NO DF, VÍRGULAS E ANDRÉ BRANDÃO OUSAM EM NOVO TRABALHO

Mentes pulsantes, artistas atuantes e o frescor da juventude. Esses elementos dizem muito sobre Vírgulas e André Brandão, dois agitadores culturais do DF que resistem firmes enquanto produzem música de qualidade.

Foto: Pedro Carvalho

O disco “Predestinado a ser eu mesmo” é o primeiro trabalho colaborativo dos artistas e o segundo EP a ser lançado por cada um. O álbum já está disponível em todas as plataformas digitais. Agora, a ação conta com um videoclipe lançado no dia 1º de outubro. A produção foi feita de maneira independente, ou como os artistas preferem dizer, na 'rataria', bebendo da fonte do Boom-Bap e da lírica presente na arte do Distrito Federal. Cada uma das faixas trás uma reflexão que rodeou a vida dos autores por muito tempo antes de sair em formato de música.

A introdução conta com uma fala do icônico músico Mano Brown no podcast “Meu nome é Correria”, apresentado pelo rapper Thaíde. Já nos primeiros segundos da faixa, a intenção do álbum fica nítida, com perguntas do tipo “Você ama o que você faz? Se você não ama, como espera que isso te dê alguma coisa de retorno?”.


Foto: Pedro Carvalho

As músicas que vêm na sequência, buscam refletir sobre os Males do Século, como a ansiedade presente na vida de quem tem um sonho tão alto e às vezes tão distante, como o de viver de arte; Sobre sua postura em relação aos seus sonhos e objetivos, ali representados como uma relação de ambiguidade entre apoiar e acreditar. Você acredita nos seus sonhos ou só se apoia neles pra viver em uma zona de conforto? Você acredita nos objetivos de quem te cerca ou só diz apoiar por se sentir obrigado a isso?

Por fim, a faixa Palavras, que conta com um clipe, busca refletir sobre a verdade que você tem que ter consigo, sobre o olhar crítico e cuidadoso que cada pessoa deve ter sobre sí; A faixa começa com uma provocação do saudoso e irreverente Antônio Abujamra, que diz “Você seria capaz de olhar para dentro de você mesmo sem susto?”.

O álbum, que foi lançado no dia 25 de Setembro em todas as plataformas digitais , conta com produção e participação de artistas de Brazlândia, Ceilândia, Chaparral, Santa Maria, Sobradinho I, Sobradinho II, São Paulo, Pará e faz referência à uma poesia do autor Angolano Armando Ana Ndovala. "Predestinado a ser eu mesmo" é um convite para olhar para dentro de sí, para olhar para o mundo ao seu redor com outros olhos e para buscar seus sonhos e objetivos com toda a força possível, ou como diz o mestre Emicida, “Com a fúria da beleza do sol” , muita luz! Ouça o EP “ Predestinado a ser eu mesmo ” : https://onerpm.link/896693540419

André Brandão:

Instagram: @seu_brandao

Linktree: www.flow.page/seu_brandao


Vírgulas:

Instagram: @viirgulas

Linktree: https://heylink.me/Virgulas

AS MAIS LIDAS DA SEMANA... 

1/3