ÚLTIMOS DIAS DA MOSTRA INTERNACIONAL DE TEATRO DE SP NA WEB

A MITsp retomou as apresentações dos trabalhos cancelados da MITbr por causa do fechamento dos teatros da prefeitura. Trata-se a MITbr na Quarentena, que está em seus últimos dias.

Foto: Mauricio Pokemón

Quatro espetáculos da MITsp 2020 (Mostra Internacional de Teatro de SP) serão exibidos online e na íntegra. São peças de vários lugares do Brasil que tiveram suas sessões canceladas por conta do fechamento dos equipamentos culturais devido à pandemia de coronavírus.

Os artistas e a equipe envolvidas nessas montagens participam de lives para falar sobre seus processos criativos. As conversas são mediadas pelos curadores da MITbr – Plataforma Brasil Alejandro Ahmed, Grace Passô e Francis Wilker.


As peças ficam disponíveis no YouTube da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo (clique aqui para acessar) entre os dias 22 e 28 de maio. Já as lives ocorrem entre 21 e 31 de maio nas redes sociais dos teatros municipais. Confira:


Em “Cancioneiro Terminal”, o grupo MEXA (SP) explora um acervo de fotos e vídeos produzidos sobre si. Os atores e atrizes se relacionam com as imagens e se perguntam com quais delas gostariam de contar a história do seu presente. A cada performance, o coletivo reencena e edita em tempo real um novo filme, por meio de exercícios de tradução e dublagem. Duração: 80 minutos Classificação: 12 anos


No espetáculo “Entrelinhas”, o Coletivo Ponto Art (BA) evidencia como a voz da mulher negra é historicamente silenciada dentro de uma sociedade opressora, machista e de mentalidade escravocrata. A coreógrafa e intérprete Jaqueline Elesbão costura uma narrativa essencialmente visual, quase sem palavras. Duração: 35 minutos Classificação: 18 anos


O solo “Recolon”, do Coletivo Mona (AM), é inspirado nos impactos ambientais e humanos causados pelas construções de usinas hidrelétricas na bacia do Rio Madeira, em Rondônia. O artista Leonardo Scantbelruy manipula elementos simbólicos e regionais para investigar a vida na Amazônia, marcada por ciclos de colonização. Duração: 50 minutos Classificação: 12 anos


Já em “tReta”, o grupo Original Bomber Crew (PI) expõe as várias “tretas” enfrentadas diariamente por jovens periféricos, refugiados e minorias em geral, como as relacionadas à política, ao patriarcado, ao colonialismo e às batalhas de breaking que geram embates pela sobrevivência. Duração: 60 minutos Classificação: 16 anos


Agenda de lives com os coletivos

Dois espetáculos que não serão exibidos online farão lives sobre as pesquisas que nortearam a construção de seus trabalhos. São eles “ZOO”, do grupo Macaquinhos,  e “violento.”, de Preto Amparo, Alexandre de Sena, Grazi Medrado e Pablo Bernardo.


Lives “Entrelinhas”: 21 e 22 de maio, às 20h Convidada: Grace Passô Onde assistir: redes sociais do Teatro Cacilda Becker / @teatrocacildabecker


Lives “tReta”: 22 de maio, às 21h, e 24 de maio, às 19h Convidado: Alejandro Ahmed Onde assistir: redes sociais do Teatro Arthur de Azevedo / @teatroarthurazevedosp


Lives “ZOO”: 23 de maio, às 21h, e 24 de maio, às 18h Convidado: Alejandro Ahmed Onde assistir: redes sociais do Teatro João Caetano / @teatrojoaocaetanosp


Lives “Cancioneiro Terminal”: 26 e 28 de maio, às 19h Convidado: Francis Wilker Onde assistir: redes sociais da Biblioteca Mário de Andrade / @bibliotecamariodeandrade


Live “violento.”: 29 de maio, às 21h Convidada: Grace Passô Onde assistir: redes sociais do Teatro Alfredo Mesquita / @teatroalfredomesquita


Lives “Recolon”: 30 de maio, às 21h, e 31 de maio, às 19h Convidado: Francis Wilker Onde assistir: redes sociais do Teatro Paulo Eiró / @teatropauloeirosp


Acesse através do link: https://www.youtube.com/user/smcsaopaulo/videos


*Com informações do Catraca Livre.

1/5

© 2019 - Conteúdo - Portal de Cultura e Arte de Brasília e do Brasil

 Editado por Josuel Junior e colaboradores       I     Web Designer: Caio Almeida

  • Instagram B&W

Para sugestão de pauta, envie release o e-mail:

falecomportalconteudo@gmail.com