top of page

CONFIRA A AGENDA DA SEMANA DO 26º PALCO GIRATÓRIO EM BRASÍLIA

Espetáculos de artes cênicas circularão por 25 estados e o Distrito Federal. Circuito terá 404 apresentações e 264 cursos e oficinas até dezembro

Espetáculo "O Equilibrista", do DF - Foto: Luciano Sartoryi

Maior projeto de circulação de artes cênicas do país, a 26ª edição do Palco Giratório circulará até a dezembro com 404 apresentações e 264 cursos e oficinas, realizadas por 17 grupos artísticos. Espetáculos de teatro, dança e circo compõem a programação dessa edição, que alcançará 80 cidades de 25 estados e Distrito Federal. Nesta semana, o projeto chega em Brasília, onde acontecerão 14 apresentações e uma ação formativa, tudo gratuito e aberto ao público, entre os dias 6 e 23 de junho.  


O Palco Giratório existe desde 1998 e proporciona ações formativas, espetáculos de teatro, circo e dança para todas as idades. Reconhecido como um importante projeto de difusão e intercâmbio das artes, intensifica a formação de plateias com circulação de espetáculos dos mais variados gêneros. O projeto já contou com a participação de 380 grupos artísticos de todas as regiões brasileiras, oferecendo aproximadamente 10 mil apresentações a um público estimado em 5 milhões de espectadores. 


Os artistas são selecionados por meio de uma curadoria formada por 33 profissionais do Sesc de todo o Brasil. A partir de critérios como diversidade de linguagem, regiões do país, faixa etária e trajetória dos artistas, a curadoria mapeia questões e tendências latentes no contexto atual das artes cênicas brasileiras. 

Confira a programação desta semana


PROGRAME-SE

Palco Giratório

*Entrada gratuita


“Cabelos Arrepiados”

Data: 11 de junho

Horário: 16h

Local: Teatro Paulo Gracindo (Sesc Gama)

Participantes: Buia Teatro Company (AM)

O espetáculo conta a história de cinco crianças que tiveram seus sonhos roubados. Privadas de sono, elas enfrentam os medos gerados pelos maus pensamentos, ao mesmo tempo que refletem sobre a amizade, a união entre irmãos, o diálogo com os pais e os perigos da destruição do meio ambiente e do consumo desenfreado. Com direção de Tércio Silva, a partir do libreto da dramaturga Karen Acioly, a opereta compreende as vivências de crianças na sociedade contemporânea com uma abordagem única, em que fantasia e imaginação, perigos reais e hipotéticos, humor e soluções inusitadas se entrelaçam para proporcionar uma experiência teatral mágica e bemhumorada.


“O Equilibrista”

Data: 13 de junho

Horário: 20h

Local: Teatro Garagem (Sesc 913 Sul)

Participantes: Cia. YinsPiração Poéticas Contemporâneas (DF)

Quais são as escolhas do coração que transformam um menino em um homem e um homem em um artista e criador? O palco é uma ilha – onde o tempo não existe; as ruínas de um teatro incendiado – onde o tempo passou; a morada de Deus – onde o tempo está parado; o jardim do Imperador – onde o tempo voa. Um ator tenta salvar seus figurinos em um teatro em chamas, colocando sua própria vida em risco. Um anjo observa a vida e não sabe se fica no conforto da eternidade ou cai e se torna um homem, assumindo a herança masculina em um mundo cruel tanto para homens quanto para mulheres. Um rouxinol encarcerado canta para o Imperador Chinês, que está próximo à Morte. Em uma ilha, um jovem garoto teme a vida e um velho teme a morte.


"Maria Firmina dos Reis"

Data: 14 de junho

Horário: 20h

Local: Teatro Garagem (Sesc 913 Sul)

Participantes: Núcleo Atmosfera (MA)

Oo espetáculo “Maria Firmina dos Reis, uma voz além do tempo” faz uma releitura sobre a vida e obra da primeira mulher negra a escrever um romance no Brasil, Maria Firmina dos Reis. Em paralelo a vida de Maria Firmina, a atriz Júlia Martins, trás a sua história de vida e de outras mulheres e homens negros que se intercalam com a história de vida de Maria Firmina dos Reis. Maria Firmina é símbolo de resistência e luta contra a escravidão, seu discurso é o nosso passado, presente e futuro.


"Leci Brandão na palma da mão"

Data: 15 de junho

Horário: 20h

Local: Teatro Garagem (Sesc 913 Sul)

Participantes: Lapilar Produções Artísticas (RJ)

A trajetória de uma das maiores artistas brasileiras, Leci Brandão, é contada em um musical a partir das histórias de seus orixás, Ogum e Iansã, e por meio do doce olhar de sua mãe, Dona Leci e um de seus grandes aliados nessa trajetória Zé do Caroço. O caminho trilhado pela artista, da ala de compositores da Mangueira à Assembleia Legislativa de São Paulo, é mostrado em cena ao som de sucessos como “Isso é fundo de quintal” e “Zé do Caroço”

"Quaro Luas"

Data: 16 de junho

Horário: 17h

Local: Teatro Garagem (Sesc 913 Sul)

Participantes: O Bando Coletivo de Teatro (PE)

“Quatro Luas” é um espetáculo de teatro para infância com formas animadas e música ao vivo, inspirado no universo do escritor espanhol Federico Garcia Lorca. O espetáculo é contado e interpretado por um grupo de ciganos reunidos sob a sombra de uma velha árvore e a narrativa é baseada na história de Federico, um jovem ciganinho órfão que era fascinado pela Lua Cheia e tinha o sonho de subir em um cometa e voar bem alto em direção às estrelas, até conseguir alcança-las. Na busca pela realização de seu sonho, Federico, guiado pelos conselhos de quatro Luas de diferentes personalidades, adentra em uma jornada por um mundo encantado repleto de seres imaginários e animais falantes. No caminho, sem uma direção certa, o menino vai se encontrando e aprendendo a lidar com suas emoções e intuições.

Acesse a programação completa CLICANDO AQUI.

留言


bottom of page