top of page

"O SONHO DE UM HOMEM RIDÍCULO" FAZ ESTREIA NO ESPAÇO PARLAPATÕES - SP

Para celebrar os 20 anos da mineira Cia Lúdica dos Atores, o premiado solo "O Sonho de um Homem Ridículo" estreia na capital paulista, no Espaço Parlapatões.

Foto: Camila Campos

Dirigido por Alexandre Kavanji, o espetáculo adapta para o teatro o clássico conto homônimo do escritor russo Fiódor Dostoiévski (1821-1881). O grupo teve a preocupação de manter o texto o mais fiel possível à obra original, transportando o público para um mundo de reflexões profundas sobre vida, morte e redenção. 


Na trama, o ator Leo Horta interpreta um personagem decidido a acabar com a própria vida, pois está mergulhado em reflexões sobre suas contínuas frustrações e a falta de significado e propósito no mundo que o rodeia. O personagem adormece na poltrona diante do revólver carregado, após decidir acabar com sua própria vida. Inicia-se então um dos sonhos mais fantásticos da literatura mundial, onde Dostoiévski propõe uma reflexão sobre o sentido da vida, a existência ou não do além vida, a força da empatia e o amor como um grande valor universal, explorando a introspecção do personagem e sua jornada rumo à compreensão de si mesmo e do universo ao seu redor.

 

Para esta montagem, foi fundamental o aprofundamento do ator na busca de vestígios deste homem, o Homem Ridículo, este personagem em movimento no espaço, sua linguagem corporal, a partir da pesquisa em referências das artes plásticas, literatura, cinema, proporcionando explosões imagéticas combinadas com cenário, figurino e iluminação.

 

Nas pesquisas para a criação do espetáculo, o grupo também recorreu a duas referências extras. Uma é o texto O Louco, ou O Homem que Matou Deus, de Friedrich Nietzsche, e a outra é uma reflexão sobre o mito de Sísifo feita por Albert Camus. 


Esta montagem de "O Sonho de um Homem Ridículo" estreou em 2023, em Minas Gerais, e recebeu 14 indicações a prêmios em seis festivais pelo Brasil, com destaque para as conquistas de Melhor Ator, Melhor Espetáculo de Palco, Melhor Trilha Sonora Original e Melhor Cenário no renomado 7º FESTA - Festival Internacional de Palco e Rua de Araçuaí, consolidando-se como uma referência em excelência artística.


No dia 4 de julho, após o espetáculo, acontece um bate-papo entre o dramaturgo Luís Alberto de Abreu - conhecido pelos espetáculos Bella Ciao, Foi Bom, Meu Bem? e Cala Boca Já Morreu - e o jornalista de teatro Valmir Santos, que se debruça sobre a vida e a obra de Dostoiévski.


QUEM FAZ

Companhia Lúdica dos Atores de BH

Espetáculo: O Sonho de um Homem Ridículo, de Fiódor Dostoiévski Prólogo: O Louco, de A Gaia Ciência, de Friedrich Nietzsche Edição: Fiódor Dostoiévski. O Sonho de Um Homem Ridículo Tradução: Vadim Nikitin, São Paulo: Editora 34. Coordenação e produção geral: Argos Produções Culturais Direção, cenário e figurino: Alexandre Kavanji Ator: Leo HortaProdução executiva: Rogério Tavares Assistência de direção: Marina Galeri Iluminação: Felipe Cosse Preparação corporal: Priscila Patta Orientação dramatúrgica: Solange Dias Trilha sonora original: Léo Nascimento

Assessoria de imprensa: Canal Aberto - Márcia Marques e Daniele Valério

 

PROGRAME-SE

Data: 4 a 21 de julho de 2024

Quinta a sábado, às 20h e domingo, às 19hLocal: Espaço Parlapatões - Praça Franklin Roosevelt, 158 - Consolação, São Paulo, SPIngresso: R$40,00 (Inteira) e R$20,00 (Meia)Classificação: 12 anosDuração: 60 minutos

תגובות


bottom of page