EDIÇÃO TROCA MÚSICA DE CENA DE "LAÇOS DE FAMÍLIA" POR CAUSA DE DIREITOS AUTORAIS

Em cena exibida no Vale a pena ver de novo, trilha sonora de Marisa Monte foi substituída por hit de Alan Jackson. O motivo? Tributos de direitos conexos.


Um dos grandes desafios em reprisar uma novela na TV é o pagamento de todos os direitos conexos da obra audiovisual. Tal impedimento fez com que "Tieta" demorasse tanto a passar no Canal Viva. Recentemente, "Estrela Guia", a novela da Sandy, também teve seu tema de abertura alterado para fugir de tributos ligados à propriedade intelectual. Você sabe como isso funciona?


Os direitos conexos são direitos que, de certa forma, se parecem muito com o direito de autor, mas possuem um objetivo intimamente ligado a proteger pessoas ou organizações que contribuem de forma criativa ao processo de levar uma obra a ser conhecida. Esses direitos surgiram da necessidade de retribuir de forma justa aqueles que investem tempo e dinheiro para dar vida a uma obra, que talvez não fosse vista por outras pessoas sem tal apoio.*


Numa novela, esses direitos estão presentes na execução de uma trilha sonora, por exemplo. Tudo o que for incorporado à trama, deve ser minutado e tributado pelos meses de exibição do produto audiovisual. Por vezes, acontece de uma música específica ser liberada apenas para o período de exibição da novela, como foi o caso de Imagine, de John Lennon, cantada na voz de Paulo Ricardo em 2001 na abertura de "Estrela Guia". Para a exibição da novela em outros países, o tema foi substiuído por uma versão instrumental de outra canção. O mesmo aconteceu com "O Dono do Mundo". Essas permissões devem ser pagas novamente caso vença o prazo de uma novela e de seus artigos conexos. Telespectadores mais atentos comentam que o mesmo aconteceu com "Mulheres de Areia" na reprise de 2011, porém, faltam dados comprobatórios para isso.


"Terra Nostra", exibida ano passado no Viva também teve alterações nas trilhas. Isso requer uma reedição dos capítulos em faixas de áudio diferentes. Isso, no caso de novelas dos anos de 1990 e 2000 pra cá. No caso de "Dancyn Days", "Água Viva" e outras da década de 1970 e 1980 isso é difícil, pois a remasterização por canais de áudio não é mais possível, visto que as novelas foram guardadas em formato de Fitas ou DO (Disco de Origem).


A cena de "Laços de Família" exibida no capítulo 61, de 16 de agosto de 2000 contou com uma única inserção de "Amor, I Love you", de Marisa Monte numa sequência em que a persoagem Cintia (Helena Ranaldi), toma banho após ficar com Pedro (José Mayer). Curiosamente, essa música nem entrou nas trilhas sonoras da novela na época. O motivo não sabemos. Ela tocou uma vez só e pronto.


Já a mesma cena exibida no Vale a pena ver de novo no dia 09 de novembro de 2020, capítulo 46 da reprise, contou com a música internacional "I'll Try", do cantor Alan Jackson. Essa sim faz parte da trilha lançada pela Som Livre, sendo tema de Pedro. Tal decisão faz sentido, afinal, não valeria a pena pagar o tributo de uma música para uma curta e única exibição dentro da trama.

A novela teve três CD's lançados no Brasil: Nacional e Internacional (entre 2000 e 2001) e O Melhor de Laços de Família (em 2005)

Laços de Família está em sua 3ª reprise no Brasil e é exibida no final da tarde na Globo.


* Citação de conceito de DIreito Conexo via https://brandaomarcasepatentes.com.br/direitos-conexos-direitos-do-autor/

1/5

© 2019 - Conteúdo - Portal de Cultura e Arte de Brasília e do Brasil

 Editado por Josuel Junior e colaboradores       I     Web Designer: Caio Almeida

  • Instagram B&W

Para sugestão de pauta, envie release o e-mail:

falecomportalconteudo@gmail.com