MOSTRA INTERNACIONAL DE TEATRO DE SP ABRE CONVOCATÓRIA PARA 2022

A 8ª edição da MITsp, um dos principais eventos de artes cênicas do país, será realizada de 2 a 12 de junho deste ano; as inscrições para a MITbr - Plataforma Brasil estarão abertas entre 10 e 20 de março.

Altamira2042_Foto_Nereu Jr

A MITbr – Plataforma Brasil, um projeto que visa a internacionalização das artes cênicas brasileiras, abre seu período de inscrições para a composição da programação da mostra deste ano. Entre 10 e 20 de março de 2022, no site www.mitsp.org, os artistas e companhias nacionais poderão cadastrar seus trabalhos não inéditos. Os espetáculos selecionados para a MITbr serão divulgados juntos com a programação da MITsp, em 2 de maio de 2022.

O objetivo da MITbr – Plataforma Brasil é dar visibilidade, difundir, circular e trazer reconhecimento para o cenário artístico nacional. A ideia é reunir um conjunto de produções recentes em apresentações abertas ao público com a presença de programadores de festivais nacionais e internacionais.

Criada em 2018 como um dos eixos da MITsp, a MITbr quer, como essência, compartilhar a diversidade de linguagens, temas, materiais dramatúrgicos e propostas estéticas com as quais os criadores brasileiros vêm trabalhando e que expressam um modo de ser da cena brasileira contemporânea e suas possíveis relações com questões e experiências propostas em âmbito internacional. Desta forma, o propósito da MITbr – Plataforma Brasil é diferenciar, historicizar e contextualizar os espetáculos selecionados para essa interlocução, levando-os a diálogos que sejam, de fato, fricativos, mobilizadores, heterotópicos.

Para a edição 2022, serão selecionados até sete espetáculos nacionais. A escolha é realizada por uma curadoria independente, formada por especialistas em artes cênicas, compreendendo teatro, dança e performance. Os trabalhos pré-selecionados pela curadoria são submetidos à avaliação de viabilidade técnica, jurídica e econômica e análise de adequação aos espaços disponibilizados para as apresentações.

Curadoria

Os trabalhos inscritos serão analisados e selecionados por curadores convidades, profissionais especialistas em artes cênicas. A seleção dos trabalhos será orientada pelo compromisso com a investigação cênica, a radicalidade nos posicionamentos e propostas, o engajamento em perguntas sintonizadas com nosso tempo e as experiências não territorializadas, que se reconheçam como uma cena em campo expandido.


Vaga Carne, violento., Janaína Leite, De Carne e Concreto, Cancioneiro Terminal, Caranguejo Overdrive, Lobo, Boca de Ferro, Vestígios, Isto é um Negro? e Altamira 2042 são trabalhos e artistas que estiveram em edições passadas da MITbr - Plataforma Brasil e circularam por festivais internacionais.

A MITsp e a internacionalização das artes cênicas

Espetáculo Caranguejo Overdrive - Foto de Elisa Mendes

Os idealizadores da MITsp, Antonio Araújo (Teatro da Vertigem) e Guilherme Marques (Ecum - Encontro Mundial das Artes Cênicas), diretor artístico e diretor geral de produção, respectivamente, reafirmam a MITbr como uma das políticas da MITsp: a de fomentar e promover grupos e artistas nacionais com espetáculos oriundos de pesquisa experimental e investigação da linguagem cênica.


“A MITsp, dentro de sua programação, há alguns anos vem se debruçando sobre o debate de internacionalização. Além da programação de espetáculos nacionais, temos realizado ações pedagógicas voltadas para a capacitação de gestores e produtores culturais, além de cursos e seminários”, afirma Guilherme Marques.


“Agora, com a permissão da volta aos teatros, a ideia de estar nos palcos e plateias presencialmente contribui com a política da MITsp da internacionalização, não apenas voltada à circulação de artistas brasileiros, mas com o desenvolvimento e a sustentabilidade das linguagens artísticas”, enfatiza Antonio Araújo.


Parcerias com festivais: resultados práticos

A MITsp, por meio da MITbr - Plataforma Brasil, vem conversando e fechando acordos com eventos de artes cênicas. São parceiros os festivais de Edimburgo; o Proximamente da KVS, em Bruxelas, o Lift, em Londres e o Festival de Santarcangelo, na cidade italiana de mesmo nome.


As ações que visam a internacionalização já apontam resultados concretos: artistas e grupos brasileiros conseguiram se inserir no trânsito de colaborações e apresentações. Altamira 2042, de Gabriela Carneiro da Cunha, está em turnê por festivais de países como França, Portugal, Suíça e Uruguai até o início de 2022. Lobo, de Carolina Bianchi, foi convidado a se apresentar no Skirball, em Nova York, em 2020. A atriz e diretora Janaína Leite, que se apresentou na edição de 2020, dará um workshop no Festival Proximamente, na Bélgica. O Grupo Mexa levou Cancioneiro Terminal para o Festival Traansform, em Leeds, na Inglaterra; e devem iniciar um processo à distância com artistas da cidade inglesa para a próxima edição.


Outros espetáculos como violento., solo encenado por Preto Amparo, com concepção de Preto Amparo, Alexandre de Sena, Grazi Medrado e Pablo Bernardo; Caranguejo Overdrive, da Aquela Cia de Teatro; Isto é um Negro?, do grupo E Quem É Gosta?; Vaga Carne, de Grace Passô; De Carne e Concreto, da Anti Status Quo Companhia de Dança estiveram em festivais como o Festival Mladi Levi, na Eslovênia, o Proximamente e o FITEI - Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica, no Porto, Portugal.


Em dança, a bailarina e coreógrafa Marta Soares, com Vestígios, teve ingressos esgotados na sua performance em 2019 no Festival Proximamente. Boca de Ferro, das coreógrafas Marcela Levi e Lucía Russo, foi assistido aqui e em outros festivais por programadores internacionais e, este ano, a dupla estreou grrRoUNd no Festival de Artes Kunsten, na Bélgica. O trabalho, uma coprodução com outros festivais, ainda é inédito no Brasil.

PROGRAME-SE

8ª edição da MITsp - de 2 a 12 de junho de 2022

Convocatória para a MITbr – Plataforma Brasil

Inscrição: De 10 a 20 de março de 2022 por meio de formulário disponível no site www.mitsp.org

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...