ANA TIRANA SE UNE A ARTISTAS QUE TIVERAM APRESENTAÇÕES CANCELADAS NA FEIRA DO LIVRO EM LIVE-DENÚNCIA

Após 100 dias de negociação com artistas da cidade, Feira do Livro derruba a programação um dia antes da montagem das obras em Brasília. A live nomes da cultura do DF contará com reflexões sobre o procedimento adotado para uma reflexão coletiva.

Arte sobre foto da série "Os Invisíveis", de Ana Tirana

É comum que artistas sejam convidados para apresentações em eventos do Distrito Federal, porém, é comum também o desrespeito por parte das organizações que descartam acordos pré-estabelecidos sem maiores explicações.


Pensando nisso, Ana Tirana, figura atuante do movimento cultural do DF, propõe uma live para discussão e reflexão sobre o modus operandi das empresas responsáveis pela gestão de programação. Elas, na maioria das vezes, vislumbram a apresentação ao público, mas descartam o empenho de artistas locais.


A ideia é que haja uma abordagem mais expandida, uma vez que as denúncias realizadas nunca chegam às verdadeiras responsáveis pela gestão de programação desses eventos (que geralmente terceirizam as funções de produção executiva setorizada).


A derrubada da programação fez com que os profissionais do DF envolvidos no embrólio não ficassem calados e, por isso, o posicionamento na live se torna primordial para que o desrespeito e a deslegitimização da cultura e Brasília e regiões deixe de fazer parte dos bastidores de um evento que deveria somar e não subtrair forças junto a quem promove arte nos outros meses em que a Feira do Livro não acontece.


PROGRAME-SE

A live será realizada através do perfil da multiartista Ana Flávia Garcia ( @fortona174 ) neste sábado (18 de junho) a partir das 21h. O convite é feito aos artistas, apreciadores de arte, representantes da imprensa e colaboradores.


AS MAIS LIDAS DA SEMANA...