top of page

ÚLTIMO FINAL DE SEMANA DA PEÇA "BORBOLETA DE MÁRMORE" NO DF

O espetáculo" Borboleta de Mármore" encerra temporada no DF com duas sessões gratuitas no Espaço da Cia Lábios da Lua, no Gama.

Fruto de uma criação colaborativa entre Larissa Cintra, artista do Distrito Federal, e Daniel Gama, baiano radicado em Belo Horizonte, ambos responsáveis pela criação, direção, atuação e escrita dramatúrgica da obra, “Borboleta de Mármore” passou pelo Plano Piloto, por Taguatinga e, agora, encerra sua circulação na cidade do Gama.


Trata-se de um espetáculo que fala sobre a experiência da imigração como uma jornada labiríntica. Um movimento que escancara os processos coloniais e destaca a necessidade de falar sobre os desafios que é estar num lugar onde nem sempre se é bem-vindo. O enredo tem início com um convite de duas bocas para este espaço. Este convite abre portas para um consultório de dentista, onde as personagens se encontram: Ele, um Doutor; Ela, uma Paciente pela primeira vez no consultório. O que parece ser uma consulta trivial revela em cena desabafos da alma, diagnósticos de dores e medos. O espetáculo utiliza da metáfora do ambiente do consultório odontológico para adentrar na complexidade das duas figuras apresentadas. Nesta correlação, observa-se o jogo de poder e hierarquia em dinâmica. A Paciente necessita falar, mas nem sempre é possível – o que culmina numa jornada de procura por si mesma, dentro do labirinto que é a imigração. Um espaço onde o absurdo toma conta do palco, numa dramaturgia inédita.


“Borboleta de Mármore” desenvolve-se como um espetáculo político-filosófico de princípios, com o objetivo da abertura de diálogo, por meio da prosa-poética. A estética textual nasce a partir de inspirações do universo do *Teatro do Absurdo, como Eugène Ionesco, Samuel Beckett, Harold Pinter e o Teatro da Crueldade, de Antonin Artaud. Da literatura escrita por imigrantes, inspiração na Coletânea VOLTA PARA A TUA TERRA: uma antologia antirrascista/ antifascista, de escritoras estrangeiras em Portugal.


O projeto aposta numa equipe majoritariamente de mulheres artistas do Distrito Federal e possui parte da equipe de outro estado brasileiro, Minas Gerais, criando pontes, conexões e trocas da cultura candanga com a mineira. Para além da criação e execução do espetáculo, tenciona com esta oportunidade a abertura de ligação com novos criadores, artistas e público. Uma oficina de Escrita Criativa também será oferecida à comunidade, além de bate-papo. O projeto conta com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.


PROGRAME-SE

Circulação “Borboleta de Mármore “

GAMA

21 e 22 de Outubro

Cia Lábios da Lua - Quadra 4 Lote 16 Loja C e D - Setor Sul

Sempre às 20h

Classificação: 12 anos


Ingressos gratuitos com retirada antecipada no sympla.com.br e também na bilheteria do teatro, 1h antes da apresentação.


QUEM FAZ

Concepção, Dramaturgia e Atuação: Daniel Gama e Larissa Cintra

Direção Geral: Larissa Cintra e Daniel Gama

Assistência de Direção: Laura Morais da Silva

Coordenação de Produção: Paula Hesketh

Assistência de Produção: Luiza Hesketh

Produção Executiva: Raquel Fernandes

Cenário e Figurino: Larissa Cintra e Daniel Gama

Confecção de Figurino: Aurilene Barros

Iluminação: Ana Quintas

Provocação Artística: Letícia Leiva

Gestão de Mídias: Rizoma Comunicação e Arte (Letícia Leiva, Matheus Carvalho e Paloma Morais)

Identidade Visual e Design Gráfico: Cíntia Marques

Edição de Vídeo e Projeção: Leonardo Alcântara

Assessoria de Imprensa: Josuel Junior

Fotografia: Clara Molina e Fernando Lara

Filmagem: Miá Filmes

Interpretação em Libras: Coletivo Maleta Cultural

Agradecimentos: quasecia de teatro, Grupo Galpão, Grupo Maria Cutia, Trupe Trabalhe Essa Ideia! e Sesc DF Realização: FAC DF

Instagram do projeto: @borboletademarmore

Comments


bottom of page