NESTE FIM DE SEMANA: ESPETÁCULO "EUGÊNIA"

O espetáculo "EUGÊNIA" é escrito por Miriam Halfim, dirigido por Sidnei Cruz e encenado pela atriz Gisela de Castro.

"Eugênia” conta a história do romance entre Eugênia José de Menezes e Dom João VI, regente e imperador do Brasil, Portugal e Algarves. Fruto de profunda pesquisa sobre o assunto e a época, o espetáculo conta com texto de Miriam Halfim, direção de Sidnei Cruz e a interpretação de Gisela de Castro.


A peça estreou no Teatro Maria Clara Machado, no Planetário da Gávea, seguindo em temporadas no Teatro Eva Herz, Teatro Gláucio Gill, Teatro Sérgio Porto (Vencedor do Fomento Olímpico 2016), Espaço Furnas (Vencedor do Edital Eletrobrás para a Unidade Botafogo) e Teatro Serrador. Recebeu convite do SESI para sessão exclusiva no Dia do Deficiente (31/8/2016) com intérprete de Libras e audiodescrição, e do Espaço Itaú Cultural para sessão gratuita em SP. Ganhou editais para circulação no CCBB Brasília e SP, e Espaço Furnas Cultural, em São José da Barra Funda/MG, em 2018. Participou ainda dos festivais Velho Chico, em Petrolina e Aldeia Yapoatan, no Recife (PE).

A filmagem aqui apresentada se refere ao palco em semi-arena do Teatro Maria Clara Machado, no Rio de Janeiro - RJ


A jovem Eugênia José de Menezes, filha do governador de Minas Gerais, tem um romance com Dom João VI, engravida e é expulsa da Corte, sendo exilada num convento. Se fosse hoje em dia, diríamos que ela tinha sido “apagada”, como são apagados negros, gays, trans. Apagada por ser mulher. Mas também partiríamos para as redes sociais para “cancelar” Dom João VI, o covarde que não se limitava a comer frangos. A história da amante do rei virou peça escrita por Miriam Halfim, dirigida por Sidnei Cruz e encenada pela atriz Gisela de Castro. “Eugênia” será exibida pelo streaming da Sympla neste fim de semana de não-carnaval.


O questionador e divertido monólogo tem muito a dizer. E diz. Manda um recado para a mulher contemporânea, ainda na luta por seu espaço, seu reconhecimento, para não ser apagada, mas, sim, para poder escrever sua própria história. Com tanto a dizer, a discussão vai extrapolar a sessão. E, depois do fim da apresentação, vai ter bate-papo com Gisela.


“Eugênia” foi um sucesso em diversos palcos cariocas. Foram quatro temporadas e muitas indicações a prêmios. A encenação que será exibida foi filmada durante a primeira temporada, no Planetário da Gávea, em 2016. Uma ótima oportunidade para conhecer essa mulher de dois séculos, que ainda precisa ser ouvida.


PROGRAME-SE

Dia 13 de fevereiro – Sábado, às 20h

Ingresso: R$ 15

https://www.sympla.com.br/eugenia-no-carnaval__1124520

Dia 14 – Domingo, às 20h

Ingresso: R$ 15

https://www.sympla.com.br/eugenia-no-carnaval-copia__1125814

Duração: 55 min

Classificação: 12 anos

Gênero: Comédia

Após as apresentações do espetáculo, haverá bate-papo com o Gisela de Castro


QUEM FAZ

Texto MIRIAM HALFIM

Direção Artística SIDNEI Cruz

Interpretação: Gisela de Castro

Cenografia - JOSÉ DIAS

Iluminação: AURÉLIO DE SIMONI

Figurinos, Acessórios e Design de aparência SAMUEL ABRANTES

Direção Musical, Composição e Execução da trilha sonora BETO LEMOS

Preparação corporal MORENA CATTONI

Preparação vocal VERÔNICA MACHADO

Programação visual e fotos THIAGO SACRAMENTO

Montagem e operação de Luz RODRIGO BISPO

Operação de Som e Contrarregra LENNON JAGUAR

Assessoria de Imprensa SHEILA GOMES

Assistente de produção GEORGE LUIS PRATA

Direção de Produção MARIA ALICE SILVÉRIO

Filmagem e edição ELIAS HATAH

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...