FRACASSADA ATRIZ - PERFIL BRINCA COM SITUAÇÕES DAS ARTES NO PAÍS

Um perfil tem feito sucesso no Instagram ao mostrar legendas sobre fracassos e desabados de quem pensa em viver da arte do Brasil. Com muito humor e sagacidade, @fracassadatriz tem ganhado cada vez mais seguidores.

Atriz, escritora, performer, bailarina, pagodeira e modelo. É assim que Letícia Rodrigues se apresenta em sua biografia no Instagram. A artista tem feito sucesso entre a classe dos trabalhadores das artes cênicas com postagens repletas de piadas internas do universo do palco, da tela e da rua.


Nas postagens, memes conhecidos e outros gerados com frases típicas do universo de atrizes e atores no Brasil. Nelas, tem citação de Stanislavski e Shakespeare, brincadeira com memórias emotivas, menção a Dionísio, ironias e muitas situações "motivacionais" que despertam a identificação e o riso de quem trabalha na área.


Cenas da TV também são recortadas e utilizadas, sempre em associação com momentos pelos quais atores iniciantes ou experimentes passam recorrentemente. São elementos que provocam muito riso em quem está familiarizado com a linguagem cênica.

Reprodução: Instagram

QUEM FAZ A FRACASSADA ATRIZ

Letícia Rodrigues já trabalhou em áreas muito diferentes. Passou por grandes grupos e coletivos teatrais da cidade de São Paulo e, atualmente, pesquisa para o seu novo solo a temática do corpo gordo em cena.


"Meu foco é debater a dissidência dos corpos no meio cênico. Amo trabalhar em grupo e tá sendo mais desafiador do que eu imaginava trabalhar 'sozinha', nunca é sozinha de verdade, mas é um processo muito solitário. Em tempos de pandemia, eu sinto falta de estar em cena cheia de gente e disputar o espelho do camarim. Também sou podcaster no @vemserfelizaquifora em que debatemos o impacto dos Reality Show na sociedade contemporânea. É um dos meus projetos favoritos porque tem bastante pesquisa e debruçamento sobre vários temas e eu também tenho gostado cada vez mais de pesquisa", comenta.


O perfil do Instagram interfere bastante em sua rotina pessoal, pois a pesquisa de conteúdo é constante, além do tempo destinado à edição, ao recorte e à criação dramatúrgica de legenda. Letícia faz questão de interagir com os seguidores sempre que possível. Ela chegou a criar o carinhoso apelido de "Fracalovers" para eles.


"São pessoas que estão ali sempre me dando apoio, comentando, compartilhando meus posts e etc. Pessoas que estão em situações, vidas, causos muito semelhantes ao que eu vivo atualmente, como a precarização do nosso trabalho, a falta de oportunidade, a dificuldade na disputa de um edital público e por aí vai."


A escolha de conteúdo de acordo com o dia-a-dia. É, segundo a artista, um processo intuitivo que relaciona determinada imagem, vídeo ou situação com o universo do meio teatral ou televisivo, dando diferentes camadas e significados ao meme através de comentários e legendas providenciais.

Reprodução: Instagram

O perfil tem humor por meio de memes e citações, mas também tem posicionamento político e opiniões sobre as questões do Brasil. Sobre isso, Letícia comenta como é a receptividade dessa mescla de conteúdos:

"As pessoas ainda tendem a dividir política de arte, uma coisa que na minha convicção não é dissociável. Então, já fui muito criticada por fazer criticas ao mercado de trabalho usando personalidades brasileiras milionárias, por exemplo, como se eu fosse invejosa e dedicasse a minha vida a maldizer famosos, mas isso não me interessa. Se tal celebridade é boa ou má pessoa na vida particular dela isso não me diz respeito. Agora, como ela é inserida num mercado com privilégios e não teve que passar pela metade das provações que artistas independentes - como eu e Fracalovers somos e passamos - isso diz também a nosso respeito via exclusão e, portanto, a gente não pode deixar de questionar. Nesse 2021, eu confesso que a tristeza tem me pego muitas vezes. Os golpes são constantes e duros demais na classe artística e eu quase não tenho trabalhado como artista. Dou aulas, faço traduções e outros mil bicos para poder sobreviver, mas como milhares de brasileiros, me encontro cada vez mais sem perspectivas. Estamos em abril e o cansaço e a exaustão já me visitaram algumas vezes. Muito difícil se manter motivada e, no entanto, desistir não é uma opção."

Acervo Pessoal de Letícia.

Para conhecer mais, acesse os perfis de Letícia Rodrigues:

1 - @fracassadatriz

2 - @famosatriz

3 - @vemserfelizaquifora