top of page

"AQUÁRIO DE ALMAS SUTIS" - ESPETÁCULO SERÁ APRESENTADO EM AGOSTO NO DF

O espetáculo de dança contemporânea “Aquário de Almas Sutis: corpos estelares e falsos brilhantes” tem como inspiração a obra coreográfica original (solo) “Élice” e o universo musical da cantora Elis Regina.

Trata-se de uma ode somático-performativa ao universo musical da cantora Elis Regina, aprofundando-se nas questões que envolvem os temas políticos, sociais e relacionais das músicas que fazem parte do seu repertório. A dança, as práticas somáticas e a pesquisa vocal são elementos presentes no processo criativo, a fim de experimentar modos integrados de criação em dança. Esta montagem busca promover e alimentar o cenário atual da dança no Distrito Federal, ao promover audição no formato de mini residência para a seleção do elenco.


Os temas que envolvem a cantora Elis Regina são inúmeros e vários desdobramentos podem e merecem ser realizados no intuito de manter vivo o legado artístico deixado ao país por uma de suas maiores cantoras. A proposta aqui é continuar a pesquisa de seu repertório, envolvendo dramaturgicamente no movimento dançado os temas sobre os quais ela canta com seu arrebatamento artístico.


Elis Regina cantou sobre o povo brasileiro. O seu repertório e o arrebatamento de suas interpretações fizeram dela uma cantora popular. Como consequência, exportou música popular brasileira de qualidade para diversos países. Os aspectos sociais e políticos da obra de Elis são evidenciados pelas letras das músicas que escolheu para o repertório de seus discos. E em se tratando de música, ela ainda militou incessantemente pela sua classe, lutando a favor dos músicos em diversas ocasiões, com ações muito precisas frente às associações desta classe.


Com seis dançarinos em cena, a montagem passou por processo de audição pública em formato de mini residência artística para composição do elenco.


“Trazer Elis Regina para um palco de Dança é resgatar o poder do apelo social e político de sua arte. A música de Elis Regina é provocativa. Assim é também seu desempenho cênico. Resgatar o acervo musical e biográfico da cantora para montar um espetáculo de dança contemporânea com artistas do Distrito Federal é resgatar o legado da arte brasileira e atualizar em dança um universo menos conhecido das novas gerações”, comenta Diego Pizarro, diretor geral do projeto.


Este projeto é realizado com recursos do Fundo De Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC/DF)


PROGRAME-SE

Temporada agosto de 2023

Aquário de Almas Sutis: corpos estelares e falsos brilhantes

05 a 27 de agosto - sextas e sábados às 20h, domingos às 19h

Debates temáticos - 05, 12, 18, 19, 26 de agosto, com LIBRAS


TEATRO INVENÇÃO BRASILEIRA

QSB 13, Bloco B, Loja 5, Mercado Sul. Taguatinga/DF.

04 a 06/08 - sexta e sábado 20h, domingo 19h.

05//08 - Debate temático com LIBRAS.


ESPAÇO PÉ DIREITO

Vila Telebrasília 23 - Brasília/DF

11 a 13/08 - sexta e sábado 20h, domingo 19h.

12//08 - Debate temático com LIBRAS.


TEATRO GARAGEM

Av. W4 Sul, SEPS 713/913 Lt. F, Brasília/DF

18 a 20/08 - sexta e sábado 20h, domingo 19h.

19/08 - Debate temático com LIBRAS.


CAIXA CULTURAL

Lotes 3/4, SBS Q. 4 - Asa Sul, Brasília/DF

25 a 27/08 - sexta e sábado 20h, domingo 19h.

26/08 - Debate temático com LIBRAS.


QUEM FAZ

Direção Geral, pesquisa, concepção e coreografia: Diego Pizarro

Assistência de direção e coreografia: Sabrina Cunha

Preparação musical, direção rítmica e ensaiadora: Victória Oliveira

Criação musical: João Lucas

Direção de Arte, Cenografia e figurinos: Roustang Carrilho

Consultoria em dramaturgismo: Nayara Brito e Tarina Quelho

Fotografia: Tom Lima e Thiago Sabino

Maquiagem: Sandra Kelly

Iluminação: Ana Quintas

Pessoas dançarinas: Camilla Nyarady, Cleani Calazans, Guilherme Victor, Isabel Oliveira, Romulo Santos, Rômullo Viana Costa.

Dançarina estagiária: Rosana de Souza

Produção: LINHA 3 produções culturais

Assessoria de Imprensa: Josuel Junior

Designer gráfico: Ricardo Augusto Mendes dos Santos

Intérprete de LIBRAS: Lucas Joab Mariano Cardoso.

Realização: CEDA-SI - Coletivo de Estudos em Dança, Somática e Improvisação

Agradecimentos: Sulian Vieira Pacheco, Márcia Lusalva, Instituto Federal de Brasília, Universidade de Brasília, IFestival Dança.

Este projeto é realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC/DF)

Comments


bottom of page