O RETORNO DA NOVELA "AMOR DE MÃE" PROMETE EMOCIONAR

As gravações de "Amor e Mãe" terminam em algumas semanas e algus desfechos de personagens já vieram à tona. A novela só volta em 2021 e será, ao mesmo tempo, a mais curta e a mais longa da TV.

Divulgação: Globo

A coluna Notícias da TV, do Uol, publicou uma matéria que deixou os telespectadores de "Amor de Mãe" ansiosos...


Além de personagens com Covid-19 na novela das nove, tem três mortes, dois sequestros e um mocinho baleado na cabeça e que ficará entre a vida e a morte na reta final. O final da vilã Thelma (Adriana Esteves) ainda é mistério até para os atores da trama e será rodado em um esquema para lá de sigiloso nos próximos dias. Tudo indica que o aneurisma cerebral que ela descobriu no começo da saga vai levá-la à morte, quase como um "castigo" por todo o mal que terá feito.


Após ser desmascarada por Lurdes (Regina Casé), a dona do restaurante português cometerá mais um crime. A essa altura, ela terá matado também sua melhor amiga, Jane (Isabel Teixeira). Para quem não lembra, a despedida do folhetim em março foi com Thelma passando seu carro por cima de Rita (Mariana Nunes), a mãe biológica de sua nora, Camila (Jéssica Ellen).  Ao trancar a personagem carismática de Regina Casé em um cativeiro para não perder Danilo (Chay Suede), que na verdade é Domênico, o menino que o pai vendeu para a traficante de crianças no primeiro capítulo, Adriana Esteves deve voltar a dar show de atuação com a psicopatia de sua personagem.


Os capítulos inéditos, porém, são poucos: 23 ao todo, o que contabiliza quatro semanas no ar. A exibição muito provalvemente será em março, já que em fevereiro tem Carnaval (ao menos, o feriado continua valendo, não a folia). A Globo, porém, não divulga nenhuma data. A emissora confirma somente que as gravações da novela das nove devem terminar em novembro e que a trama volta ao ar em 2021. Amor de Mãe vai terminar com 125 capítulos, o folhetim mais curto dos últimos anos e, ao mesmo tempo, o mais longo. A novela ficará marcada por atravessar três anos em exibição: estreou em 25 de novembro de 2019, mas em vez de terminar em 2020, só sairá de cena em 2021. A pandemia do novo coronavírus fez a Globo paralisar todos os trabalhos de dramaturgia. Com a volta das gravações com rígidos protocolos de segurança, a equipe comanda pelo diretor José Luiz Villamarim precisou de três meses para gravar os 23 capítulos restantes. Esse número, aliás, foi reduzido. Faltavam 53 capítulos quando a Covid-19 colocou os personagens de molho.


A autora e o diretor de Amor de Mãe se imbuíram da vontade de fazer o telespectador grudar no sofá na volta da novela. São vários casos de coronavírus retratados, do mais leve ao mais grave, sem desenfrear a busca de Lurdes por Domênico e os crimes de Álvaro (Irandhir Santos).  O vilão mandará sequestrar Sandro (Humberto Carrão), o filho de seu inimigo Raul (Murilo Benício). O resultado desse rapto será a morte de Marconi (Douglas Silva). O menino que cresceu entre bandidos ainda verá sua amada Betina (Isis Valverde) ficar à beira da morte após atuar como enfermeira na linha de frente do combate ao coronavírus.  Outro que continuará enfrentando Álvaro será o ambientalista Davi (Vladmir Brichta). Ele vai ter Covid-19 e, ao se recuperar, ainda será baleado na cabeça por Belizário (Tuca Andrada). O desfecho do "policial-bandido" também é em uma cova. Ele será morto pela própria mulher, Penha (Clarisse Pinheiro), que estava com status de "patroa do crime" na última reviravolta.


A protagonista de Taís Araujo, Vitória, virará a defensora dos fracos e oprimidos e lutará até o final ao lado do marido, Raul. Alguns personagens vão sumir de cena em um estalar de dedos, como as irmãs da advogada que terão contato com a mãe, participação de Eliane Giardini, encomendada justamente para tirar Miranda (Debora Lamm) e Natália (Clarisse Kiste) de cena.


Uma série de tramas, infelizmente, tiveram que ser deixadas para lá porque o plano da Globo é voltar com tudo a partir de abril, promovendo a estreia de Um Lugar ao Sol quando a audiência deverá estar nas alturas com a nova edição do Big Brother Brasil. 


Matéria de Márcia Pereira publicada originalmente em 26 de outubro na coluna Notícias da TV, de Daniel Castro, no Uol. Leia mais em https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/novelas/final-de-amor-de-mae-vaza-sequestros-mortes-e-o-desfecho-de-thelma-44649?cpid=txt

1/5

© 2019 - Conteúdo - Portal de Cultura e Arte de Brasília e do Brasil

 Editado por Josuel Junior e colaboradores       I     Web Designer: Caio Almeida

  • Instagram B&W

Para sugestão de pauta, envie release o e-mail:

falecomportalconteudo@gmail.com