MOSTRA ELAS EM AÇÃO

Evento é resultado de ciclo de oficinas online. A partir de abril, todo o conteúdo será disponibilizado no Youtube e com acessibilidade para pessoas surdas.


Na próxima sexta-feira, 23 de abril, será realizada a 1ª Mostra Elas em Ação, com exibição de produções audiovisuais de baixo custo para a internet, produzidas por agentes da economia criativa de todo o Brasil. A mostra é resultado do Ciclo de Oficinas Elas em Ação, que entre os meses de março e abril capacitou mais de 300 pessoas em diversas áreas do audiovisual e marketing de conteúdo. A transmissão inicia às 20h, ao vivo no Youtube.


Elas em Ação é uma iniciativa da produtora brasiliense Cinese Audiovisual, com financiamento do Fundo de Apoio à Cultura do DF. Para se chegar à mostra, foram realizados sete painéis instrutivos gravados e sete videoconferências ao vivo para 353 pessoas inscritas, sendo 318 mulheres, 40 homens e 5 não-binárias. Todo o ciclo foi facilitado por mulheres pesquisadoras, professoras e realizadoras da cena audiovisual do DF, Rio e São Paulo.


Na 1ª Mostra Elas em Ação, o público assistirá o resultado da capacitação do ciclo, através de vídeos inspiradores de até 2 minutos. São produções do DF e de vários estados, que apresentam um panorama do que os agentes da economia criativa têm feito para manterem seus trabalhos ativos durante a pandemia e o isolamento social. Uma diversidade de participantes e narrativas, que vão desde mulheres empreendedoras e pessoas autônomas a artistas e estudantes que se preparam para escolher uma carreira.


“Pra mim, o audiovisual tem essa missão bonita de possibilitar a partilha de conhecimento, ideias e formas de vida de maneira simples e artística”, afirma Dani’Maya, musicista maranhense de 26 anos, que buscou o curso para aprimorar uma peça audiovisual que já tinha iniciado. Já para Pedro Avellar, 19 anos, o ciclo contribuiu para o início da sua formação acadêmica: “passei pra Radialismo na UFPB, mas estou estudando para o vestibular de Comunicação Social da UnB. No Elas em Ação, já pude colocar em prática o que pretendo estudar”.



Acessibilidade para deficientes auditivos

“O audiovisual e todas as artes são vitais nesse tempo de pandemia e isolamento, pois vivemos momentos de muita tristeza e perdas, em vários sentidos. Estar conectado com as artes é estar conectado com a vida, com o ser humano criando. As novas tecnologias permitem que isso chegue pra nós com mais facilidade”, relata Maíra Carvalho, umas das sete facilitadoras do projeto, responsável pela oficina de Direção de Arte.


Visando acessibilizar e democratizar ainda mais esses conhecimentos, a partir do dia 23 de abril, todo o conteúdo do projeto Elas em Ação também estará disponibilizado com legenda closed claption em língua portuguesa, no Youtube e no site Cinese. A ideia é instrumentalizar pessoas com deficiência auditiva, para que elas também realizem seus próprios vídeos e contem suas narrativas através da arte e das técnicas audiovisuais.


O ciclo com acessibilidade ficará aberto durante 1 ano e com os mesmos conteúdos: direção, roteiro, fotografia, direção de arte, captação de som, edição e marketing de conteúdo. Não é necessário realizar inscrição. Para receber o certificado, as pessoas com deficiência auditiva também precisarão produzir um vídeo de até 2 minutos, a ser enviado para a pedagógica até o dia 23 de abril de 2022 - 1 ano após a publicação.


Cinese Audiovisual

Produtora independente, fundada em Brasília pelos jovens cineastas Alice Lira e Leonardo Monteiro. Desde 2010, oferece serviços em todas as etapas de produção audiovisual, além de facilitar cursos e consultorias para diversos públicos em todo Brasil, principalmente no Distrito Federal e nos estados de Goiás, Piauí, Bahia e Maranhão.


PROGRAME-SE


1ª Mostra Elas em Ação – live ao vivo

Quando: sexta-feira, 23 de abril, às 20h

ONDE: no canal da Cinese – www.youtube.com/cineseaudiovisual


Ciclo de Oficinas Elas em Ação com acessibilidade para pessoas surdas

QUANDO: de 23 de abril de 2021 a 23 de abril de 2022

ONDE: www.cineseaudiovisual.com.br/