desse espaço imersivo onde se ouve desde Sophie até Alva Noto, do pop brasileiro ao industrial alemão, conduzindo e provocando o público por meio de uma estética futurista globalizada e surpreendente.


A instalação cênica digital e interativa – assinada por Bia Junqueira, com criação artística (projeções, vídeos e fotografias) de João Casalino, Azul, Ronaldo Soares e Vanessa Garcia - ficará aberta para visitação gratuita de quarta a domingo, das 11h às 20h, oferecendo ao público televisões com fones, telões, projeções, realidade aumentada e QR Code em pontos distintos do espaço cultural transportando o espectador para outras obras digitais sobre o universo e as manifestações da boneca BU!.


Haverá também um cronômetro projetado no espaço cultural e disponível no site da peça que irá contabilizar as vítimas de estupro no Brasil durante as oito semanas da temporada, começando na noite de estreia do espetáculo. O objetivo é promover uma reflexão, visto que a cada 11 minutos uma mulher é estuprada no país.


O espetáculo é realizado por meio do patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, via Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, e da Oi, com apoio cultural do Oi Futuro.

Referências

Vanessa Garcia, ao lado da dramaturga Mayara Máximo, buscou várias referências para a criação da peça-instalação BU!, como livros, séries, filmes e pesquisas na internet. Entre eles estão as publicações Abuso: A cultura do estupro no Brasil, da jornalista Ana Paula Araújo; Sapiens: Uma breve história da humanidade, de Yuval Noah Harari; Teoria King Kong, de Virginie Despentes e Vagina, de Naomi Wolf. Nas produções audiovisuais estão Better Than Us, Westworld, Sky Rojo, Blade Runner, Casanova de Fellini e Matrix. Além disso, Vanessa pesquisou a fundo o universo das bonecas sexuais realistas que são vendidas na internet em média por 25 mil reais. Há homens que se casam com elas sob o argumento machista de que são obedientes e que não incomodam.


PROGRAME-SE

BU!

Onde: Centro Cultural Oi Futuro

Endereço: R. Dois de Dezembro, 63 – Flamengo (*Metrô Largo do Machado)

Quando: 20 de abril a 19 de junho de 2022 Dia/hora:

*Peça-instalação: quartas e quintas, sempre às 21h (*até 16 de junho)

Faixa etária: 16 anos

Duração: 60 minutos

Capacidade: 21 pessoas por sessão

Ingresso: programação gratuita, com disponibilização e retirada de ingressos semanalmente via site www.sympla.com.br

**Haverá uma fila de espera para distribuir os ingressos que não forem retirados na bilheteria até 20h50.

-Instalação interativa: de quarta a domingo, das 11h às 20h (*até 19 de junho)

Faixa etária: livre, com classificação indicativa em obras específicas.

Entrada: gratuita

Protocolos Covid: comprovante de vacinação.

Redes sociais:

Instagram: @buwoman

TikTok: @buwoman

QUEM FAZ

Idealização, Direção Artística e Interpretação: Vanessa Garcia

Direção: Cesar Augusto

Assistência de Direção e Direção de Movimento: Lavínia Bizzotto

Dramaturgia: Mayara Máximo

Instalação Cênica: Bia Junqueira

Assistência de Instalação Cênica e Escultura Caixa: Guga Ferraz

Assistência de Escultura: Fernando de la Rocque

Criação Audiovisual: João Casalino, Ronaldo Soares e Vanessa Garcia

Criação Sonora: Azullllllll

Desenho e Operação de Luz: Fernanda Mantovani

Figurinista: Luiza Fardin

Assistência de Figurino: Higor Campagnaro

Aderecista: Bidi Bujinowski

Visagismo: Anderson Milfont

Direção de Fotografia: João Casalino, Ronaldo Soares e Rafael Rolim

Assistência de Fotografia: Clara Rodrigues

Operação Som, Projeção e Programador Bu!: Renato Krueger

Engenheiro de Som: Gabriel D’Angelo

Cenotécnicos (Montagem): Iuri Wander, Vitor Emanuel, Renato Darin, Marcus Callegario

Técnico de Luz: Rodrigo Melo

Costureira: Marenice Alcantara

Estagiária de Cenografia: Clara Vasconcelos

Monitoria exposição: Eli Carmo, Ulli Castro

Coordenação Administrativa: Renata Pimenta - Bomba Criativa

Assistência Administrativa: Gustavo Canella - Bomba Criativa

Direção de Produção: Bomba Criativa

Coordenação de Produção: Bernardo Lorga

Assistência de Produção: Vittória Braun

Coordenação Técnica: Leandro Barreto

Coordenação de Comunicação e Mídias Sociais: Juliana Viegas

Identidade Visual: Luiza Quentel e Tiago Menezes

Realidade Aumentada e Site: Guilherme Durão e Thiago Leal - SupLab

Assessoria de Imprensa: Lyvia Rodrigues - Aquela Que Divulga

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...