NORDESTE - A POESIA DO SERTÃO MUSICAL

Espetáculo cênico-musical celebra o registro do Forró e da Literatura de Cordel como bens do Patrimônio Imaterial Cultural Brasileiro.

Concebido pelo cantor e compositor forrozeiro Nilson Freire e de direção musical do maestro Fabiano Medeiros e cênica do mestre bonequeiro Chico Simões, a obra musical teatralizada enaltece as artes do Sertão, do Cariri e do Agreste nordestino e reverencia as obras e legados de Luiz Gonzaga, Leandro Gomes de Barros e Domingos da Fonseca. Atuam na montagem o cantor forrozeiro Nilson Freire e os repentistas Chico de Assis e João Santana, acompanhados de três instrumentistas.

De curta temporada, a peça será apresentada dia 15 de dezembro, no Instituto Invenção Brasileira do Mercado Sul, em Taguatinga; no Espaço Pé Direito, da Vila Telebrasília, no dia seguinte; e se despede no dia 19 em Ceilândia, na Casa do Cantador. As três sessões, com entrada franca e todas a partir das 20h, também serão transmitidas - ao vivo - através do canal youtube.com/nilsonfreire.

Fortalecer a imagem da poética literária e musical da cultura matuta brasileira está no centro do projeto, que prevê a publicação de Livreto de Cordel sobre Luiz Gonzaga e o Forró, com autoria do mestre Donzílio Luiz com xilogravuras de Valdério Costa. Ouça a declamação do livreto, na voz de Nilson Freire, aqui.

O espetáculo Nordeste - A Poesia do Sertão Musical mescla música, interpretação, canto, declamação, narrativa e, inclusive, improviso a pedido da plateia, conduzindo o espectador em uma viagem sonora e visual pela essência da poesia popular do Sertão do Nordeste.

O fio condutor é a trilha musical, numa releitura de melodias das toadas do Repente - improvisadores, folguedos, aboiadores e coco; e das vertentes ascendentes - barroca, sefardita, magrebina, árabe, ameríndia e africana. Harmonizações e timbragens contemporâneas adornam o repertório com recursos sonoros de pedais e sintetizadores agregados a instrumentos como a sanfona.

Entremeando a encenação, Chico de Assis e João Santana atenderão a solicitações da plateia, interagindo com o público em diversas modalidades do Repente e declamarão poemas e recitarão cordéis. As composições de Nilson Freire, que integrarão o repertório, têm influências métricas e rítmicas no formato poético que alicerçam o Forró de Luiz Gonzaga e retratam a vida e o ambiente social dos sertanejos e cantadores nordestinos.


PROGRAME-SE

Nordeste - A Poesia do Sertão Musical

Dias, locais e horário:

15/12 (terça-feira), às 20h: Instituto Invenção Brasileira no Mercado Sul, em Taguatinga (St. B Sul QSB 12, Loja 5)

16/12 (quarta-feira), às 20h: Espaço Cultural Pé Direito, na Vila Telebrasília (Rua 1, Casa 23)

19/12 (sábado), às 20h: Casa do Cantador, em Ceilândia (QNN, Quadra 32, Área Especial G)

Entrada franca

Transmissões ao vivo pelo canal: www.youtube.com/nilsonfreire

Informações: nilsonfreire@nilsonfreire.com

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...