top of page

ESPETÁCULO "BROKEN CAKE - O LAR DAS MEMÓRIAS PARTIDAS" ESTREIA NO SESC PINHEIROS

Espetáculo busca estimular o debate na sociedade sobre todas as formas de violência contra crianças e adolescentes e a necessidade de quebrar os silêncios

Crédito: Ary Brandi

O Brasil está entre os países com maiores índices de abuso sexual infantil no mundo. Só entre 2015 e 2021, o país registrou 202,9 mil casos de violência contra crianças e adolescentes, o equivalente a quase 80 casos por dia, segundo boletim publicado pelo Ministério da Saúde. E, diante dessa triste realidade, Ana Guasque convida o público a refletir sobre esse tema no solo Broken Cake – O Lar das Memórias Partidas.


Escrito, dirigido e atuado pela artista, o espetáculo estreia em 6 de julho no auditório do Sesc Pinheiros, onde segue em cartaz até o dia 29 do mesmo mês, com sessões de quinta a sábado, às 20h. no enredo, uma mulher conversa com a irmã após um longo tempo. Enquanto comem bolo são reveladas situações traumáticas que ambas viveram na infância, abusos e violência diárias. As irmãs debatem sobre as perversidades de um contexto familiar adoentado, que "quebra o bolo".


O título do trabalho faz uma referência ao símbolo do bolo como algo doce que nos remete à infância e à sensação de conforto, de acolhimento e segurança de um lar. Também representa as próprias crianças em seu processo de crescimento e aprendizado, com seus afetos e vínculos.


“Já uma figura de um ‘bolo quebrado’ representa todos os conceitos e valores de proteção e segurança quebrados, resultando em um ser humano que carregará as sequelas destas violências pelo resto de sua vida”, explica a atriz, diretora e autora do espetáculo.


A peça acompanha a conversa entre uma mulher e sua irmã, depois de um longo tempo sem se ver. Enquanto elas comem um pedaço de bolo, revelam situações traumáticas, de abusos e violências diárias, que ambas viveram na infância.


Temáticas importantes são abordadas, buscando o entendimento do que não pode, em hipótese alguma, ser aceitável em uma sociedade. A ideia é estimular o público a romper com o silêncio e a denunciar casos de violência.


“Certa vez, ouvi que o abuso sexual infantil no Brasil era uma prática cultural. Confesso que isso me deixou em choque e, desde então, o tema martela minha cabeça e meu corpo. Como uma profissional da cultura, sinto-me na obrigação e no dever de batalhar para mudar este paradigma, começando por falar sobre o assunto. Só quebrando o silêncio iremos conseguir trazer luz para este tema tão delicado e necessário”, diz Guasque.


“Proteger as crianças e adolescentes é um dever de todos nós! É dever da família, do Estado, da sociedade. Esperamos que este espetáculo possa contribuir para quebrar tabus, acender debates, estimular denúncias e principalmente fomentar mudanças”, acrescenta.

Sobre Ana Guasque Atriz, bailarina, diretora, escritora e produtora cultural, Ana Guasque é formada pela Escola de Arte Dramática da USP, é natural de Porto Alegre, onde já tinha carreira consolidada no teatro e na dança desde 1995, quando em 2006 mudou-se para São Paulo. Foi duas vezes indicada Melhor Bailarina do RS, pelo Prêmio Açorianos de Dança e tem diversos espetáculos de dança e teatro no currículo. É autora do livro Victória, Uma saga italiana no interior do Rio Grande. No teatro, seus trabalhos mais recentes foram: Amores do Palco, no qual também assinou a direção do espetáculo, Mulheres de Shakespeare, em que é atriz, idealizadora e coordenadora do projeto; Vamos Falar de Amor, com direção de Grace Gianoukas, A Bruxa Morgana Contra o Infalível Senhor do Tempo, com Rosi Campos, e “A Noiva de Cristal”. Na televisão, participou das novelas Jesus, na TV Record, e A Força do Querer, Boogie Oogie, Sete Vidas e Haja Coração, na Rede Globo de Televisão. Na pandemia, lançou o curta de vídeo dança Esgotamento, Esgotado... em parceria com a Geda Cia de Dança, recendo o Prêmio Funarte RespirArte.


QUEM FAZ Texto, direção e interpretação: Ana Guasque Trilha Sonora: Rodrigo Bragança Iluminação: Mário de Castro Cenografia: Augusto Vieira e Samara Pavlova Concepção de Figurino: Ana Guasque Confecção de Figurino: Judite de Lima Operação de Som: Cauê Andreassa Fotografias: Ary Brandi Identidade Visual: Gabriela Cima Assessoria de Imprensa: Pombo Correio Produção: Ana Guasque Artes & Entretenimentos PROGRAME-SE

Broken Cake - O Lar das Memórias Partidas, de Ana Guasque

Temporada: 6 a 29 de julho, de quinta a sábado, às 20h

Sesc Pinheiros – Auditório, 3°andar – Rua Paes Leme, 195, Pinheiros

Ingressos: R$30 (inteira), R$15 (meia-entrada) e R$10(credencial plena)

Venda online em sescsp.org.br a partir do dia 27/6, às 17h. Nas bilheterias do Sesc a partir do dia 28/6, às 17h

Duração: 60 minutos

Classificação: 16 anos

Capacidade: 98 lugares

Acessibilidade: teatro acessível para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida.

Comments


bottom of page