top of page

NENA INOUE VOLTA AOS PALCOS COM A PEÇA "SOBREVIVENTE" - PR

Nena Inoue volta aos palcos curitibanos com temporada gratuita do espetáculo SOBREVIVENTE, sucesso de público e crítica no Festival de Curitiba

Foto: Maringas Maciel

Após estrear com teatro cheio e ingressos esgotados na edição do Festival de Curitiba deste ano, seguida de temporada no Sesc Pinheiros, em São Paulo, a atriz Nena Inoue retorna aos palcos curitibanos com SOBREVIVENTE, seu mais recente trabalho, no Teatro José Maria Santos, entre os dias 07 e 25 de junho, com apresentações de quarta a domingo. Neste trabalho que fala de ancestralidades, Nena Inoue divide o palco com seu filho, o ator Pedro Inoue, sob direção do amazonense Henrique Fontes, que também assina a dramaturgia. A entrada é gratuita e os ingressos são distribuídos com uma hora de antecedência no local.

Nena Inoue reconstrói, por meio do teatro documental, utilizando fotos e documentos, o caminho de sua historiografia. Isso porque, em meados de 2022, a atriz descobriu indícios de uma possível origem indígena além da já conhecida descendência japonesa. Não à toa, seu filho Pedro Inoue, também em cena, contribui para que o processo de investigação sobre as origens de Nena e os apagamentos que marcaram a vida dela e das mulheres da família sejam revelados, revisitados e ressignificados.

Ao reconstruir e narrar a busca pelas suas próprias origens, Nena faz um convite ao público para que façam esse mesmo exercício. Uma análise feita pelo portal Ingresse na Arte durante a temporada do espetáculo em São Paulo, traduz bem a reflexão que a atriz busca com a obra documental: “Você tem fotos de seus bisavós? Conhece a história dos seus antepassados e carrega seus nomes? Se a sua linhagem familiar é europeia, pode ser que sim. Mas se for africana ou indígena? A resposta tende a ser não, uma vez que a história desses povos tem sofrido um apagamento recorrente desde o século 16.”

A obra é a segunda de uma trilogia idealizada por Nena Inoue com enfoque nas histórias verídicas de mulheres, iniciada em 2018 com o espetáculo “Para Não Morrer”, que lhe rendeu o Prêmio Shell de Melhor Atriz 2019, no Rio de Janeiro, e que já foi assistida por mais de 40 mil pessoas. O projeto foi realizado com recursos do programa de apoio e incentivo à cultura da Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba e tem como incentivadores a Bosch e o Consórcio Servopa.

Sobre Nena Inoue Nena Inoue é atriz, diretora e produtora há 40 anos. Trabalhou em mais de 80 espetáculos, dentre eles “O Vampiro e a Polaquinha”, “Murro em Ponta de Faca”, "Mistérios de Curitiba", e nos projetos “Outras Leituras”, “Leituras da Ditadura”, "Curitiba Urge" e realizou 4 edições do “Curitiba Mostra”, projeto de caráter multiárea (teatro, literatura, música, performance), apresentando trabalhos de jovens artistas da cidade de Curitiba.

Criou o Espaço Cênico em 1997, existente até hoje. De 2006 a 2009, foi Diretora Artística no Teatro Guaíra. Em 2017, estreou seu primeiro solo, “Para Não Morrer", com sua direção e dramaturgia de Francisco Mallmann a partir da obra "Mulheres", de Eduardo Galeano e por esta atuação recebeu o Troféu Gralha Azul 2017 e Prêmio Shell/2019 de Melhor Atriz.

PROGRAME-SE "SOBREVIVENTE", com Nena Inoue 07 a 25 de junho - quarta a sábado, às 20h; domingo, às 19h Teatro José Maria Santos (R. Treze de Maio, 655 - São Francisco) Entrada gratuita com distribuição de ingressos uma hora antes no próprio teatro Duração: 70 minutos. Classificação: 12 anos Teatro documental Mais informações: www.instagram.com/nenainoue

QUEM FAZ Idealização e Projeto: Nena Inoue Dramaturgia e Direção: Henrique Fontes Atuação: Nena Inoue e Pedro Inoue Direção de Texto: Babaya Músicas: Lilian Nakahodo Cenografia/Figurino/Adereços: Carila Matzenbacher Iluminação: Marina Arthuzzi Operação Luz: Vitinho Amaral Cenotécnico: Nietzsche Relato Voz Off: Dráusio Galante, João Paulo de Souza Relato Vídeo: Dulce Cândida de Souza Costureira: Sandra Francisca Canonico Fotografia: Maringas Maciel, Humberto Araujo Vídeos e Registros: Trópico Audiovisual / Igor Marotti Designer Gráfico: Martin Castro Assessoria de Imprensa e Redes Sociais: Platea Comunicação e Arte Direção de Produção: Marcos Trindade Coordenação Geral: Nena Inoue Captação de Recursos: Meire Abe Realização: Teatroca e Espaço Cênico Apoio Cultural: Teatro Guaíra, Padaria América, Baba Salim, O.I.D.E, Quermesse, Novo Café do Teatro Incentivo: Bosch e Consórcio Servopa. “Projeto realizado com recursos do Programa de Apoio de Incentivo à Cultura - Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba”.

Comments


bottom of page