ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO DE BOLSO DO DF

Após dois anos de pausa, está de volta ao DF o FNTB – Festival Nacional de Teatro de Bolso. Uma mostra competitiva de teatro realizada na Região Administrativa do Recanto das Emas com espetáculos produzidos para teatros de pequeno porte e espetáculos de rua do Distrito Federal e de diversos estados do Brasil.

Espetáculos participantes das edições anteriores. Fotos de Daniel Fama

Realizado anteriormente em 2018 e 2019, o projeto foi muito bem recebido pela comunidade artística do DF e o público. Mais de 20 peças locais e nacionais passaram pela programação, que atendeu a diferentes públicos, inclusive estudantes de escolas públicas por meio de parceria firmada entre a produção e as regionais de ensino.


Nomes do teatro como Tereza Padilha, Lucas Sancho, Victor Placca, Humberto Pedrancini, Miqueias Paz, Ruth Guimarães e Paulo Russo fizeram parte das ações anteriores, seja com espetáculos ou com palestras, oficinas ou mentorias.


Agora, após dois anos de hiato, o festival retorna com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal – o FAC – e promete recomeçar com força total a produção de sessões gratuitas de espetáculos de qualidade para o público do Recanto das Emas/DF.


SOBRE O EDITAL

O 3º FNTB será realizado no período de 12 a 18 de junho de 2022. As inscrições para grupos e artistas interessados ficarão abertas entre os dias 07 de março e 03 de abril de 2022. Já as informações sobre o processo de seleção das propostas, bem como o funcionamento do Festival, poderão ser consultadas através do LINK DO REGULARMENTO.


O FNTB é destinado a espetáculos teatrais de médio e pequeno porte, aberto à participação de grupos e/ou companhias de teatro de todo território nacional. Dadas as limitações estruturais para realização desta edição do FNTB, a comissão organizadora entende como espetáculo para teatro de bolso aqueles em que o número total de seus participantes não ultrapasse 8 integrantes (incluindo equipe técnica) e que se adequem às especificações de palco, citadas no edital.


Será necessário envio dos seguintes materiais:

I - Ficha técnica do espetáculo.

II - Ficha de inscrição devidamente preenchida (ver anexo);

III - Portifólio do espetáculo com fotos, cópia de folder, programa, cartaz, reportagens em jornais e/ou revistas (se houver) compilados em um único documento pdf.

IV - Resumo do histórico da companhia ou grupo.

V - Enviar no email link de vídeo do espetáculo inscrito;

VI - Listar na ficha de inscrição link das reportagens em mídias sociais sobre o espetáculo (se houver).


Além dos oito espetáculos selecionados, a programação do FNTB contará com oficinas artísticas, rodas de conversas com os grupos após as sessões das peças. Tudo isso para que os participantes conheçam as diferentes linhas de produções de obras distintas, abrindo diálogo aberto sobre concepções estéticas e conceituais presentes nas obras selecionadas.


Cada espetáculo selecionado, se confirmada sua participação nos termos do edital e cumprimento integral da agenda de atividades do festival (oficinas, debates e apresentações), receberá como premiação (ajuda de custo) em moeda corrente:


Se for espetáculo de Brasília - R$ 1.500,00

Se for espetáculo de fora (outros estados) - R$ 2.300,00


Os participantes do FNTB concorrerão ainda nas categorias de Melhor Espetáculo, Melhor Direção, Melhor Atriz, Melhor Ator, Melhor Cenografia, Melhor Figurino, Melhor Sonoplastia, Iluminação e Caracterização. Tais contemplados na premiação por categoria receberá troféu e certificação do festival os escolhidos pela comissão julgadora do FNTB.

Público presente numa das sessões do FNTB. Daniel Fama

“Voltar a fazer o festival é uma das melhores coisas que podem acontecer neste momento. É a certeza da comunidade artística em poder voltar a trabalhar depois de dois anos. É o momento da gente voltar a fazer o que sabe: produzir, trabalhar, organizar, difundir a arte e a cultura, podendo se sentir vivo. Alguns colegas das artes foram embora nesse período de pandemia e seguimos vivos, saudáveis e querendo trabalhar nas mais diferentes funções”, comenta Kacus Martins, coordenador do evento.


“Retomar a produção depois de dois anos é quase voltar do zero, pois a atenção nesse recomeço é dobrada. Muitos de nós não tiveram a oportunidade de seguir com o fazer artístico. É como se recomeçássemos a conhecer novos grupos de teatro, reencontrar os grupos do DF, sempre com alegria de saber que a arte transforma. É com essa vontade de retomar que damos início à terceira edição do FNTB. Só de saber que haverá movimento de artistas no Recanto das Emas já no anima. Por mais que os valores se ajuda de custos aos grupos sejam limitados, simbólicos... essa é a nossa possibilidade de fazer o teatro acontecer de novo. Se é recomeço, que recomecemos com a vontade de estar juntos. Logo tudo melhora...”, finaliza.


SOBRE O H2O

Apesar do grande número de trabalhadores da cultura como produtores, artistas, entes e agentes culturais, a macrorregião que abraça a cidade do Recanto das Emas não conta com equipamentos culturais como cinemas, teatros ou mesmo locais destinados a grandes eventos. No intuito de dar vazão a esta demanda o produtor e ator Kacus Martins, fundou em 2011, em parceria com produtores e artistas locais, o Teatro H2O no Recanto das Emas: um teatro de bolso com capacidade máxima para 100 pessoas. Estes espaços de pequeno porte se tornaram uma saída estratégica para suprir a carência da disponibilização de equipamentos culturais de diversas cidades brasileiras, em especial, das periferias das grandes cidades. São potenciais influenciadores das produções culturais locais e do processo de formação de público dessas comunidades, fortalecendo o conceito de ponto de cultura. A importância do Teatro H2O para a macrorregião é notória, pois nesses 10 anos de existência já passaram pelo nosso palco produções de teatro e shows de diversas regiões do DF, como a Mostra Recanto de Arte e Cultura, a Semana da Poesia, o Sarau do Bacurau e outros, sempre fortalecendo a diversidade cultural existente no DF e entorno. O sucesso alcançado pelo FNTB - Festival Nacional de Teatro de Bolso reafirmam o quanto as regiões administrativas estão organizadas e expõem a riqueza da sua produção cultural, de modo a captar as atenções de todo o Distrito Federal e colaborar om a descentralização do acesso aos bens culturais locais e nacionais.


FNTB – Festival Nacional de Teatro de Bolso do DF

Edital: https://adobe.ly/3pGELpN

Informações: fntbdf@gmail.com

Atualizações Diárias nas redes sociais: @fntbdf e @ciateatralh2o


Equipe:

Diretor de Produção: Albergue Lima

Coordenador Geral: Kacus Martins

Assistente de Produção: Suene Karim

Curadores: Paulo Russo e Eloísa de Fátima

Gestão Administrativa: C1 Arte e Entretenimento

Assistente Administrativa: Paulo Jacobson

Assessoria de Imprensa e Divulgação: Josuel Junior

Jurados: Tullio Guimarães, Marcela Holanda e Lucas Sancho


*Este projeto conta com recursos do FAC - Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...