• Editor

"ENTRE ALFAZEMAS" - ÚLTIMA RESIDÊNCIA DO PROJETO CORPOMANIFESTA

A Residência Artística “Entre Alfazemas”, com Kanzelumuka, encerra o ciclo de ações do projeto CorpoManifesta, que propõe 140 horas dedicadas à dança.

Foto: Noélia Nájera

A Residência Artística “Entre Alfazemas”, idealizada pela artista Kanzelumuka, é um desdobramento da intervenção coreográfica “Minha Cabeça Me Salva ou Me Perde”, idealizada e realizada pela Nave Gris Cia Cênica, obra que parte das narrativas sobre Kayaia (nkisi da tradição Congo-Angola) e da busca por uma linguagem que se instaura pela ideia do corpo-encruzilhada, lugar de encontros, atravessamentos, desvios e transformações, para criar um ato cênico em que elementos mitopoéticos negro-brasileiros confluem com memórias e experiências das(os)(es) criadoras(os)(es)-intérpretes.


​Kanzelumuka é artista (criadora-interprete-pesquisadora-professora) da dança. Nascida e criada no Vale do Paraíba paulista. Bacharelada em Dança pela UNICAMP, mestra e doutoranda em Artes pela UNESP. Pesquisa representações performáticas de origem banto e suas relações com as danças teatrais contemporâneas. É cofundadora, codiretora artística e integrante da Nave Gris Cia Cênica. Já fez parte do elenco da SeráQuê? Cia de Dança, sob a direção de Rui Moreira, da Cia. TeatroDança Ivaldo Bertazzo e da E² Cia. de Teatro e Dança, com direção de Eliana de Santana. É Kota Manganza no Inzo Musambu Hongolo Menha, casa de tradição Congo-Angola descendente de Joãozinho da Gomeia, o que tem sido definidor na construção da identidade de sua pesquisa e criação artística.


Com uma proposta de compartilhamento e multiplicação de saberes por meio da experiência coletiva de criação de resistência e reação, o projeto CorpoManifesta realizará 140 horas de atividades voltadas à dança na capital. Cada qual, conduzida por diferentes profissionais do Brasil e exterior. Os interessados poderão se inscrever pela internet e vivenciar de perto diferentes metodologias de trabalho. Ao final de cada residência, haverá uma apresentação aberta ao público, estimulando e promovendo a sinergia entre artistas e espectadores. A ação é patrocinada pelo Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.


CorpoManifesta será realizado no Centro de Dança, espaço reaberto em 2018 e situado no coração de Brasília, essa cidade plural, multifacetada, com habitantes oriundos de todas as partes do país. O projeto dialoga com uma cidade planejada para poucos, mas que hoje abraça muitas culturas. O projeto de ocupação fortalece a imagem do Centro de Dança como como aglutinador de ideias e arte, estimulando a livre criação artística e o pensamento crítico.


Para acompanhar a série de residências que compõem o projeto CorpoManifesta, acesse a rede social: @corpomanifesta


Residência artística é resistência, é barricada de corpos, é reação e manifestação. Criar coletivamente com respeito às individualidades e identidades de cada pessoa, pode ser a potencial ferramenta transformadora dos próximos 20 anos de nossa existência.


PROGRAME-SE

PROJETO CORPOMANIFESTA

02/05 a 07/05 Residência com Kanzelumuka (SP)

Local: Centro de Dança de Brasília - St. de Autarquias Norte Q 1 -

Horário das Residências: 18h às 22h segunda a sexta-feira e 14h às 22h aos sábados


Inscrições: Clique Aqui!

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...