CONHEÇA O PROJETO FRUTA BRUTA!

Eles fazem citação indireta ao primeiro verso de Homero em "A Ilíada", mas também citam Chapolin Colorado... Falam de Helena de Manoel Carlos, mas também tem Eurípedes. Enaltecem Paulo Autran e Fernandona, mas cantam Fábio Jr... Essa mistura é o projeto Fruta Fruta!


"Fruta: 1.fruto comestível, doce ou ácido 2.coisa rara. Bruto: 1.intocado, selvagem. 2.tosco, malfeito.

Teatro"


A Fruta Bruta é uma companhia de teatro. Nela, estão os artistas Danilo Chaves e Daniella Chaves. Em 2019, havia um projeto de construção de uma peça, porém, em outubro, os atores comunicaram que não poderiam estar mais nesse processo. Os dois atores resolveram mudar o texto e em março de 2020 finalmente fariam o primeiro ensaio. Foi quando a quarentena surgiu e mudou todo o planejamento. Como o tempo foi passando, Danilo se sentiu chateado por não conseguir fazer o Fruta Bruta sair do papel. Surgiu então a ideia de falar de textos de teatro, algo que já o interessava, e, em comum acordo com Daniella, surgiu a série de vídeos "Só a Cabecinha", que são pílulas teatrais semanais onde textos e autores são comentados em postagens na rede social. Sendo assim, o projeto Fruta Bruta consiste numa revista bimestral de arte, num canal de conteúdo e tem sido executado justamente para falar de teatro nesse período de pandemia.


"Eu falo de textos teatrais para, no mínimo, incentivar a leitura de qualquer coisa ou pelo menos me divertir enquanto faço. Um grande amigo meu, Wigvan Pereiraereira, que é escritor, apareceu com uma ideia de criação de uma revista de arte. Sempre que me oferecem qualquer coisa com a palavra arte eu já aceito! Nosso objetivo real sem sombra de dúvidas é criar arte. Primeiro, como uma companhia de teatro, depois como uma revista. E quem sabe como um conglomerado de dominação mundial através da arte. O 'Só a Cabecinha' é uma série de vídeos que nasceu para matar tempo durante a pandemia, mas que se tornou um xodó pra mim. Eu gosto de ler, eu gosto de teatro e eu gosto de falar. Juntou os três não tem como não me deixar feliz né? A pandemia me deu muito tempo de sobra, então, por enquanto, temos bala na agulha para continuar nesse ramo."


Assim nasceu a ideia da revista virtual - que está prevista para sair no final de setembro. Nesse primeiro momento, o Fruta Bruta está com uma convocatória de textos aberta. Tem até um edital no site do projeto:  https://www.frutabruta.com/revista .


O projeto está em fase de engajamento. O público tem sido prioritariamente de pessoas das artes... Gente que de algum modo trabalha ou convive proximamente com arte. Danilo comenta que a resposta aos vídeos tem sido positiva, pois há comentários de pessoas que se sentiram incentivadas a voltar a ler depois assistirem aos vídeos. Houve até quem tenha comprado um dos livros comentados nos episódios de "Só a cabecinha".


"No 'Só a Cabecinha' você vai encontrar somente minha opinião apaixonada sobre textos de teatro, nunca uma discussão intelectual sobre obra e autor. Às vezes, eu falo de textos que a classe teatral e artística conhece de cor e salteado, como 'Vestido de Noiva', do Nelson Rodrigues; outras vai aparecer um texto desconhecido de um autor famoso, como 'O Chapéu de Guizos' do Pirandello. Se eu fosse ser um grande romântico eu diria que o 'Só a cabecinha' é minha declaração de amor aos textos de teatro. Em um dos vídeos, sobre a peça 'Um Inimigo do Povo', do Ibsen, eu anunciei que tenho o PDF da peça. Pelo menos umas sete pessoas pediram o arquivo para ler. Se eles leram mesmo nunca saberemos. Um coisa que realmente me emocionou foi ser marcado por um conhecido numa foto em que ele mostrava ter comprado o livro do qual eu falei."


UM NICHO BEM DEFINIDO


Tá certo que não é tão comum vermos comentários e vídeos no Instagram sobre temas como teatro clássico, análise de obras de Ibsen, trechos poéticos de autores de quatro, cinco, seis séculos atrás. Porém, a série de vídeos "Só a Cabecinha" é um trabalho voltado a esse público específico mesmo. Se as redes abraçam todas as estações, o Fruta Bruta tem feito muito bem a defesa pela investigação teatral clássica.


"Pensa bem: eu falo de livro [um nicho]. Se não bastasse, são textos de teatro [um nicho menor]. Nem estou falando de autores muito populares ou conhecidos. Aqui a gente volta no desenvolvimento inicial: como a Fruta nasce uma companhia de teatro que não pode nem ensaiar por causa dessa pandemia, eu fui falar de textos que eu montaria ou que me afetem. O engajamento é aquele natural que vai ocorrer com um foco tão reduzido igual esse. Já a revista teve um foco um pouco mais amplo, tanto que fizemos uma convocatória. Estamos já recebendo textos. Por isso, também posso dizer que foi outra resposta positiva." COMO SURGIU O ENCONTRO


Danilo e Daniella Chaves são de Pontalina, cidade do interior de Goiás. Quando crianças, já brincavam de teatro. Muitos anos depois, cursaram juntos um curso superior em produção cênica e passaram a trabalhar num projeto... ele como ator e ela como produtora. Esses encontros e forte identificação de gostos pela arte desde muito cedo serviram se combustível para a formalização do Fruta Bruta. Já Wigvan é escritor e em junho deste ano lançou um romance chamado 'Sapatos Brancos'. A inventividade dessas três cabeças foi amadurecendo o projeto, que chegou ao conhecimento de nosso portal. Nas publicações do Fruta Bruta, tem citação indireta ao primeiro verso de Homero em "A Ilíada", mas tb tem Chapolin Colorado... Tem Helena de Manoel Carlos, mas tb tem Eurípedes. Eles falam de Paulo Autran e Fernandona, mas também cantam Fábio Jr... Essa mistura é o Fruta Fruta!, que tem até um Manifesto próprio de apresentação. Uma espécie de carta de princípios.

"Misturar o que alguém pode achar que seja baixa com alta cultura. Pra nós não tem diferença. Nós somos antropofágicos e tropicalistas. O Manifesto é uma homenagem a quem nós achamos que nós formou como artistas em todos os níveis. Existem citações atrás de citações e é o único manifesto artístico do mundo que tem um carro da pamonha passando ao fundo. Porque acima de tudo nós estamos fincados na nossa realidade - que é goiana e é fruto da pamonha de sal, de doce e apimentada, todas com queijo. O Manifesto pode ser lido como citação atrás de citação e entendido como essas homenagens. Ele pode ser lido como nossas palavras de ordem. Ele pode ser lido como uma grande e festiva piada. Por nós ele é vivido intimamente - ele está no nosso sangue - existe uma citação a uma frase do nosso pai ali no meio. Leia o manifesto como quiser e saiba exatamente o que esperar da fruta bruta. Está tudo ali." Os próximos passos, seguem o ritmo da quarentena. A primeira ideia é publicar a revista e estrear a peça interrompida pela pandemia, além de dar continuidade aos episódios da série "Só a Cabecinha". Se tudo seguir bem, pode ser que nasça um podcast também. Por enquanto, a equipe do Fruta Bruta segue fazendo o que faz todas as noites: tentar dominar o mundo (com arte)!


MANIFESTO FRUTA BRUTA

CANTA, Ó MUSA, QUEM NÃO CONTAVA COM MINHA ASTÚCIA E CHUPA QUE É DE UVA!

[OLHA O CARRO DA PAMONHA!]

EU SOU O SEMEADOR A SEMEAR VESTIDO DE NOIVA COM AS ARMAS DE CARMEM MIRANDA: YES, NÓS TEMOS BANANAS EM CHAMAS, FAZENDO SUAS MANHAS, QUEIMANDO MELODRAMAS!

[PAMONHA DE SAL!]

EU SOU A NETA DA CHIQUITA BACANA E A QUADRILHA TODA GRITA "VIVA A NETA DA CHIQUITA! IÊIÊIÊ". NÃO SEI QUEM DISSE QUE BANANA É BOM PRA NÃO SEI O QUÊ.

[PAMONHA DE DOCE!]

EU SOU AS METADES DA LARANJA NA GUERRA DE COMIDA ENTRE FERNANDA MONTENEGRO E PAULO AUTRAN. DOIS AMANTES, DOIS IRMÃOS.

[PAMONHA APIMENTADA!]

MAMÃE EU QUERO MAMAR! CASEI COM O DONO DA PARMALAT, SOMOS MAMÍFEROS CHEIOS DO LEITE DA BONDADE HUMANA. CHUVA DO LEITE BOM PARA OS CARETAS.

[TODAS ELAS COM QUEIJO!]

ABACATEIRO, ACATAREMOS TEU ATO, PRÓLOGO E EPÍLOGO: LIVRAI-NOS DO SABOR DE BURRICE! COME ABACATE, BEM, NESSE FRUTO ESTÁ ESCONDIDO O PARAÍSO!

[AQUI, NO CARRO DE SOM!]

SEJA BRÓCOLIS!

[O PURO CREME DO MILHO!]

FRUTAS PREVINEM ESCORBUTO!


Siga nas redes sociais:

@frutabruta

1/5

© 2019 - Conteúdo - Portal de Cultura e Arte de Brasília e do Brasil

 Editado por Josuel Junior e colaboradores       I     Web Designer: Caio Almeida

  • Instagram B&W

Para sugestão de pauta, envie release o e-mail:

falecomportalconteudo@gmail.com