top of page
  • davicdm

MAÍSA ARANTES LANÇA O SINGLE "ELIXIR DO AMOR" NO DIA NACIONAL DO FORRÓ

A rabequeira fará dois lançamentos: um virtual, nas plataformas digitais, e outro presencial, no evento Porão do Forró

Foto: Davi Mello

Já conhecida pelo seu grande talento nos salões da cidade, a rabequeira Maísa Arantes está sempre recheando a cena do forró do Distrito Federal com muitas apresentações, composições, eventos, ideias e encantos. E para fechar o ano, Maísa irá lançar o seu mais novo single, o Elixir do Amor. A nova música foi feita em parceria com o músico Marcelo Neder e será lançada em duas oportunidades. A primeira é virtual, no dia 13 de dezembro, quarta-feira, Dia Nacional do Forró, com o single disponibilizado em todas as plataformas digitais. E a segunda, em uma grande festa, no dia 17/12, domingo, às 19h, no evento Porão do Forró, na Hamburgueria Zepelim (713 Norte).


Elixir do Amor

Um dia bem vivido não pode terminar sem um forrozinho, não é mesmo? Para os amantes do gênero musical, ditos forrozeiros, a dança implica diretamente na qualidade de vida. Dançar ajuda a espairecer, relaxar, curar, socializar, se divertir com os amigos e, quem sabe, até pintar um xodó? Na música, a poção mágica do amor é elaborada nas atitudes do dia a dia, na cadência do bem-viver, onde um dos ingredientes essenciais é o forró.


Maísa Arantes

Maísa Arantes é cantora, compositora, rabequeira e pifeira. Lançou em 2022 o EP Peripécia Brasileira,  seu primeiro trabalho solo, autoral e independente. É referência na nova geração do forró pé-de-serra e cultura popular, fazendo a ponte entre o tradicional e o moderno. Em novembro de 2023 lançou em parceria com o violonista e compositor Marcelo Neder o songbook "Outros Sertões - cancioneiro pé-de-serra "  com partituras e cifras de músicas de suas autorias pela editora Ipsis Literis. Recebeu em 2023 o Prêmio Profissionais da música como melhor instrumentista feminina Centro-Oeste e foi finalista do Brasília Independente 2022. É diretora/idealizadora da Orquestra de Rabecas do Cerrado, onde também atua como instrumentista, compositora e arranjadora, e da Pesquisa Rabeca Sertaneja, voltada às atividades culturais ligadas à rabeca no Centro-Oeste e adjacências. Participou de vários grupos de importância cultural no DF como Mestre Zé do Pife e as Juvelinas, Chinelo de Couro e Forró do B. Atuou como diretora musical e compositora de trilhas originais para diversas peças teatrais. Apresenta-se em diversos festivais pelo Brasil, tendo músicas gravadas por grupos com Trio Samburá (RJ) e Pé-de-Manacá (SP). Licenciada em música pela UnB, atua como professora, promovendo oficinas de rabeca e pífanos. É integrante do Teatro Mamulengo Fuzuê e da Quadrilha Junina Arroxa o Nó. Atualmente em carreira solo, apresenta-se com o Baile da Maisinha, Duo Outros Sertões, e com o coletivo Porão do Forró, promovendo eventos semanais colaborativos.


O movimento de urbanização pé-de-serra tem se intensificado fortemente nas últimas décadas e em 2021 virou Patrimônio Imaterial Cultural do Brasil pelo IPHAN.  A salvaguarda desse bem se dá nos bailes de forró espalhados por todo o mundo, através dos seus detentores e agentes culturais, como é o caso de Maísa Arantes.


PROGRAME-SE Lançamento do single Elixir do Amor, de Maísa Arantes QUANDO E ONDE: - 13 de dezembro, quarta-feira, (Dia Nacional do Forró), em todas as plataformas digitais - 17 de dezembro, domingo, 19h, no Porão do Forró - Hamburgueria Zepelim (713 Norte) QUANTO: Gratuito (Contribuição colaborativa e voluntária no dia do evento) Redes Sociais e Classificação: Livre Plataformas Digitais: https://linktr.ee/maisaarantes


bottom of page