ÓPERA LIBERA INGRESSOS A ESTUDANTES E PROFESSORES DE SAMAMBAIA

O espetáculo "Os Sete Pecados Capitais" segue em temporada no DF. Para as apresentações em Taguatinga serão liberados ingressos a professores, gestores e estudantes do CEM 414 de Samambaia.

No último final de semana, a ópera "Os Sete Pecados Capitais" teve sua estreia no Espaço Cultural Lábios da Lua, situado na cidade do Gama. O recomeço ao modelo de temporada presencial foi uma grata surpresa à produção. As duas sessões tiveram lotação máxima, respeitando, claro, todos os protocolos de prevenção da Covid-19.


Nesta semana o espetáculo será apresentado no Espaço Pé Direito, que fica na Vila Telebrasília. Já no próximo final de semana é a vez do Teatro da Universidade Católica, em Taguatinga, receber a obra. Para a apresentação na Católica haverá distribuição de ingressos para estudantes, professores e gestores do Centro de Ensino Médio 414 de Samambaia. Colaboradores da Universidade Católica também poderão assistir à ópera com exclusividade. A produção também está elaborando um video documentário sobre os bastidores da construção de uma ópera. Esse vídeo também será destinado às escolas, já que, com a pandemia, não foi possível realizar um passeio formal dos estudantes aos teatros, uma vez que o recomeço das atividades presenciais é gradativo.


Além de assistirem à ópera, os estudantes do CEM 414 de Samambaia poderão conhecer os artistas, conversar sobre a produção e saber como funcionam os bastidores de um teatro profissional, aproximando a arte dos potenciais consumidores de obras artísticas - os jovens.


Na escola, os estudantes já estão sabendo da apresentação e passaram a combinar a ida ao teatro como um "rolê diferente". As turmas dos 1ºs, 2ºs e 3ºs anos se encontrarão em um ponto de ônibus para todos irem juntos ao teatro. Muitos nunca assistiram a uma apresentação de ópera e a experiência se tornará uma espécie de encerramento das aulas, já que acontecerá no dia 04 de dezembro. Lá, entre selfies, postagens em redes sociais e troca de ideias com os artistas, a experiência artístico-pedagógica se fará presente.


SOBRE A ÓPERA

“Os 7 Pecados Capitais dos Pequenos Burgueses”, ou “Die sieben Todsünden”, foi composto por Kurt Weill para um libreto alemão de Bertolt Brecht em 1933. Foi a última grande colaboração entre Weill e Brecht. Quase 1500 anos depois de São Gregório listar os Pecados Capitais, eles são praticados cada vez mais rotineiramente pelas pessoas sem que elas tenham o menor complexo de culpa. Há quem diga que alguns pecados viram até virtudes.

Esta obra, em específico, traduz as facetas de uma personagem, que a pedido de sua família viaja para seis cidades americanas diferentes com o objetivo de ganhar dinheiro para construir uma pequena casa às margens do Mississippi. A proposta cênica desta obra acentua um caráter brasileiro, visto que as cidades americanas serão representadas por cidades brasileiras e os pecados representados pelas moléstias sociais que o nosso povo enfrenta. O espetáculo levantará essas discussões sociais para o público e ainda democratizará questões que hoje estão tão mais claras com o acesso à arte. Para tal, foram reunidos profissionais do DF, Espanha e Alemanha, valorizando um caráter educativo e inclusivo de forma que desconstrua qualquer tipo de preconceito com o novo, com o diferente.

A ópera é protagonizada por Anna I (quem canta) e Anna II (quem dança), traduzindo duas facetas de uma personalidade, onde a “principal” é representada pela Anna boazinha e ingênua (a dançarina), que é quem aparentemente cai nos diversos pecados de cada movimento/cidade/dança. Já a outra Anna (cantora), seu álter ego, é sarcástica e devotada ao seu papel: instigar sua outra personalidade, da forma que for necessária, a prover dinheiro para a família pensando em seu objetivo: construir uma pequena casinha às margens do rio.

Reproduzir a ópera num contexto brasiliense, democratizando o tema e relacionando os pecados com as cidades brasileiras faz com que a proposta chegue mais fortemente ao novo público consumidor de ópera. O projeto conta com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.


PROGRAME-SE

Apresentações de “Os 7 Pecados Capitais dos Pequenos Burgueses”

Datas:

27/11 – Espaço Pé Direito (Plano Piloto) – Sessões a R$10* (meia) às 18h e às 20h 04/12 – Teatro da Universidade Católica (Taguatinga) – Sessões Gratuitas às 18h e às 20h

Classificação: 16 anos

*Para as sessões do Plano Piloto, basta acessar o link do Sympla para reservas de ingressos: https://www.sympla.com.br/os-7-pecados-capitais-dos-pequenos-burgueses__1408066

AS MAIS LIDAS DA SEMANA...