top of page

CCBB TRAZ PARA BRASÍLIA A MOSTRA CARROÇA DE MAMULENGOS: TRÊS GERAÇÕES DE ARTE BRINCANTE

De 18 de julho a 04 de agosto, com apresentação de espetáculos históricos do repertório e atividades formativas

Foto: Carlos Lourenço

O CCBB Brasília traz ao público a ‘Mostra Carroça de Mamulengos: Três Gerações de Arte Brincante’. De 18 de julho a 04 de agosto, com três espetáculos do consagrado repertório da companhia Carroça de Mamulengos. As sessões dos espetáculos acontecem às quintas e sextas, às 16h e, aos sábados e domingos, às 11h e às 16h. Os ingressos, a preços populares de R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia), estarão disponíveis no site www.bb.com.br/cultura e na bilheteria física a partir do dia 12 de julho (às 12h). Na programação, também há uma oficina e um seminário sobre Pedagogia Brincante, com inscrições abertas também a partir do dia 12 de julho. 


Os espetáculos que integram a mostra representam diferentes recortes históricos da Carroça de Mamulengos, trupe formada por três gerações de uma mesma família: “O Babauzeiro” remete à origem; “Histórias de Teatro e Circo” consagra o nascimento dos filhos; e “Janeiros” representa à passagem da condução da companhia aos filhos. 


Para além do palco, a ‘Mostra Carroça de Mamulengos: Três Gerações de Arte Brincante’ promoverá duas atividades gratuitas, formativas e vivenciais para dialogar diretamente com o público. No dia 27 de julho (sábado), às 13h, no Teatro do CCBB, as artistas e educadoras Schirley França e Maria Gomide, mãe e filha, realizam o seminário ‘Diálogos sobre Pedagogia Brincante: a cultura de ensinar e aprender dentro das tradições populares’. No domingo (28), às 14h, na Galeria 4, será realizada a Oficina Cantos e Cantigas Populares, aberta a todas as idades.


Espetáculos que atravessam gerações

A arte da Carroça de Mamulengos é vivencial e transmitida entre pai, mãe, filhos(as), irmãos, tios, sobrinhas e netas. A companhia foi criada em Brasília, em 1977, pelo ator, compositor, artesão e bonequeiro Carlos Gomide (Babau). Em 1980, Carlos conheceu a atriz brasiliense Schirley França. Juntos, constituíram família e itineraram pelo Brasil convivendo com diversos brincantes da cultura popular. Entre o Rio Grande do Norte, o Ceará e o Distrito Federal, nasceram seus oito filhos: Maria (1984), Antônio (1987), Francisco (1989), João (1992), os gêmeos Pedro e Matheus (1996) e as gêmeas Isabel e Luzia (1998).


Representando a origem do grupo, o espetáculo "O Babauzeiro" traz os primeiros bonecos recebidos por Carlos Gomide das mãos do mestre paraibano Antônio do Babau (Mari-PB, 1978). Essa encenação pode ser considerada o ponto de partida da tradição do mamulengo contemporâneo brasileiro. Em "Janeiros", apreciamos o momento quando os filhos assumiram a condução da companhia para contar suas próprias histórias, recriando linguagens e convidando outros artistas para contribuir com suas criações.


A grande pérola da mostra é "Histórias de Teatro e Circo". Com cenas que existem há mais de 30 anos, o espetáculo traz a ancestralidade e a tradição de toda a família Gomide-França para a cena: avós, filhos, noras e netas. São vinte pessoas e muitos bonecos. Mais do que um espetáculo, o público vai encontrar uma tradição rara de se ver, uma trupe de artistas que, com quase meio século de vida e arte, segue uma tradição familiar, um modo de vida que atravessa o tempo e a memória. 


PROGRAMAÇÃO

18 a 21/07: Histórias de Teatro e Circo Qui e sex às 16h | sáb e dom às 11h e 16h - No Teatro do CCBB

25 a 28/07: O Babauzeiro

Qui e sex às 16h | sáb e dom às 11h e 16h - No Teatro do CCBB

01 a 04/08: Janeiros

Qui e sex às 16h | sáb e dom às 11h e 16h - No Teatro do CCBB

27/07 (sáb) - 13h: Seminário Diálogos sobre Pedagogia Brincante: a cultura de ensinar e aprender dentro das tradições populares - No Teatro do CCBB 28/07 (dom) - 14h: Oficina Cantos e Cantigas Populares - Na Galeria 4


ACESSIBILIDADE

A ação “Vem pro CCBB” conta com uma van que leva o público, gratuitamente, para o CCBB Brasília. A iniciativa reforça o compromisso com a democratização do acesso e a experiência cultural dos visitantes.  

  

A van fica estacionada próximo ao ponto de ônibus da Biblioteca Nacional. O acesso é gratuito, mediante retirada de ingresso, no site, na bilheteria do CCBB, ou ainda pelo QR Code da van. Lembrando que o ingresso garante o lugar na van, que está sujeita à lotação, mas a ausência de ingresso não impede sua utilização. Uma pesquisa de satisfação do usuário pode ser respondida pelo QR Code que consta do vídeo de divulgação exibido no interior do veículo.   

  

Horários:  

Biblioteca Nacional – CCBB: 12h, 14h, 16h, 18h e 20h  

CCBB – Biblioteca Nacional: 13h, 15h, 17h, 19h e 21h  


SOBRE O CCBB BRASÍLIA

O Centro Cultural Banco do Brasil Brasília foi inaugurado em 12 de outubro de 2000, e está sediado no Edifício Tancredo Neves, uma obra arquitetônica de Oscar Niemeyer, e tem o objetivo de reunir, em um só lugar, todas as formas de arte e criatividade possíveis. 


Com projeto paisagístico assinado por Alda Rabello Cunha, o CCBB Brasília dispõe de amplos espaços de convivência, bistrô, galerias de artes, sala de cinema, teatro, praça central e jardins, onde são realizados exposições, shows musicais, espetáculos, exibições de filmes e performances. 


Além disso, oferece o Programa Educativo CCBB Brasília, programa contínuo de arte-educação patrocinado pelo Banco do Brasil que desenvolve ações educativas e culturais para aproximar o visitante da programação em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), acolhendo o público espontâneo e, especialmente, milhares de estudantes de escolas públicas e particulares, universitários e instituições, ao longo do ano, por meio de visitas mediadas agendadas, além de oferecer atividades de arte e educação aos fins de semana. 


Desde o final de 2022, o CCBB Brasília, se tornou o terceiro prédio do Banco do Brasil a receber a certificação ISO 14001, sendo que no ano de 2023, obtivemos a renovação anual da certificação, como reconhecimento do compromisso com a gestão ambiental e a sustentabilidade. 


A conquista atende à Ação 24 da Agenda 30, que tem por objetivo reforçar a gestão dos programas, iniciativas e práticas ambientais e de ecoeficiência do BB e demonstra o alinhamento do CCBB Brasília a estratégia corporativa do BB, enquanto espaço de difusão cultural que valoriza a diversidade, a acessibilidade, a inclusão e a sustentabilidade porque transformar vidas é parte da nossa cultura


PROGRAME-SE

Mostra Carroça de Mamulengos - Três Gerações de Arte Brincante

QUANDO: 18 de julho e 04 de agosto (qui e sex às 16h e sáb e dom às 11h e 16h)

ONDE: Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil Brasília

Endereço: SCES Trecho 02 Lote 22 – Setor de Clubes Especial Sul  

Ingresso dos espetáculos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia para estudantes, professores, profissionais da saúde, pessoa com deficiência - e acompanhante, quando indispensável para locomoção, adultos maiores de 60 anos e clientes Ourocard), à venda no site www.bb.com.br/cultura e na bilheteria física do CCBB Brasília, a partir de 12 de julho (12h)

Oficina e seminário: gratuitos, com inscrições abertas a partir de 12 de julho

Classificação indicativa: livre


Commentaires


bottom of page