O BRASILIENSE BRUNO Z LANÇA SEU NOVO SINGLE: "ESTRADA ADENTRO"

Disponível nas plataformas digitais de música, o single aborda “autoconhecimento e cura”, homenageando em vídeo: “Os Loucos Anos 20”.

Há um ano, Bruno Z estreava sua carreira solo autoral com a canção “Continue” homenageando a campanha de prevenção ao suicídio: Setembro Amarelo. Celebrando este importante aniversário, o cantor e compositor brasiliense acaba de lançar “Estrada adentro” em todas as plataformas de música, com distribuição digital da produtora Bandas de Rock. A estreia acontece nesta quinta-feira (24/9) às 20h no canal do YouTube de Bruno Z.


Assim como os lançamentos anteriores, “Estrada adentro” foi gravada, mixada e masterizada no Montana Estúdio (Paranoá Center - Taguatinga). De acordo com o produtor Hals, a faixa tem uma sonoridade diferente das outras que irão compor o álbum ‘Baladas Artesanais com Cervejas Baratas’ de Bruno Z. “Este single traz bastantes influências de bandas inglesas dos anos 1980. Enquanto o texto do Bruno aborda o presente e o futuro, o som é uma viagem ao passado. Esta característica incomum deixa a canção ainda mais interessante como um todo”, analisa o produtor e proprietário do estúdio.

Ao falar sobre a letra da música, Bruno Z concorda com a definição do amigo, mas acrescenta que por mais que a sonoridade nos remeta a um clima agradável de “pegar a estrada”, a letra fala sobre autoconhecimento e cura. “A canção é na verdade um convite para uma viagem, mas uma viagem interior, onde devemos deixar para trás todos aqueles apegos que nos impedem de seguir em frente. Muitas vezes, mágoas do passado nos deixam com sequelas na alma, refletindo na saúde emocional e até mesmo física”, explica o artista.

O retrofuturismo e o clipe “Estrada adentro”

No clima de viagem no tempo, o produtor do clipe de “Estrada adentro”, Pedro Wolff, homenageia a década de 20, uma das mais criativas da história da cultura mundial. O vídeo é uma compilação de cenas e imagens feitas em Paris na época. “É inspirador iniciar nossa década assistindo o que se fazia de arte há 100 anos: um pilar de estéticas, consumo e costumes verificados em nossa sociedade atual. Porém, é inegável a dificuldade de recriar hoje em dia toda aquela excelência e retrofuturismo verificados naquele local e período”, afirma o jornalista. Já a expressão “Loucos Anos 20” presente no clipe, Wolff diz ter conhecido durante uma exposição no CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil), que relembrava a apresentação de Pixinguinha em Paris.

Em muitos momentos é impressionante a sincronia entre as cenas apresentadas e a música em si, tanto no ritmo quanto na letra. A impressão é de que as cenas foram feitas para a música, apesar de terem sido gravadas 100 anos antes de sua criação.

Pedro Wolff conta seu fascínio pelas maiores obras cinematográficas da época e diz ainda que a grande estrela do clipe é Paris. “A cidade deu guarida para a concepção da maioria das grandes obras de arte produzidas pela humanidade. Essa década, após a revolução industrial, moldou e definiu o que conhecemos como vida moderna”, ressalta.

PROGRAME-SE

Lançamento do clipe “Estrada adentro” (Bruno Z) Data: Quinta-feira (24/09/2020) Horário: 20h

Onde: YouTube (Bruno Z)

Se inscreva no canal e ative o lembrete: https://www.youtube.com/watch?v=k9LN-SwyTow


Single disponível nas plataformas digitais de música: Spotify: https://open.spotify.com/artist/4qz7zGySb69ardCWvtgl2m Deezer: https://www.deezer.com/us/album/173764002 Google Play: https://play.google.com/store/music/album?id=Bzkm4wtlgw3vuiyk6iq6mndt6eu&tid=song-Tnr6txjfs4dtf26l2c5doicg5iy&hl=en Amazon Music: https://music.amazon.com/albums/B08JCK361V?tab=CATALOG YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=VqD2q23UrYk


1/5

© 2019 - Conteúdo - Portal de Cultura e Arte de Brasília e do Brasil

 Editado por Josuel Junior e colaboradores       I     Web Designer: Caio Almeida

  • Instagram B&W

Para sugestão de pauta, envie release o e-mail:

falecomportalconteudo@gmail.com