"CLOSE" - ESPETÁCULO DO TEATRO CAFONA ESTREIA NO SESC CEILÂNDIA

Peça do Grupo Teatro Cafona, com direção de Jhony Gomantos, entra em curta temporada na cidade de Ceilândia.

Fotos: Thiago Sabino

O espetáculo “Close” traz a visão de duas personagens contrapostas em estilos e apelo popular. De um lado, o passado sépia na rugosa figura de Madame Ambrosine, uma ‘vedete’ do Teatro de Revista. Do outro, João Maria Vianney, um jovem que se lança nas aventuras atuais de ser uma drag queen. As personagens se amparam em suas fragilidades diante da iminência do último show. Morte, vida, preconceito, luta, resistência e um novo caminho que se revela a cada toque de sinal. O que será necessário para arrancar os mais calorosos aplausos de uma fria plateia no derradeiro e mais importante show das duas figuras?


A peça, com dramaturgia de Hugo Amorim, tem no elenco os artistas Bruno Coeoli, Claudio Henri e Maria Eugênia Felix. A direção é assinada por Jhony Gomantos, que é um dos fundadores do Teatro Cafona.


SOBRE O GRUPO

Maria Eugênia Felix - Foto de Thiago Sabino

Teatro Cafona foi formado em 2016 partindo dos encontros de seus integrantes em diversos trabalhos artísticos na capital federal. Os desejos de criação e pesquisa de cada um, foi o que gerou interesse em unir linhas estéticas tão discrepantes para a criação de um grupo de pesquisa, priorizando a pluralidade de afãs cênicos e abrindo possibilidades para que as distintas percepções se complementem em experiências teatrais que, naturalmente, transitem entre várias vertentes.


Criado por Hugo Amorim e Jhony Gomantos, o Teatro Cafona quer lançar mão da região de brilho de cada integrante, sem negligenciar os novos desafios cênicos. Compreender como a fusão do conhecido com o novo pode impulsionar o salto quântico e liberar as energias pessoais, transformando-as em cena, que não necessariamente estejam ligadas a uma determinada linguagem estética, afinal, cafona é a antiestética por natureza.

O Teatro Cafona em 2016 estreou seu primeiro espetáculo “Quizila Coiffeeur” com direção de Ana Flávia Garcia. “Close” será o segundo espetáculo do grupo e terá temporada presencial em novembro no Teatro Newton Rossi, do SESC Ceilândia.


QUEM FAZ

Direção/cenário: Jhony Gomantos

Dramaturgia/figurino: Hugo Amorim

Elenco: Bruno Coeoli, Claudio Henri e Maria Eugênia Felix

Iluminação: Higor Felipe

Sonoplastia: Giovanna Lélis

Foto/designer gráfico: Thiago Sabino

Intérprete de Libras: Tatiana Elizabeth

Assessoria de Imprensa: Josuel Junior

PROGRAME-SE

Datas: 10, 11, 12 e 13 de novembro.

*dias 10 e 11 apresentação fechada para escolas da Ceilândia e Samambaia.

*dias 10, 11, 12 espetáculo com interprete de libras nas sessões das 16h e 20h

Horários: 16h e 20h

Local: Teatro Newton Rossi – Sesc Ceilândia.

Entrada gratuita

Classificação: 16 anos Realização: Gomantos produções Artísticas e Teatro Cafona


AS MAIS LIDAS DA SEMANA...