top of page

ESPETÁCULO "SEM REGISTRO - UMA PERFORMANCE PATERNA" ENTRA EM CARTAZ EM SP

Com humor e leveza, espetáculo aborda os impactos do abandono familiar do paiSolo de Victor Albuquerque, dirigido por Chia Rodriguez, faz temporada gratuita no Centro Cultural São Paulo a partir do dia 18 de janeiro

Foto: Wemerson Nunes

Mesclando auto ficção, depoimentos reais e dados estatísticos sobre ausência paterna, o espetáculo Sem Registro – Uma Performance Paterna, de Victor Albuquerque com direção de Chia Rodriguez, aborda a construção da masculinidade de uma maneira leve e bem-humorada. O solo estreia no Espaço Cênico Ademar Guerra, no Centro Cultural São Paulo (CCSP), na quinta-feira, dia 18 de janeiro, às 20h.  


A temporada continua até domingo, dia 4 de fevereiro, com sessões de quinta a sábado, às 20h, e aos domingos, às 17h e 19h. Os ingressos são gratuitos e devem ser retirados na bilheteria uma hora antes do início da peça. 


Idealizador do espetáculo, Albuquerque tem uma filha de 18 anos e, segundo ele, já passou a maior parte da vida sendo pai do que não sendo. Por isso, refletir sobre a paternidade é uma constante no seu dia a dia. Ainda mais porque ele teve um pai ausente. 


Em cena, o protagonista tenta entender por que os homens têm tanta facilidade de abandonar as suas famílias. Embora o foco da peça seja a paternidade, de acordo com Chia, é impossível abordar esse assunto sem questionar a visão tradicional da masculinidade.


Entre os referenciais para a criação do texto estão os livros Seja homem: a masculinidade desmascarada (2020), de JJ Bola; Homens justos: do patriarcado às novas masculinidades (2021), de Ivan Jablonka; Cartografias da masculinidade (2021), organizado por Pedro Ambra; Carta ao pai (1919), de Franz Kafka; Conversas com meu pai + Stabat Mater, uma trajetória de Janaina Leite, de Janaina Leite e Alexandre Dal Farra.  


Chia Rodriguez quis criar um jogo de luz e sombras em Sem Registro – Uma Performance Paterna. Dessa forma, a iluminação de Gabi Souza levou essa ideia em consideração. Segundo Victor, isso é para potencializar a ideia do abandono, mostrando que, apesar de tudo, aquele pai acaba presente, mesmo estando distante, já que existe um impacto na vida do filho. 


Ator, produtor e roteirista formado pela CAL e Roteraria, Victor faz parte do grupo teatral Os Inclusos e os Sisos, premiado pela ONU por sua abordagem inclusiva.  Com mais de 15 anos de experiência, o artista se destacou em diversos espetáculos, como "Um Amigo Diferente", "Histórias do Final da Fila" e "Ninguém Mais Vai Ser Bonzinho". Também participou do filme "Alfazema", premiado em festivais como o Festival de Brasília e o Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro. Sua trajetória artística reflete seu talento versátil e compromisso com a qualidade e diversidade nas artes.


EM 2024 O PORTAL CONTEÚDO SEGUE FIRME NA DIVULGAÇÃO DE PRODUTOS CULTURAIS Se você é artista, não perca tempo e faça seu trabalho ser notícia num dos espaços mais respeitados por quem faz arte no DF! Por 4 anos, o Conteúdo divulgou os trabalhos de artistas de todo o país de maneira gratuita. Agora, a partir de 10 de janeiro, teremos uma cota de matérias gratuitas semanais para recebimento de e-mails e elaboração de publicações. Para as demais postagens no site e no instagram será cobrado um valor fixo de R$30,00 por release.

*Saiba mais entrando em contato pelo direct ou pelo e-mail falecomportalconteudo@gmail.com


QUEM FAZ

Concepção: Victor Albuquerque e Chia RodriguezDireção: Chia Rodriguez Assistente de direção: Sarah LessaAtuação: Victor AlbuquerqueParticipação Especial: Elenir RibeiroDramaturgia: Rita Batata, Chia Rodriguez e Victor AlbuquerqueCenografia e Direção de Arte: Rafael FassaniFigurino: Joana PortoDesenho de Luz: Gabriele SouzaOperação de Luz: Nayka AlexandreTrilha Sonora: Dani NegaOperação de Som: Bruna MoretiDesigner Gráfico: Raquel AlvarengaDireção de Movimento: Fabricio LicursiPreparação Corporal e Pesquisa de dispositivos Cênicos: Thiago AmaralConsultoria de Comédia: Marco GonçalvesVisagismo: Diego NardesAssessoria de Imprensa: Márcia Marques - Canal abertoDireção de Produção: Victor Albuquerque e Wemerson NunesProdução Executiva: Wemerson Nunes - WN ProduçõesAssistente de Produção: Murilo Palma Realização: Associação dos Artistas e Amigos da Praça e WN Produções

 

PROGRAME-SE

Sem Registro – Uma Performance PaternaDe 18 de janeiro a 4 de fevereiro, com sessões de quinta a sábado*, às 20h, e, aos domingos, às 17h e 19h

*No sábado 03/02, haverá sessão também às 18hLocal: Espaço Cênico Ademar Guerra – Centro Cultural São Paulo (CCSP)Endereço: Rua Vergueiro, 1000 – LiberdadeIngressos: gratuitos | Retirar na bilheteria com 1 hora de antecedênciaDuração: 60 minutos | Classificação: 16 anos

תגובות


bottom of page