top of page

"PÉ DE CERRADO" INICIA NOVA CIRCULAÇÃO POR PIRENÓPOLIS E REGIÕES DO DF

O Grupo Cultural Pé de Cerrado inicia mais uma temporada de circulação levando a cultura popular do DF estrada afora. O grupo chega a Pirenópolis para apresentações do musical “Os Brincantes”, nos dias 20 e 21 de outubro, com entrada gratuita.

Foto: Davi Mello

O espetáculo chama o público para brincar ao som de ritmos como bumba meu boi, samba, ciranda, maracatu, baião, frevo e tantos outros, com a participação especial dos palhaços brincantes. “Os Brincantes” foi pensado para unir pessoas de todas as faixas etárias e proporcionar a interação entre as diversas gerações.


Na sexta (20), a apresentação será dentro o 3º Ipadê – Encontro de Maracatu do Cerrado, às 21h, na Coepi – Alto do Carmo. Já no sábado (21), às 18h, o Pé de Cerrado integra a programação da Festa da Morte do Boi, promovida pelo Boi do Rosário. “Importantes momentos de integração e divulgação da cultura popular brasileira”, comenta Pablo Ravi, idealizador do grupo.

De volta ao DF o grupo se apresenta na Eco Feira do Mercado Sul, dia 09 de dezembro, às 20h. Para mais informações é só seguir as redes sociais do grupo.


Nas escolas

O Pé de Cerrado está realizando ainda, em homenagem ao mês das crianças, uma circulação por oito escolas do Distrito Federal.


Nas escolas, o grupo apresenta seu espetáculo infantil Pé de Moleque. A mistura artística presente neste espetáculo é um verdadeiro caldeirão de expressões culturais. Música, poesia, teatro e circo se entrelaçam para revelar os traços brasileiros presentes em nossas origens indígenas, negras e sertanejas. Essa combinação única cria uma experiência multissensorial, proporcionando uma diversidade raramente vista em outros espetáculos infantis.


Pablo Ravi, idealizador do grupo, conta que o Pé de Cerrado busca cultivar as raízes da cultura brasileira no coração de cada criança. É uma celebração da identidade cultural e uma forma de transmitir, de geração em geração, os valores e as tradições que nos tornam quem somos.


Carla Landim, produtora do grupo, lembra que a demanda por apresentações em escolas tem sido grande, já que o grupo foi indicado algumas vezes no Currículo em Movimento da Educação Básica da Secretaria de Educação do DF para ser trabalhado em sala de aula.


“Nem sempre conseguimos atender, porque são espetáculos grandes e as escolas não conseguem arcar com esses custos. Então, conseguir levar essas apresentações sem custo para as escolas, por meio de projeto, é incrível. As crianças costumam estudar as manifestações culturais do DF, mas é algo distante, no livro. Receber um desses grupos presencialmente é muito especial. Essas vivências e informações ficam de fato marcadas e, assim, o grupo continua formando público para as culturas populares no Distrito Federal”.


As apresentações são realizadas com apoio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal e do Fundo de Apoio à Cultura (FAC).

PROGRAME-SE

Programação aberta ao público

20/10, 21h - Encontro de Maracatu do Cerrado, na Coepi / Alto do Carmo - Pirenópolos

21/10, às 18h - Festa da Morte do Boi, promovida pelo Boi do Rosário – Quintal da Aldeia / Alto do Bonfim - Pirenópolis

9/12, às 20h – Eco Feira do Mercado Sul – Taguatinga Sul/DF

Nas Escolas

21 de outubro- Quintal da Aldeia em Pirenópolis

27 de outubro- CEF 01 de Sobradinho

28 de outubro- Lar de São José

30 de outubro- Escola Classe 04 do Paranoá

18 de novembro- Escola Classe 403 Norte

bottom of page