top of page

ESPETÁCULO "PASSARINHO" TEM ENTRADA GRATUITA NO VIDIGAL - RJ

Baseado em “O Livro dos Abraços”, “Passarinho” conta a trajetória de um menino obrigado a encarar sozinho os desafios da vida

Foto de Luã Batista

Encarar a dor do abandono, da solidão e da opressão das ruas mantendo aceso o sonho de uma vida melhor, mesmo que, para muitos, pareça uma utopia. Esse é o ponto de partida de "Passarinho", espetáculo que estreia no Teatrinho do Nós do Morro, no Vidigal, temporada gratuita de 3 a 25 de junho, sábados, às 20h, e domingos, às 19h. Com patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, através da Secretaria Municipal de Cultura via Foca – Fomento à Cultura Carioca, e apoio do Grupo Nós do Morro, a peça tem direção de Paulo Giannini, é encenada por Nino Batista e os dois assinam a dramaturgia.

Baseado na obra “O Livro dos Abraços”, escrita por Eduardo Galeano durante seu exílio, o monólogo conta a trajetória de um menino expulso de casa pelo pai aos 12 anos e obrigado a enfrentar sozinho o mundo em busca de seus sonhos, de seus ideais, de sua arte e da liberdade desejada.

Os trechos de Galeano, com memórias dos horrores das ditaduras militares na América Latina, se entrelaçam à realidade de “Passarinho”, mostrando uma história que se confunde com várias outras. Mostrando que todas são uma só e refletem a vida presa numa gaiola na esperança de um voo livre, sem grades, paredes ou fronteiras.

O Teatrinho do Nós do Morro fica na rua Doutor Olinto de Magalhães, 16.

Parceria iniciada no Nós do Morro

Paulo Giannini, de inúmeros trabalhos no teatro e no cinema, foi o primeiro professor de Teatro de Nino Batista no Grupo Nós do Morro, em 2008, onde se conheceram e fizeram a peça “Barrela”, de Plínio Marcos, ficando cinco anos em cartaz, de 2008 a 2013, com um elenco de 14 atores. Mais adiante, durante a pandemia, os dois gravaram o longa-metragem “Mundo Novo” na Chácara do Céu, favela vizinha do Vidigal, atuando na mesma família. O filme participou de festivais de cinema e ganhou os prêmios de melhor roteiro e melhor atriz no Festival do Rio em 2022. Através do Grupo Nós do Morro, reconhecido mundialmente com uma das maiores potências na transformação de vidas pelo trabalho artístico que faz em prol das camadas da população menos assistidas ou excluídas de seus direitos culturais, Nino pode conhecer o Teatro.

Atualmente, Nino faz parte do Nós do Morro e é idealizador da produtora cultural Peixinho Barrigudinho, com seus parceiros Luã Batista e Tai Xavier, produtores da peça, passando em editais culturais como o “Retomada Cultural 2”, por meio do qual escreveram, dirigiram, produziram e atuaram em dois curtas-metragens, “Irmãos de Sangue” e “Ecos de Imperatriz”, em fase de finalização para festivais de cinema.

PROGRAME-SE

Temporada: 03 a 25 de junho (sábados e domingos)

Horários: sábados, às 20h, e domingos, às 19h

Ingresso: Entrada Franca (chegar antes para retirar ingresso na bilheteria)

Local: Teatrinho do Nós do Morro

Endereço: Rua Doutor Olinto de Magalhães, 16, Vidigal, Rio de Janeiro - RJ

Duração: 60 min.

Classificação: 14 anos

Lotação: 50 lugares

QUEM FAZ

Obra-base: "O livro dos abraços", de Eduardo Galeano

Dramaturgia: Paulo Giannini e Nino Batista

Direção: Paulo Giannini

Ator: Nino Batista

Trilha sonora: João Gurgel

Direção de arte: Paulo Giannini

Iluminação: Zezinho da luz

Design gráfico: Diogo Honório

Assessoria de imprensa: Carlos Pinho

Produção executiva: Tai Xavier

Coordenação de produção: Luã Batista

Realização: Nino Batista Produções artísticas e Peixinho Barrigudinho

Apoio: Grupo Nós do Morro

Σχόλια


bottom of page