A VALSA DE LILI - PEÇA PAUSADA PELA PANDEMIA RETORNA AO CCBB NO FORMATO DRIVE-IN

Com sucesso de público e crítica, a peça A Valsa de Lili teve estreia no dia 5 de março no Teatro do CCBB, mas teve sua temporada interrompida por medidas de prevenção ao Covid 19. O retorno será no formato Drive-in.

Foto: João Caldas Fº

O Centro Cultural Banco do Brasil Brasília apresenta, com patrocínio do Banco do Brasil, sessões do espetáculo teatral A Valsa de Lili, de 17 a 19 de julho, em novo formato, dentro da programação do Drive-In CCBB, festival multicultural em formato de drive in, adequado para os tempos de distanciamento social, um novo formato para continuar levando programação de qualidade ao público da capital: o Drive in.


A peça será apresentada na nova estrutura montada na área externa, que contará com palco e duas telas de projeção, formato único dentre os projetos deste tipo na capital federal.


A comunicação e bilheteria do evento é totalmente digital, centralizada no hotsite www.driveinccbb.com.br, no qual o público terá acesso à programação, com datas e sessões, e também seus ingressos. No site também poderão ser conferidas todas as medidas adotadas para garantir a segurança, como a utilização de máscaras e equipamentos de segurança por todos os colaboradores, a higienização dos banheiros e do espaço após cada utilização, além de outras.


O ESPETÁCULO

Sucesso de público e crítica em São Paulo, o texto de Aimar Labaki, encenado por Débora Duboc, dirigido por Débora Dubois, é inspirado no livro autobiográfico ‘Pulmão de Aço’, de Eliana Zagui (a Lili da vida real), e promove o contato da plateia com uma personagem única, que está fisicamente paralisada, mas encontra-se intelectual e emocionalmente livre.


As duas Déboras, a atriz e a diretora, unem-se para contar a história dessa mulher extraordinária que sofre de paralisia e movimenta apenas a cabeça. Aimar Labaki constrói de forma delicada e emocionante a história de Lili, que, tanto em vida quanto na narrativa, vive numa UTI há quase quarenta anos, desde os 2 anos de idade, por conta de uma poliomielite mal diagnosticada. Débora Duboc já levou para casa o Prêmio APCA de melhor atriz pela atuação na peça. E o espetáculo foi indicado ao Prêmio Aplauso Brasil Brasil nas categorias de melhor texto, melhor atriz e desenho de luz.


Na obra, Lili é uma pessoa extraordinária e única, e, ao mesmo tempo, é uma mulher com questões iguais às de qualquer outro ser humano: o amor, a perspectiva do envelhecimento e da morte, os limites sociais e físicos e a luta pela sobrevivência. A única coisa que a distingue é que só consegue mexer os músculos do pescoço e da cabeça. Em pouco menos de uma hora, ela conta sua história e de seus amigos, mas principalmente, narra a aventura de viver plenamente, transformando as tragédias e dramas do cotidiano.


PROGRAME-SE

A Valsa de Lili no Drive-in CCBB De 17 a 19 de julho, às 21h Ingressos R$ 50,00 por veículo Pré venda clientes Ourocard: a partir de 06 de julho Venda para o público geral: a partir de 10 de julho Programação e ingresso pelo site www.driveinccbb.com.br Endereço: SCES Trecho 2 – Brasília/DF Tel.: 61 3108-7600 Classificação indicativa – 12 anos


QUEM FAZ

Texto: Aimar Labaki Intérprete: Débora Duboc Direção: Débora Dubois Cenário e figurinos: Márcio Vinicius Iluminação: Aline Santini Trilha Sonora: Débora Dubois Assessoria Corporal: Doria Gark Fotografia: João Caldas Fº Assessoria de imprensa: Tato Comunicação Produção Executiva: Fabrício Síndice Direção de Produção: Edinho Rodrigues (Brancalyone Produções)

1/5

© 2019 - Conteúdo - Portal de Cultura e Arte de Brasília e do Brasil

 Editado por Josuel Junior e colaboradores       I     Web Designer: Caio Almeida

  • Instagram B&W

Para sugestão de pauta, envie release o e-mail:

falecomportalconteudo@gmail.com