BRASILIENSE SELLVA LANÇA NOVO SINGLE

A artista brasiliense Sellva lança seu segundo single de 2021, reafirmando canções em prol de afirmações de sua saúde mental.

Foto: Matheus Bacellar

Após o sucesso da canção “Desilusão”, lançada no último carnaval, Sellva apresenta uma composição que fala da importância de deixar de lado os julgamentos alheios e aceitar que somos além da imagem. Uma música que reflete bem o envolvimento da artista com a psicanálise.


Em tempos de pandemia, a vivência da vida por trás das telas traz ainda mais ansiedade na necessidade de justificar quem somos de uma maneira superficial. Entretanto, somos sempre muito além do que se vê diante da tela.


“Faço show e as pessoas me perguntam no final se eu faço terapia. Eu sempre acho isso um super elogio, porque sim eu faço terapia e estudo isso. É na arte que trago as minha reflexões e procuro tocar as pessoas. Nesse lugar profundo onde só a arte pode tocar.” (Sellva)


O clipe foi realizado em plano sequência, com plano de envolver e embalar com uma dança suave e cheia de elementos, misturando dança contemporânea, waaking e vougue. O vídeo é um convite, um toque visual a mensagem de se deixar levar mas sem esquecer quem se é.


Por falar em clipes, o lançamento do seu show online está previsto ainda para o primeiro semestre de 2021, onde contará com um show com músicas inéditas e visual cinematográfico.


Você pode assistir o clipe no Youtube, através do link abaixo, e também pode encontrar o material da cantora em todas as plataformas de streaming nos respectivos links:


Vídeoclipe - Spotify - Deezer - Instagram - Facebook


QUEM FAZ

Composição: Sellva e Allan Massay

Produção Musical, master e mix: Ugo Ludovico e Allan Massay

Direção de clipe: Marina Lima

Direção de fotografia: Matheus Bacellar

Direção de arte: Andressa Lee

Assistente de Produção: Ana Caroline

Montagem e Color: Arthur Andrade

Coreografia e dançarinos:

Eduarda Konazion

Iago Gabriel

Caroline Alves

Maquiagem:

Letícia Helena

Figurino: Quero Melancia

Produção executiva: Geração Y

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...