MUSICAL "TATUAGEM"É A MAIS NOVA OBRA DA CIA DA REVISTA/ SP

Com direção de Kleber Montanheiro, espetáculo tem canções da banda As Baías na trilha sonora e transforma as instalações de todo o espaço do grupo.

Foto: Rodrigo Chueri

A Cia. da Revista comemora seus 25 anos de trajetória com a estreia do musical Tatuagem, uma adaptação dirigida por Kleber Montanheiro para o longa-metragem que rendeu o Kikito de melhor filme ao cineasta recifense Hilton Lacerda no Festival de Cinema de Gramado, em 2013.


O elenco conta com a participação de André Torquato, Bia Sabiá, Cleomácio Inácio, GuRezê, Júlia Sanchez, Lua Negrão, Lucas Truta, Mateus Vicente, Natália Quadros, Romário Oliveira e Zé Gui Bueno. Já a direção musical e os arranjos são assinados por Marco França.


A trama acompanha a trupe teatral recifense Chão de Estrelas, que é liderada pelo extravagante Clécio Wanderley. Em uma noite, em 1978, os artistas recebem a visita do jovem Fininha, que é cunhado de Paulete, a estrela do grupo. Encantado com aquele universo marginal, o militar logo é seduzido pelo charmoso líder da companhia.


Os dois iniciam um tórrido relacionamento, que vai colocar Fininha diante de um grande problema: como viver esse amor e continuar trabalhando no repressivo ambiente militar em plena ditadura?


Algo curioso é que o Chão de Estrelas é inspirado no Teatro Vivencial, uma trupe pernambucana que fez sua arte nos anos de 1970 e 1980 e ficou conhecida por sua militância poética e como ícone da contracultura. E, de acordo com o diretor Kleber Montanheiro, o próprio trabalho feito pela Cia. da Revista tem muitas semelhanças com o do grupo retratado pelo filme.


Para transpor toda essa atmosfera criada pelo Chão de Estrelas no filme, a Cia. da Revista modificou até a estrutura de seu espaço. A plateia, por exemplo, será acomodada em cadeiras e mesas de dois lugares e até o hall de entrada e a fachada do espaço foram repensados para lembrar a sede do grupo fictício.


Tatuagem é o segundo espetáculo da trilogia de peças “Conexão São Paulo-Pernambuco”, que teve início em 2021, com a estreia de Nossos Ossos, a partir do romance do escritor Marcelino Freire.


QUEM FAZ

Do filme de Hilton Lacerda

Adaptação, direção, cenários e figurinos: Kleber Montanheiro

Direção musical e arranjos: Marco França

Músicas: As Baías - Raquel Virgínia, Rafael Acerbi e Assucena

Música composta - Tatuagem: Assucena

Iluminação: Gabriele Souza

Visagismo: Louise Heléne

Preparação Côco de Roda: Val Ribeiro

Assistente de direção: João Victor Silva

Co-figurinista e direção de ateliê: Marcos Valadão

Costureira: Nonata Diniz

Aderecistas: Gustavo Zanela e Rebeca Oliveira

Cenotecnia: Evas Carretero

Elenco: André Torquato, Bia Sabiá, Cleomácio Inácio, GuRezê, Júlia Sanchez, Lua Negrão, Lucas Truta, Mateus Vicente, Natália Quadros, Romário Oliveira e Zé Gui Bueno

Músico ensaiador: Gabriel Hernandes

Projeto Feito Tatuagem: Louise Heléne e Sérgio Santoian Fotos Feito Tatuagem: Sérgio Santoian

Fotos do elenco: Rodrigo Chueri

Direção de produção: Jota Rafaelli e Luciana Venâncio

Produção: Movicena Produções

Realização: Cia. da Revista

Este projeto foi contemplado pela 11ª Edição do Prêmio Zé Renato de Teatro para a Cidade de São Paulo - Secretaria Municipal de Cultura.


PROGRAME-SE

Tatuagem, com a Cia. da Revista

14 de abril a 5 de junho De quinta a sábado, às 21h, e aos domingos, às 19h

Espaço Cia da Revista - Alameda Nothmann, 1135, Campos Elíseos*

Classificação: 16 anos Duração: 135 minutos com intervalo

Ingressos: às quintas-feiras - R$80 (inteira), R$40 (meia-entrada) e R$200 (mesa, com direito a dois lugares) | às sextas – grátis, distribuídos na bilheteria por ordem de chegada | aos sábados e aos domingos – R$20 (inteira), R$10 (meia-entrada) e R$40 (mesa, com direito a dois lugares)


Vendas antecipadas pelo Sympla.


*É obrigatório apresentar a carteira de vacinação para entrar no teatro. Servem como comprovante de vacinação o certificado de vacinas digital disponível na plataforma do Sistema Único de Saúde - Conecte SUS, ou Poupatempo Digital, e comprovante ou cartão de vacinação emitido pelos órgãos de saúde.

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...