top of page

MUSICAL DE AUTORIA DE OSWALDO MONTENEGRO REESTREIA EM BRASÍLIA 25 ANOS DEPOIS

29 atrizes e atores, cantam, dançam e encenam esquetes que retratam diversas situações da vida no espetáculo "Noturno"

Foto: Vitor Dbest

Com elenco renovado de Menestréis, Noturno ganha nova montagem sob direção de Deto Montenegro, irmão do autor, e codireção de dois importantes nomes do teatro candango, Abaetê Queiroz e Juliana Drummond. Ambos, Abaetê e Juliana, integraram o elenco do espetáculo em sua primeira versão por aqui, 25 anos atrás. A direção de produção é de Claudia Charmillot.

A obra, de 1991, é uma das mais antigas do repertório da Oficina dos Menestréis, inaugurada por Oswaldo e hoje dirigida de Deto. “É na noite que as pessoas menos competem entre si, menos se chocam com o ridículo, no entanto, é quando mais se encontram e trocam segredos. É o horário do amor e dos mistérios”, descreve Oswaldo Montenegro.

Esta nova montagem de Noturno, que será apresentada em curta temporada no Teatro Levino de Alcântara da Escola de Música, dias 27, 28 e 29 de outubro, é fruto de uma oficina de montagem de espetáculo, realizada em parceria entre a Oficina dos Menestréis (SP), ministrada por Deto, e a Oficina Circo íntimo (DF), por Abaetê e Juliana.

O musical vem sendo erguido no Espaço Cultural Mapati desde março deste ano. Estão no elenco alunos que participaram da primeira montagem, 25 anos atrás, e novos, compondo um encontro de gerações com um grupo bem diverso de artistas.

As oficinas, de metodologia criada por Oswaldo e aplicada há 30 anos, tem como alicerce despertar nos alunos o valor da atuação em grupo, o verdadeiro sentido de colaboração e consiste em estimular a arte que existe em cada um. Para Deto, “a arte pode muito mais do que se imagina, quando trabalhada com leveza e de uma forma intuitiva e colaborativa”.

O resultado se imprime em um corpo de elenco conciso agregando musicalidade, ritmo, expressão corporal e dicção em sintonia. Aspectos essenciais para o este espetáculo musical de ritmo cênico mágico, conduzido por uma trilha sonora extraordinária e de partitura coreográfica que exige dos menestréis uma sinergia precisa.

A expressão Menestréis vem da Idade Média e era usado para se referir a artistas da corte, cantores de poemas e responsáveis por levar alegria por onde passassem. O termo agênero, utilizado por Oswaldo Montenegro para se referir às suas atrizes e atores, acabou sendo adotado como nome da oficina.

PROGRAME-SE

Noturno

Local: Teatro Levino de Alcântara da Escola de Música de Brasília

Endereço: SGAS 602

Temporada: dias 27, 28 e 29 de outubro

Sessões: sexta-feira, às 21h, sábado, às 20, e domingo, às 19h

Ingressos: R$ 40 (meia entrada, plateia), e R$ 25 (meia entrada, plateia popular)

Bilheteria digital: https://bileto.sympla.com.br/event/86721/d/215476. Também à venda na Beline Pani & Gastronomia (113 Sul)

Capacidade: 600 lugares

Classificação indicativa: não recomendado para menores de 12 anos

Informações: (61) 9983-9177 (WhatsApp)

Kommentare


bottom of page