top of page

ESPETÁCULO TEATRAL "MANIVA" VIRA LIVRO COM PARTICIPAÇÃO DO PÚBLICO

Por meio de 4 encontros virtuais com idealizadores do projeto, a partir de 30 de junho, qualquer pessoa pode ser co-autora da publicação, em uma proposta inédita no DF.

Foto: Yasmin Alves

Maniva: Planta Baixa de Uma Travessia Teatral é um livro concebido em 2023, que registra e compartilha o processo criativo, a dramaturgia e a trajetória do espetáculo Maniva, um solo teatral de dramaturgia autoral, cuja pesquisa e criação tiveram início em 2016, no Distrito Federal.


Com uma escrita conduzida por três autorias principais — Rafael Toscano, Larissa Souza e Yuri Fidelis — a produção inova ao convidar o público para fazer parte do processo de criação da publicação, por meio de 4 encontros 4 virtuais, chamados de Aquecimentos para Escrita, que começam no dia 30 de junho.


Para fazer parte dessa construção coletiva, basta acessar o link do encontro disponibilizado na bio da rede social do espetáculo ou via e-mail para quem deixar seu endereço no site.

Cocriação

“O projeto prevê a participação do público-alvo como agente provocador durante a gestação da escrita. O interesse aqui é, de fato, também deixar-se afetar mais uma vez, e agora durante a feitura dessa escrita, pelo envolvimento do público a quem se destina esse livro”, relata Larissa Souza, a respeito do significado de optar por uma escrita coletivizada na concepção da obra.

Da caixa cênica às linhas

A obra é, essencialmente, o fazer cênico trazido do palco ao papel. “Nesse livro se entrelaçam, em mirada retrospectiva, três vozes emaranhadas para narrar episódios e sabores do mesmo processo, explica Yuri Fidelis.


“Gestos de partilha do lembrar, reconhecimentos das pegadas de uma trajetória, reflexões de uma feitura sem receita, saga sem mapa. Fruto dos desejos e reflexões aqui reunidos, Maniva aqui se encontra em dramaturgia, trajetória e perspectiva do fazer”, complementa Rafael Toscano.

Aspecto social

A publicação contará com 500 exemplares, distribuídos gratuitamente, além de versão acessível em audiolivro. Ou seja, entre os diversos objetivos da iniciativa, estão o da democratização e o da acessibilidade para o público com deficiência visual.


Com isso, a ideia é também disponibilizar o livro impresso para instituições de ensino superior ou técnico em Artes Cênicas no Distrito Federal e Pará, bem como para bibliotecas públicas ou comunitárias nessas regiões. Exemplares também serão disponibilizados para artistas e coletivos teatrais.


O evento de lançamento será registrado em vídeo e haverá a realização de debates sobre a obra, sua contribuição e os temas correlatos.


Todas essas iniciativas têm como propósito incentivar a leitura e escrita de processos criativos teatrais, expandir a acessibilidade literária para pessoas com deficiência visual, ampliar a difusão da pesquisa e produção teatral no Distrito Federal, e preservar a memória e reconhecer a criação artística e dramatúrgica da região.

Sete anos

A página do projeto disponibiliza, ainda, uma sessão chamada Diário de Bordo. Neste espaço, o público é convidado a embarcar em uma emocionante travessia por pensamentos, detalhes e intimidades da escrita dessa obra, que celebra os 7 anos de trajetória do espetáculo Maniva. Trata-se de um convite à descoberta dos segredos por trás dessa criação.

PROGRAME-SE

Maniva: Planta Baixa de Uma Travessia Teatral — Peça teatral Maniva vira livro.

Data do primeiro encontro: 30 de junho.

Comments


bottom of page