MORRE MICAEL AMORIM, ATOR E DANÇARINO DO DF

Durante o período de pandemia, o artista chegou a publicar vídeos sazonais nas redes falando da rotina no isolamento social e dos desafios da arte.

A comunicade artística do DF recebeu com espanto a notícia da morte precoce de Micael Amorim, ator e dançarino.


Nascido na periferia, Micael esteve sempre envolvido em ações teatrais e do universo da dança, seja como bailarino ou coreógrafo. Cursou teatro por um tempo na Faculdade de Artes Dulcina de Moraes e participou de diferentes projetos independentes na capital. Em 2021, foi presença ilustre do Festival Juventude nas Cidades, realizado pelo Instituto Afrolatinas. Na ocasião, apresentou o documentário da casa Akotirene, que mostra estratégias frente a pandemia global.


Micael também fez parte do projeto "Traços de Gente", promovido pela Revista Traços. A série era uma homenagem aos Porta-Vozes da Cultura da Revista. No episódio 04, a história de Davi dos Santos foi contada e interpretada pelo ator.

De acordo com informações de colegas de trabalho, o artista sofreu um infarto fulminante no domingo. O velório será realizado no Cemitério de Cristalina (GO) às 14h de hoje. O sepultamento será às 16h.

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...