ONG "TOCA SEGURA" AJUDA NA RECUPERAÇÃO DE CADELA MOSTRADA NO DO BOM DIA DF

Uma cadela foi resgatada após ser amarrada em uma saco plástico e deixada próximo a uma lixeira no Sol Nascente/DF. O animal foi encontrado na terça-feira (14) durante uma reportagem da TV Globo. Agora, está sob cuidados da ONG "Toca Segura", que conta com doações para manter seu trabalho.

Reprodução: Internet

Os telespectadores se assustaram durante a reportagem de Geraldo Beckher para o Bom Dia DF, da Globo Brasília. O tema da matéria era o lixo espalhado pela Cidade do Sol Nascente. Durante a cobertura, um morador ouviu um som e, ao verificar, constatou que tratava-se de uma cadela dentro de um saco plástico. A partir dese acontecimento a cobertura tomou outro foco e acompanhou o resgate do animal.


Alguns órgãos oficiais foram acionados para prestar ajuda, porém, quem apareceu mesmo foram voluntários da ONG Toca Segura, que protege e auxilia na reabilitação de animais sem lar. Juntos, a equipe de reportagem, os voluntários da ONG e o rapaz que encontrou a cadela foram à uma clínica veterinária para tentar salvar a cadela, que ganhou o nome de Vitória. A exibição do acontecimento nos telejornais da Globo causou revolta e comoção nas redes sociais. Foram muitas as mensagens tanto na emissora quanto na ONG. Nos últimos dias, inclusive, algumas matérias sobre animais abandonados e entidades que precisam de doações foram veiculadas na imprensa local.


E VITÓRIA, COMO ESTÁ?

Bem... A cadela Vitória, da raça Husk Siberiana, segue internada e recebendo medicações e cuidados intensos, pois o caso é grave. Ela é cega dos dois olhos e foi levada à clínica com hipotermia, justamente por ter sido deixada no relento em tempos de chuva. Ela já foi testada e positivada para cinomose, que é um vírus altamente contagioso e que provoca algumas alterações neurológicas no animal (talvez isso tenha sido o motivo pelo qual a abandonaram, embora nada justifique colocar um ser vivo dentro de um saco plástico para morrer. Nos primeiros dias, recebeu transfusão de sangue, que é um procedimento caro.


Há dois dias, a equipe do Toca Segura divulgou um vídeo mostrando a evolução do tratamento. Nele, Vitória já estava conseguindo se levantar um pouco. Chegou a tomar água sozinha. Nada dia seria possível sem a colaboração da Clinvip, de Ceilândia. Para ver, clique aqui.


Algumas pessoas se oferecerem para adotar Vitória, mas isso requer um longo caminho. Primeiro ela precisa se recuperar totalmente. Um cão diagnosticado com cinomose e devidamente tratado pode ter um convívio natural com humanos. Tendo muito afeto, paciência e generosidade tudo pode ficar bem.

O QUE É O TOCA SEGURA?


A descrição do perfil da Toca no Instagram revela que trata-se de um grupo de pessoas a quem a vida proporcionou um encontro. Pessoas que têm um sonho: ajudar cães abandonados que precisem de um lar de amor.

Via assessoria

O Toca Segura trabalha com resgate e acolhimento de animais abandonados. O objetivo é retirar animais das ruas e de locais onde estejam correndo riscos, acolhendo, castrando, e tratando da saúde desses animais, preparando eles para que sejam adotados no futuro.


Obviamente, o número de animais em situação de rua no DF é incalculável e o espaço do Toca Segura está sofrendo com superlotação. Muitas pessoas que encontram animais em perigo têm o impulso de marcar as ONG's pelas redes sociais, porém, essa marcação em massa não ajuda muito. Há uma atribuição de responsabilidade à essas organizações, porém, o que elas fazem já é muito além das possibilidades. Além de receberem diversos chamados diariamente, muitos desses espaços acolhedores também ajudam protetores independentes em suas lutas, divulgando seus protegidos e apoiando para que consigam lares definitivos para os animais que resgatam. Por isso o importante é doar. Eles saberão como usar o valor arrecadado de acordo com as demandas internas.


"Todo o nosso trabalho é realizado através de doações de apoiadores, do suporte do hotel Amo Pet e através de trabalho braçal mesmo de voluntários. Não temos condições de sair pelas ruas do DF resgatando todos os animais que nos encaminham por aqui. Gostaríamos que todos entendessem que espaço e recursos (financeiros e humanos) são escassos. Para que um número maior de animais possa ser ajudado, é preciso que todos façam sua parte. Gostamos sempre de destacar que todos podem ser protetores, se cada um ajudar um animal em situação de rua, será um animal a menos sofrendo.", comenta para nosso portal Danielle, uma das integrantes do Toca.

O Toca Segura está sempre em movimento, arrecadando valores para manter todo o fluxo de atividades em ação. A equipe promove eventos, rifas, bazares e promoções. O instagram deles não para, seja mostrando as evoluções dos casos dos animais resgatados, anunciando outros para doação responsável ou compartilhando boas iniciativas.

Reprodução: Redes Sociais

Existem muitos grupos maravilhosos de protetores no DF. Eles também trabalham incansavelmente pelos animais. Todos (veja bem)... Todos estão sempre precisando de ajuda. A maior maneira de ajudar é doando qualquer valor para essas entidades, que formam uma verdadeira rede de amor e respeito. Apoiar qualquer desses grupos é apoiar a causa animal. 

De acordo om o Portal G1, as denúncias de maus-tratos a animais podem ser feitas na Ouvidoria do GDF pelo telefone 162 ou pelo site https://www.ouv.df.gov.br/. A Delegacia Especial de Proteção ao Meio Ambiente (Dema) também pode ser acionada pelo número 197, pelo WhatsApp — (61) 98626-1197 — ou pelo e-mail denuncia197@pcdf.df.gov.br. Outra opção é o Batalhão Ambiental da Polícia Militar, que atende 24 horas pelo telefone (61) 3190-5190 e pelo WhatsApp (61) 99351-5736.


Via Assessoria

Conheça o Toca Segura:

Instagram - https://www.instagram.com/tocasegura/

Facebook - https://www.facebook.com/profile.php?id=100013302462522


Reveja a matéria da TV Globo: https://globoplay.globo.com/v/8481092/


1/5

© 2019 - Conteúdo - Portal de Cultura e Arte de Brasília e do Brasil

 Editado por Josuel Junior e colaboradores       I     Web Designer: Caio Almeida

  • Instagram B&W

Para sugestão de pauta, envie release o e-mail:

falecomportalconteudo@gmail.com