"FLAMENCO IMAGINÁRIO" É UMA DAS ATRAÇÕES DO FESTIVAL FUNARTE ACESSIBILIDANÇA

Montagem Flamenco Imaginário da Cia Del Puerto é livremente inspirado na dramaturgia ‘O Corcunda de Notre-Dame’, de Victor Hugo.

Foto: Adriana Marchiori

A Cia Del Puerto estreia edição especial do espetáculo Flamenco Imaginário – Edição Acessibilidade Plena no Festival Funarte Acessibilidança. A apresentação, que conta com acessibilidade comunicacional plena e adaptações pensadas especialmente para a transmissão em streaming,no canal da Funarte, www.youtube.com/funarte.


Livremente inspirado na dramaturgia ‘O Corcunda de Notre-Dame’, de Victor Hugo, Flamenco Imaginário traz à cena um espetáculo lúdico e criativo, uma trilha sonora composta especialmente para a obra, fazendo o espaço cênico se transformar em um lugar mágico, provocando a imaginação e os sentidos dos espectadores.


A inserção dos recursos de acessibilidade (audiodescrição e libras) se deu a partir da segunda temporada, em 2016, e nunca mais se cogitou realizar o espetáculo sem eles. Cabe ressaltar, portanto, que, para essa edição especial, além dos recursos de acessibilidade comunicacional plena, realizou-se uma transposição da linguagem da interpretação ao vivo para a atuação online, necessidade que se tornou realidade em 2020, ano marco da pandemia de COVID-19.


O objetivo central do Flamenco Imaginário – Edição Acessibilidade Plena é propor ao público (hoje atento e receptivo a um inventário de informações incessantes) a provocação dos sentidos por meio de uma releitura livre, dançada e musicada dessa obra, através dos sentidos e da cinestesia, por meio dos jogos teatrais, da imagem, da luz, do som, da vibração percussiva do flamenco, e principalmente através do movimento e da energia da linguagem flamenca propriamente dita. Os recursos de Acessibilidade Comunicacional Plena (legendas descritivas, audiodescrição e LIBRAS) ampliam ainda mais o alcance dos sentidos e da recepção do público.


O FESTIVAL

O Festival Funarte Acessibilidança foi criado a partir das ações do Prêmio Festival Funarte Acessibilidança Virtual 2020. No concurso, foram premiados 25 projetos de vídeos de espetáculos que promovem o acesso de todos. O objetivo do processo seletivo é valorizar e fortalecer a expressão da dança brasileira, bem como fomentar a democratização, a inclusão e a acessibilidade.

Com a iniciativa, a Funarte busca implementar novas ações a partir do uso das mais recentes tecnologias, estendendo, assim, um novo modelo para todo o Brasil. O coordenador de Dança da Fundação, Fabiano Carneiro, ressalta a importância de levar essa linguagem artística à população durante o período de distanciamento social. “Estamos estreando o Festival Funarte Acessibilidança, um projeto inédito com foco na acessibilidade e na inclusão. Ao longo dos próximos meses, serão apresentados espetáculos de dança das cinco regiões do Brasil, plenamente acessíveis ao público, contemplando uma enorme diversidade na sua programação”, explica o coordenador.


A agenda do Festival começou no dia 16 de junho, com os contemplados da região norte do país. Mensalmente, serão exibidos os espetáculos premiados de cada uma das cinco regiões do Brasil, por meio do canal da Fundação no YouTube (www.youtube.com/funarte). As ações também serão divulgadas no Portal da instituição e nas redes sociais da Funarte. No decorrer das apresentações, o coordenador de Dança da Funarte, Fabiano Carneiro, participará de uma live com diretores, artistas e convidados.


PROGRAME-SE

Festival Funarte Acessibilidança – Espetáculo Flamenco Imaginário, Edição Acessibilidade Plena Onde: Canal da Funarte, no link www.youtube.com/funarte Livre para todos os públicos


MAIS INFORMAÇÕES

Instagram: www.instagram.com/delpuertoflamenco/ Facebook: www.facebook.com/flamencoimaginario YouTube: https://youtube.com/c/DELPUERTOFlamenco


QUEM FAZ

Idealização: Daniele Zill⠀ Direção: Denis Gosch ⠀ Coreografia: Juliana Prestes ⠀ Elenco: Daniele Zill, Graziela Silveira, Juliana Kersting e Juliana Prestes ⠀ Design e Operação de Luz: Leandro Gass ⠀ Trilha Sonora Original e Operação de Som: Giovani Capeletti⠀ Músicos: Giovani Capeletti (guitarra), Gustavo Rosa (cajón), Juliana Prestes (palmas) e Leonardo Dias (flauta transversal) ⠀ Figurinos e Cenário: Antonio Rabadan⠀ Costuras: Diane Sbardelotto⠀ Aderecista: Cacá Sena⠀ Cenotécnico: Daniel Fetter⠀ Maquiagem: Barbara Degrandi⠀ Produção de Acessibilidade: OVNI Acessibilidade Universal⠀ Roteiro de Audiodescrição: Mimi Aragón⠀ Consultoria: Rafael Braz⠀ Narração: Rodrigo Sacco Teixeira⠀ Gravação, Montagem e Mixagem: Bruno Klein⠀ Legendagem: Kemi Oshiro⠀ Revisão: Bruna Branco e Eva Mothci⠀ Tradução e Interpretação em LIBRAS: Celina Xavier Neta⠀ Gravação e Montagem: Forno FX⠀ Imagem e Edição de Vídeo: Alen Roos / Black Fox Vídeo Produtora⠀ Fotos: Carlos Sillero ⠀ Ilustrações: Laura Dias⠀ Motorista/Carreto: Jesus Beck⠀ Equipamentos de Luz: Taylor Araújo ⠀ Projeto e Direção de Produção: Daniele Zill⠀


Os vídeos ficarão disponíveis no canal da Funarte no YouTube após a exibição, no canal www.youtube.com/funarte.

1/3