MINI MUNDO - FESTIVAL DE TEATRO LAMBE-LAMBE

O festival celebra os 32 anos de existência do Teatro Lambe-lambe, com produções da Bahia, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Chile, França e México.

Quarto de Bebê - Lambelambista Jacques Beauvoir

Entre os dias 28 e 30 de setembro de 2021, a Varanda Teatro apresenta ao público a edição online do MINI MUNDO – Festival de Teatro Lambe-lambe. A exibição dos espetáculos miniaturizados acontecerá sempre às 20 horas no canal do YouTube do grupo (https://bit.ly/38JMo5P) e conta com 14 espetáculos, 2 bate papos com os lambelambistas e o Fórum virtual “Identidade e fisionomia do Teatro Lambe-lambe”.


A programação traz um recorte da produção contemporânea do Teatro Lambe-lambe, com espetáculos que exploram diversas técnicas e temáticas e com classificação livre para todas as idades. Devido à pandemia, o grupo optou pelo formato online para celebrar os 32 anos de existência da linguagem genuinamente brasileira.


O Teatro Lambe-lambe é um teatro de miniaturas que acontece dentro de um espaço cênico fechado, geralmente apresentado para uma pessoa por vez. Para assistir à encenação, o espectador precisa espiar através de uma pequena abertura neste espaço cênico e acompanhar a história de curtíssima duração, que conta com personagens, iluminação, trilha sonora e todos os recursos também disponíveis em um palco de tamanho convencional.


Esta técnica foi criada no Brasil, no ano de 1989 em Salvador/BA, pelas bonequeiras Denise di Santos e Ismine Lima. Tudo aconteceu quando elas criaram uma boneca de espuma que passava por um parto natural, para desmistificar o mito da cegonha para crianças e adolescentes de escolas da cidade de Salvador. Diante da necessidade de criar um aspecto intimista e sensível assim como um parto natural, tiveram a ideia de colocar a encenação dentro de uma câmera de fotógrafo lambe-lambe, muito comum no Brasil no início do século XX com suas câmeras em formato de caixotes sustentados por tripés. Neste ato nasceu “A dança do parto”, primeiro espetáculo de Teatro Lambe-lambe, que a partir daí influenciou na criação de vários artistas pelo Brasil e ganhou o mundo nos últimos 32 anos. Segundo levantamento feito pelo grupo Plastik’Onírica, de Santos/SP, o Teatro Lambe-lambe está presente nas ruas de 31 países espelhados pelas Américas, Europa, Ásia e África.


A coordenação e curadoria do MINI MUNDO é assinada por João Darte e Guilherme Hernandes, fundadores do grupo Varanda Teatro, que desde 2010 tem o teatro de formas animadas como ferramenta para criações e pesquisas. O festival é realizado de forma independente e será exibido de forma gratuita, podendo os espectadores contribuírem de forma voluntária com o chapéu virtual através do PIX (71) 9 9988-4729 (Denise Batista dos Santos).


PROGRAME-SE

MINI MUNDO – Festival de Teatro Lambe-lambe.

De 28 a 30 de setembro, sempre às 20 horas

Canal do YouTube da Varanda Teatro | https://bit.ly/38JMo5P.


Dia 28/09/2021

“Asas?” – Cássio Correia (Joinville-SC)

“Histórias de Fantasmas” – Oceany García (Tenosique-México)

“Emiliano” – Dico Ferreira (Curitiba-PR e Brasília-DF). “80 milhões” – Bruno Rudolf (Extrema MG e Strasburg-França)

“Entre” – Pedro Cobras, Larissa Miyashiro e Felipe Zacchi (Santos-SP)

“Vitalino” - Elaine Buzato (Sorocaba-SP).

“Atardecer” – Punto Aparte (Valparaíso-Chile).

Bate papo com os lambelambistas.

Caixa de Mitos - As Caixeiras

Dia 29/07/2021

“Coração Alado” – Iasmim Marques (Belo Horizonte-MG)

“El perro Babarito” – Camila Landon (Valparaíso-Chile)

“Sala de Estar” – Du Salzane (Hortolândia/SP)

“¿Cómo atrapar uma estrela?” – Sol Gutiérrez (Veracruz – México)

“Quarto de bebê” – Jacques Beauvoir (Curitiba-PR)

“Trago” – Fátima Araújo (Itaberaba-BA)

“Caixa de Mitos” – Amara Hurtado, Jirlene P. e Mariana Baeta (Brasília-DF).

Bate papo com os lambelambistas.


Dia 30/09/2021

Fórum “Identidade e Fisionomia do Teatro Lambe-lambe

Com Denise de Santos (Bahia), Ismine Lima (Minas Gerais), Pedro Cobra (São Paulo) e Gabriela Céspedes (Argentina).

AS MAIS LIDAS DA SEMANA... 

1/3