MOSTRA DE TEATRO DO ESPAÇO SEMENTE/DF

Na primeira quinzena de novembro, o Espaço Semente tem um presentão de fim de ano para quem curte arte e cultura.

Fotos de Luiz Alves

Trata-se de uma mostra teatral com 7 (sete) espetáculos belíssimos e com entrada gratuita. Todas as peças são montadas e encenadas pela trupe do Semente Cia de Teatro, premiada companhia teatral do Gama e uma das mais longevas do DF.


As peças atendem aos mais diversificados públicos, do adulto ao infantil e vão de um monólogo profundo sobre os dramas psicológicos do poeta francês AntoninArtaud até uma peça infantil em que, em uma biblioteca, os livros debatem o papel que ainda desempenham na sociedade contemporânea.


A Mostra, obedecendoàs diretrizes da Secretaria de Saúde, terá redução no número de assentos disponíveis ao público (lotação máxima de 50%), álcool em gel para a plateia, na entrada, e distribuição de máscaras descartáveis para quem não trouxer de casa.


Os 7 espetáculos apresentados serão: Miguilim Inacabado (adaptação de Guimarães Rosa), o monólogo Ator (baseado na vida do poeta e dramaturgo francês AntoninArtaud), Macunaíma (adaptação do romance homônimo de Mário de Andrade), Infinito Vazio (dramaturgia própria), Morte e Vida Severina (adaptação de obra homônima de João Cabral de Melo Neto) e duas peças infantis, Conta Outra Clarisse e Baú de Histórias.

Fique atento à faixa etária de cada espetáculo.


PROGRAMAÇÃO DOS ESPETÁCULOS


MIGUILIM INACABADO - Dia: 03 E 04 de novembro 2021 – 20h

A infância é um estágio da vida, a criança, não, a criança é um estado da alma. O espetáculo Miguilim Inacabado é um convite à reflexão sobre nossas origens, sobre a infância sagrada que alimenta nossos sonhos durante toda a vida e não deixa que nossa criança interior pereça frente às “coisas ruins” que acontecem no mundo. Além, claro, de ser um convite à leitura da obra deste grande brasileiro que está entre os autores da Literatura Universal, João Guimarães Rosa.


Ficha Técnica

Direção - Valdeci Moreira e Ricardo César

Dramaturgia -Valdeci Moreira e Sara Tavares

Elenco - Leo Thilé, Jura Camilo, Jussy Nascimento, Sara Tavares, João Camargo, Crys Lira, Daniel Landim, Murillo Medeiros e Matheus Trindade.

Cenário e figurino - Ricardo César

Assistente de cenografia - Jussy Nascimento

Operação de Luz - Jullya Graciela e Matheus Trindade

Produção executiva– Marli Trindade

Assistente de produção – Bruna Nayara

Fotografo – Luiz Alves

Designer – Fernando Santos

Assessor de impressa – Lelê Teles

Classificação Indicativa - 16 anos.

Contato - 61 984152782


ATOR - Dias05 E 06 de novembro 2021 – 20hs

A loucura pode ser a cura. Desde que a psiquiatra Nise da Silveira mostrou ao país obras geniais de pessoas internadas em sanatórios, passamos a enxergar a loucura com outros olhos. É com esse olhar que a Semente Cia de Teatro apresenta o Ator, um convite à catarse coletiva, um psicodrama escrito em forma de monólogo com texto de tirar o fôlego. Ator é um exercício cênico que tem como alicerce relatos da vida do dramaturgo, ator, diretor e poeta AntoninArtaud, um gênio do século XX marcado pela loucura e pela marginalidade. Neste exercício-espetáculo, a arena se torna uma bandeja, na qual um único Ator será servido ao público como um pedaço de carne.


Venha devorar Artaud e se lambuzar com questionamentos sobre vida e crueldade para, então, poder regurgitar arte.


Ficha Técnica

Direção – Valdeci Moreira e Ricardo César

Dramaturgia: Ivan de Albuquerque e Rubens Corrêa

Elenco - Daniel Landim

Cenário e figurino– Ricardo César e Valdeci Moreira

Operação de Luz -Jullya Graciela e Matheus Trindade

Produção executiva– Marli Trindade

Assistente de produção – Bruna Nayara

Designer – Fernando Santos

Assessor de impressa – Lelê Teles

Classificação Indicativa - 16 anos.

Contato - 61 984152782


INFINITO VAZIO - Dias– 07 E 08 de novembro 2021 – 20hs

Meio cheio ou meio vazio é uma questão de ponto de vista, de que forma você enxerga o seu mundo particular? Tem uma imagem que não me sai da cabeça. Vi uma mulher sentada em uma parada de ônibus esperando alguém ou algo que a tirasse desse estático momento. A imagem me remeteu a um infinito vazio e ao mesmo tempo a um momento cheio de inspiração. Assim nasceu a vontade da Semente Cia de Teatro de falar sobre o vazio e o cheio da vida. Mas para a vida estar cheia, outrora esteve vazia e hoje quando a vida está plena, novamente, nos encarregamos de esvaziá-la. Que infinito é esse? Que vazio é esse? Que vida é essa?


Ficha técnica

Direção - Valdeci Moreira e Ricardo César

Dramaturgia -Valdeci Moreira e Ricardo César

Elenco - Bruna Nayara, Carlos William, Crys Lyra, Emylle Lacerda, Jéssica Ximenes, Jullya Graciela, Jussy Nascimento, Luiz Lukas, Stefani Priscila

Cenário e figurino– Ricardo César

Operação de Luz - Valdeci Moreira e Matheus Trindade

Produção executiva - Marli Trindade

Assistente de produção – Bruna Nayara

Fotografo – Luiz Alves

Designer – Fernando Santos

Assessor de imprensa – Lelê Teles

Classificação Indicativa - 14 anos.

Contato – 61 984152782


BAÚ DE HISTÓRIA - Dias – 09/11/2021 – ás 14:00h e 10/11/2021- às 10:00h.

Saudade não é sentir a ausência de alguém, é sentir a presença de alguém que está ausente.

Ah, a saudade! Uma palavra tão nossa e tão cheia de significados. Ela pode ser expressa em um sentimento de melancolia, de dor ou mesmo de alegria. As músicas, os livros, os filmes e as peças teatrais estão cheias dessas ausências sempre presentes.


Os contadores de história têm sempre uma narrativa dessas na ponta da língua, porque é um tipo de sensação que mexe com nossas emoções, ativa lembranças, nos faz viajar sem sair do lugar.

E é para esse tipo de viagem que uma dupla de foliões, carregando consigo um baú cheio de histórias, nos conta o conto a “Margarida e o sabiá encantado”. Um convite a todos para viverem um momento mágico cheio de emoções e de belas canções que vão se entrecortando numa narrativa envolvente e apaixonante.


Ficha Técnica

Direção - Valdeci Moreira e Ricardo César

Dramaturgia – Jussy Nascimento

Elenco - Crys Lira e Jussy Nascimento

Cenografia - Valdeci Moreira e Jussy Nascimento

Figurino -Jussy Nascimento

Operação de Luz - Jullya Graciela

Produção executiva - Marli Trindade

Assistente de produção – Bruna Nayara

Fotografo – Luiz Alves

Designer – Fernando Santos

Assessor de imprensa – Lelê Teles

Classificação indicativa – Livre

Contato- 61 984152782


MORTE E VIDA SEVERINA - Dias11 E 12 de novembro 2021 – 20hs

“Um galo sozinho não tece a manhã”.

O poeta pernambucano, João Cabral de Melo Neto, publicou em 1954 o auto de natal intitulado Morte e Vida Severina, que narra a triste trajetória de Severino, um retirante que, saindo do sertão, procura uma vida melhor na cidade grande, na bela cidade do Recife.


Porém, durante a sua longa caminhada, o retirante não encontra um único fio de esperança pelo caminho, ele só depara com a miséria, a injustiça e a violência dos poderosos. A morte ronda por toda a parte. Embora há vastas terras por todos os lados, este homem sem terras e sem lar terá no túmulo, única morada dos infelizes, a sua porção de terra, subterrânea e silenciosa.


Ficha Técnica

Direção - Valdeci Moreira e Ricardo César

Texto - João Cabral de Melo Neto

Adaptação – Valdeci Moreira

Elenco -Jura Camilo, Jullya Graciela, Jussy Nascimento, Luiz Lukas Copaseut, Sara Tavares, Stefani Priscila, Carlos William.

Cenografia e figurino - Ricardo César

Operador de Luz - Valdeci Moreira e Matheus Trindade

Produtora executiva – Marli Trindade

Assistente de produção – Bruna Nayara

Fotografo – Luiz Alves

Designer – Fernando Santos

Assessor de imprensa – Lelê Teles

Classificação – 12 anos

Contato – 61 984152782


CONTA OUTRA CLARICE - Dias – 13E 14 de novembro 2021- às 15:00h.

Preso a uma biblioteca, eu me livro. O livro é a janela aberta para o mundo que liberta a alma e a imaginação. Nos livros, acostumamos a ler histórias de personagens, agora você verá uma história em que os personagens são os próprios livros.


Revolta dos Livros trata basicamente do cotidiano de uma biblioteca pública. A Bibliotecária Clarice, também contadora de histórias, cansada de falar dos mesmos assuntos, decide mudar os temas clássicos de fábulas infantis e explora uma nova história, uma história “de livro”. A história é vivida pela memória dos livros de histórias Infantis e aventuras. Infantil e Aventuras são dois livros antigos e amargurados que percebem que há muito tempo não foram mais emprestados, nem mesmo folheados. Aventuras, o mais empolgado dos livros, convence Infantila convocar uma reunião com todos os livros para que se entenda o que aconteceu com os leitores da biblioteca, e, chegam à conclusão que os computadores passam a ser as maiores atrações daquele lugar. Sendo assim, os dois livros decidem entender melhor o mundo dos computadores, para que possam sabotá-los e trazer de volta a atenção de todos às estantes empoeiradas de livros.


Ficha técnica

Direção - Valdeci Moreira e Ricardo César

Elenco - Jullya Graciela, Stefani Priscila, Matheus Trindade e Daniel Landim

Cenário e figurino – Jussy Nascimento e Ricardo César

Operação de Luz – Valdeci Moreira

Produção executiva - Marli Trindade

Assistente de produção – Bruna Nayara

Fotografo – Luiz Alves

Designer – Fernando Santos

Assessor de imprensa – Lelê Teles

Classificação indicativa - livre

Contato – 61 984152782


MACUNAÍMA - Dias– 15 E 16 de novembro 2021 – 20hs

Baseado na obra homônima de Mario de Andrade, Macunaíma é um espetáculo musical cheio de cores, movimento e brasilidade. Ao narrar a trajetória do herói sem caráter, o índio filho do medo da noite, o espetáculo coloca em discussão nossa identidade política e cultural, conduzindo o espectador a uma viagem por meio do realismo fantástico e das diversos faces do Brasil e de seu povo. Apresentado por Mário na forma de rapsódia e representada na forma de teatro, Macunaíma se revela como uma fonte de reflexão e de crítica a respeito da identidade política do brasileiro e de sua falta de engajamento na luta por seus direitos e por sua liberdade. A diversidade cultural, o ritmo eletrizante e a atmosfera carnavalesca servem de plano de fundo para se pensar os atuais dias, tempos de velada censura, repressão e apagamento de nossas origens.

Macunaíma herói brasileiro...

É índio, é branco, é negro, piá...

É guerreiro.

Viva MACUNAÍMA.


Ficha Técnica

Direção - Valdeci Moreira e Ricardo César

Dramaturgia - Valdeci Moreira e Ricardo César

Atores - Carlos William, Conceição Macedo, Crys Lira, Daniel Landim, Eduardo Gonçalves Brito, Jullya Graciela, Jura Camilo, Leandra Lendro, Luiz Lukas Matheus Trindade, Ricardo César, Stefani Priscila,

Cenário e figurino - Ricardo César

Assistente de cenografia - Jussy Nascimento

Produção executiva - Marli Trindade

Assistente de produção – Bruna Nayara

Fotografo – Luiz Alves

Designer – Fernando Santos

Assessor de impressa – Lelê Teles

Classificação Indicativa - 16 anos

Contato – 61 984152782

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...