"MARC CHAGALL: SONHO DE AMOR" - INSTALAÇÃO FICA ABERTA NO CCBB ATÉ SEREMBRO

Instalação contemporânea dialoga com mostra de Marc Chagall no CCBB Brasília.

Air Fountain, do artista norte-americano Daniel Wurtzel, estabelece conexões com a sutileza de uma visão abstrata do amor, por meio de um balé de tecidos flutuantes; Marc Chagall: sonho de amor percorrerá ainda os CCBBs de Belo Horizonte e São Paulo. A busca permanente de Marc Chagall (1887-1985) pela representação do amor encontra na arte contemporânea novas conexões. Enquanto em suas obras as cores vibrantes e os temas eram orquestrados em um universo bidimensional, o artista Daniel Wurtzel transpõe o conceito para fora das telas, por meio de sua obra Air Fountain. Nessa grande instalação, presente na exposição Marc Chagall: sonho de amor, no Centro Cultural Banco do Brasil Brasília, Wurtzel reúne subjetividade e ciência para promover um balé de tecidos movidos pelo ar.

Air Fountain foi escolhida para “propor um diálogo entre a arte moderna e a arte contemporânea, traçando relações sutis com os personagens flutuantes que encontramos nas telas de Chagall”, destaca a organizadora da mostra, Cynthia Taboada.

A obra, que tem uma versão de dimensões menores instalada no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, já foi apresentada em diversas partes do mundo, como no Copernicus Science Center, em Varsóvia, na Polônia; e no Swiss Science Center Technorama, em Winterthur, na Suíça. Para o CCBB Brasília, o artista desenhou uma versão de seis metros de diâmetro para ocupar o belíssimo pavilhão de vidro, onde Air Fountain ficará exposta.

Em Air Fountain, Wurtzel concebe uma metáfora visual cuja força espiritual e leveza – claramente percebidas nas pinturas de Chagall – são comunicadas também por sua linguagem contemporânea. O intuito é, sobretudo, trazer a sutileza de uma visão abstrata do amor, por meio da simplicidade dos tecidos, de material muito leve e translúcido, que flutuam e interagem. “Apesar de ser mais poético na concepção, meu trabalho tem uma forte inclinação científica, e resolver problemas tecnicamente difíceis relacionados à realização de uma escultura tem sido uma marca registrada da minha carreira. O voo tem sido um tema persistente para mim ao longo da minha vida e, à medida que meu trabalho amadureceu, suas manifestações assumiram formas cada vez mais etéreas”, define o próprio artista.

A exposição Marc Chagall: sonho de amor ficará em cartaz no CCBB Brasília, de 2 de julho a 18 de setembro de 2022. Serão mais de 180 obras de Chagall, artista que marcou o século 20 pelo uso revolucionário das formas e das cores, e pela criação de um universo lírico, poético e fantástico em suas pinturas e em seus escritos. Em seguida, a mostra partirá para Belo Horizonte (12 de outubro de 2022 a 9 de janeiro de 2023) e encerra o seu itinerário no Brasil em São Paulo (1 de fevereiro a 10 de abril de 2023).

A exposição tem patrocínio da BB Seguros e do Banco do Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. A organização e produção são da empresa Cy Museum, em parceria com a italiana Arthemisia.

PROGRAME-SE

Marc Chagall: sonho de amor Centro Cultural Banco do Brasil Brasília, de 2/7 a 18/9/2022 Demais cidades: CCBB BH: 12/10/2022 a 9/1/2023 CCBB SP: 1/2 a 10/4/2023 Centro Cultural Banco do Brasil – Brasília Endereço: SCES, Trecho 2 – Brasília, DF Funcionamento: terça a domingo, das 9h às 20h30 Entrada gratuita: retire seu ingresso no site bb.com.br/cultura Tel: (61) 3108 7600 Facebook/ccbb.brasilia Twitter/@ccbb_df Instagram/ccbbbrasilia

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...