MAQUIADOR DE BRASÍLIA BOMBOU NO INSTAGRAM

O ator e maquiador Willy Costa já havia virado matéria do Portal Conteúdo no mês passado, mas as produções de maquiagens artísticas dele são tão incríveis que é impossível não falar de novo! Se você olhar, também ficará de boca aberta!


Muitos talentos do Distrito Federal saíram das salas de ensaio da tradicional Paixão do Cristo Negro, de Samambaia. Por mais que o tema do evento fosse a morte e ressurreição de Jesus Cristo, os Grupos TUCUM e Cia. Teatral Frutos da Paixão inovaram ao ensinar à juventude de Samambaia teatro de primeira qualidade, com professores e artistas já conhecidos da cena cultural brasiliense. O texto da Via Sacra era ácido, forte e com intensa crítica social: a começar pela figura de um Cristo Negro que representava a população local. O efeito desse evento foi arrebatador no começo dos anos 2000. A Paixão foi considerado o segundo maior evento artístico teatral do Distrito Federal por anos e de lá saíram nomes que despontaram no mercado de produção cultural brasiliense. Willy Costa é um desses nomes.

Bastidores da quadrilha "Êta Lasquera" e do filme "Periférico 304"

Juntamente com a experiência na Paixão do Cristo Negro, o artista embarcou nas tradicionais festas juninas, executando por anos a função de bailarino. Tempos depois, passou a ser coreógrafo, figurinista e maquiador. Desde 2007, o artista vem prestando serviço para diferentes empresas, companhias de dança/teatro e grupos de quadrilha junina.


As maquiagens de Willy e seus trabalhos artísticos fizeram sucesso nos arraiais juninos em diferentes concursos de quadrilhas nos últimos 20 anos e foram parar até na tela do cinema. Foi ele o responsável pela caracterização do filme "Periférico 304" - o primeiro longa metragem de Samambaia, que chegou a ser exibido no 44ª Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. O artista ainda viajou para eventos de arte e cultura no Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás e países como Chile e Estados Unidos.


Neste período de isolamento social, passou a criar e colocar na maquiagem muitas de suas inquietações com a situação do país e do mundo. Assim, foi experimentando um novo diálogo com seu público através da internet. O que começou como uma estratégia para driblar o tédio passou a ser motivo de euforia no instagram. Cada foto postada por ele é muito compartilhada, tendo impactos positivos diariamente. Algumas empresas e representantes de maquiagem já entraram em contato e essa interação tem estimulado o artista a criar mais e mais.


"O que mais me deixa contente, de fato, é ver a reposta dos meus seguidores, que me enchem de carinho e boas vibrações. Ora me elogiam, ora se impressionam com as caracterizações. Um fato é que antes da quarentena, somente artistas ou amigos próximos curtiam e comentavam minhas postagens. Agora, pessoas fora do meio das artes têm se aproximado cada vez mais", comenta.


Quer conhecer as criações de Willy? Não perca tempo e acesse seu instagram: @owillycosta


1/5

© 2019 - Conteúdo - Portal de Cultura e Arte de Brasília e do Brasil

 Editado por Josuel Junior e colaboradores       I     Web Designer: Caio Almeida

  • Instagram B&W

Para sugestão de pauta, envie release o e-mail:

falecomportalconteudo@gmail.com